Deserto do Atacama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fogo.jpg Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Sailor Mars!


DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o sal do Deserto do Atacama é altamente saudável

Cquote1.png Chuva?! O que é isso?! Cquote2.png
Atacamenho sobre algo que não acontece a 500 anos

Deserto do Atacama faz parte dos locais do Planeta Terra que são absurdamente inabitáveis. Localizado em algum lugar na América do Sul sem ser o Brasil (ou seja no Chile).

História[editar]

Um habitante do deserto pedindo um pouco de água

A região foi habitata por um próspero e desenvolvido povo chamado atacamenhos, depois de três meses eles morreram de sede e se extinguíram e em sua memória ficou o nome do deserto.

Desde então ninguém (com exceção de suicidas) nunca mais foi a região, pois o local é sinônimo de morte certa.

É possível encontrar na região diversos sítios arqueológicos onde se encontram escrituras, a maioria de desespero.

Existe porém uma única cidade nesse deserto conhecida como São Pedro do Atacama onde se encontram todos os aventureiros dispostos a morrer se aventurando no deserto.

É muito comum encontrar ossadas humanas bem conservadas no deserto e desprovidas de qualquer enterro digno. Quando alguem viaja para lá, pedem para levar lençois brancos para cobrir os cadaveres que podem ser encontrdos por lá.

A Última era do Gelo[editar]

No fim da era do gelo o Deserto do Atacama era área de surf dos mamutes

Á duas vezes ciquentanta milhares de anos acabou a Última Guerra do gelo, que causou um gigantesco derretimento do gelo aculado, trasformando o atacama em um Parque Aquático cheio de mamutes escorrgando nos toboáguas e esquilos procurando suas nozes que tinham perdido. E de tempos em tempos na linha de evolução da história do planeta o derto se enche de água, crescendo muito bambú e outra plantas como ayahuasca, soja e coca

Geografia e Clima[editar]

O Deserto do Atacama se situa a altitudes absurdas acima das nuvens por isso nunca chove na região. Normalmente nevaria e tudo ficaria em condições normais, porém por causa da Cordilheira dos Andes que retem toda a neve no Deserto do Atacama ficou apenas areia e sal e nem uma gota de água sequer.

A temperatura na região varia de 47 Graus celsius de dia na sombra para -20 Graus celsius a noite com cobertor.

A umidade relativa do ar é 0,00000000000001, sendo esse percentual composto pelo espirro daqueles que morreram na região.

Um fenômeno peculiar do deserto são as vastas e praticamente infinitas formações de sal iodado. Certa vez quando uma fábrica de sal chilena faliu, despejou todo seu estoque nessa região. O sódio ao interagir com as condições da região foi magnetizado negativamente e passou a converter o ar em sal. Esse paradoxo fez com que metade do Deserto do Atacama fosse coberto por sal.

Para piorar a situação, o Deserto do Atacama ainda é rodeado por vulcões que evapora toda e qualquer água remanescente e queima qualquer tentativa de sobreviver.

A única fonte de água existente na região, são as fontes de gêyseres e Lagos Coloridos, porém os gêyseres são jatos em ebulição a 150 graus celsius e as lagoas coloridas são depósitos de mércurio, urânio e chumbo. Porém na sede desesperadora em que os viajantes do deserto se encontram, a maior causa de mortes são as queimaduras de boca ao tentar beber água de gêyser ou insuficiência renal e mutação genética após beber da porcaria dos lagos coloridos.

Curiosidades[editar]

  • O time Atacama Futebol Clube tricampoeão da Libertadores da América usufrui das condições de seus jogos em casa para ganhar e matar os adversários.
  • O Deserto do Atacama também é conhecido como Deserto da Ironia Cruel, pois todos que morrem de sede no local não tem nada além de sal para desfrutar.
  • Ninguém nunca sobreviveu no Deserto do Atacama.
  • Campo Grande faz fronteira com o Deserto do Atacama e possui clima familiar com ele.