Deslistas:30 maneiras de sair por cima numa demissão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deslistas.gif

Este artigo é parte do Deslistas, o sumário livre de conteúdo.

Apresentação:[editar]

A demissão pode ser uma experiência traumática, principalmente para jovens começando no mercado de trabalho. Chefes intransigentes e da "velha escola" do empresariado, aqueles que só sorriem na hora de criticar seus funcionários, são mais propensos a cometer certos abusos de posição quando vão dar um bilhete azul ao empregado indesejável. E este empregado, na grande maioria dos casos, não está preparado psicológicamente para a situação, sendo então alvo de uma humilhação desmedida por parte do patrão sacana. Para auxiliar trabalhadores a não perder o rebolado numa situação de estar sendo mandado para o olho da rua.


As 30 Maneiras de Sair Por Cima numa Demissão: a idéia[editar]

Este livro dá 30 sugestões que podem ser seguidas por pessoas de diversas áreas profissionais (fazendo adaptações, claro, algumas inclusive sugeridas nesta obra), para que elas no momento de receber o cartão vermelho, dêem a volta por cima e transformem aquele no grande momento de sua carreira naquela empresa. Este livro, na prática, ensina a sair de maneira espetacular e memorável de uma situação que antes seria um fiasco total.


Bem, vamos ao trabalho, pois aquele figurão da editora já está ligando pra minha casa a toda hora perguntando quando diabos este livro vai estar na mesa dele. E eu não quero perder meu emprego.


1- O Revoltado[editar]

Ao ser demitido, demonstre seu descontentamento. Isso mesmo, extravaze! Faça o patrão desumano experimentar fazer parte do filme Um Dia de Fúria. Faça-o ver todo o mal que lhe fez, todo o stress pelo qual você passou.


Como fazer:

  • Exponha seus pontos de vista racional e educadamente para o patrão, explique tudo o que aflige seu coração proletário.
  • Caso ele permanecer irredutível, repita as mesmas alegações de forma mais agressiva. Perdigotos ajudam muito a dar um "tcham" na cena.
  • Pegue algum objeto de valor e quebre-o. Aguarde uns instantes, olhando nos olhos do chefe malvado.
  • Diga: "Não vai fazer nada?" Aguarde dois segundos. Lembre-se que não pode ser MAIS ou MENOS de 2 segundos. O timing exato torna a cena mais dinâmica e prepara melhor o cenário para o próximo passo, que é...
  • De forma mais ou menos ordenada, comece a destruir objetos nas proximidades. Trabalha numa loja? Melhor ainda. Quebre tudo, começando por coisas avulsas e a seguir, busque meios de causar cada vez mais destruição.
  • Volte-se para o chefe e diga, olhando em seus olhos: "Pra me demitir, teve coragem, mas não tem coragem pra me impedir de quebrar isso aqui!"
  • Quebre "isso aqui", seja lá qual o bjeto que "isto aqui" for. De preferência algo que já esteja em suas mãos no momento.
  • Saia caminhando calmamente, como se nada houvesse acontecido. Saia do local de trabalho e vá para casa. Pronto, você aliviou a tensão e saiu por cima do emprego nada gratificante em que trabalhava!


2, 3, 4 e 5-Variantes do método do "Revoltado"[editar]

A cena acima pode ser modificada de 3 formas: usando uma arma de fogo, usando uma arma branca ou usando uma arma contundente. Cada uma abre um leque de possibilidades vasto para incrementar seu último dia no trabalho.


6- Grand Theft Auto[editar]

Ao ser demitido, mostre ao seu chefe que você REALMENTE poderia estar roubando e matando. Isso torna uma demissão realmente magnífica, digna de virar um filme de Hollywood ou um jogo de tiro violento.


Seguem-se rigorosamente os passos abaixo:

  • Saia sem dizer nada.
  • Arrombe o carro do chefe. Foda-se o alarme.
  • Faça ligação direta e vaze.
  • Atropele qualquer um que passar no seu caminho até em casa.
  • Se tiver uma arma, atire. Polícia dá mais emoção e acrescenta um efeito visual bacana caso você queira filmar tudo pra guardar de lembrança.
  • O resto, deixe sua criatividade determinar. Vai ser uma demissão explosiva!

7 e 8-Variantes:[editar]

Pode-se acrescentar dois passos de introdução ao método anterior para dar rumos mais interessantes e divertidos a este momento.


Um deles é coagir seu chefe - com uma arma de fogo, de preferência - a pessoalmente lhe dar as chaves do carro. Tirar dele telefone celular e quebrar modens e telefones que hajam por perto. Sair e deixá-lo trancado no escritório. O outro método consiste em iniciar o hit-and-run com um sequestro, fazendo o patrão de refém. Será agradável levá-lo para dar uma volta divertida pela cidade.

9-Super-heróico[editar]

  • Aguarde cerca de 12 segundos após a palavra final de seu chefe sobre sua demissão.
  • Olhe para um lado, fingindo que ouviu alguém chamar por você de muito longe.
  • Olhe de novo para seu chefe e diga algo como: "Pessoas estão em perigo! Isso é um trabalho para o (Invente um nome, mas é bacana usar um nome relacionado à função que você exercia - se for padeiro, você pode ser o "Capitão Baguete" ou "Rosquinha Humana" ou ainda ). Um tom seguro e firme na voz ajuda a colorir a cena.
  • Saia correndo pela porta.


10-Modo Nem-Tão-Super-Heróico[editar]

Igual ao anterior, exceto pelo último passo.

  • Em vez de sair pela porta, saia pela janela, como se pretendesse voar (tem melhor efeito se estiver num andar alto, digamos, o 20°).


11-Método "Guria Retardada"[editar]

Esse não precisa explicar, pois é fácil agir como uma guria retardada. Simplesmente sente no chão onde estiver e chore convulsivamente. As lágrimas não precisam ser de verdade. Quando seu chefe se aproximar, aguarde uns cinco minutos (permaneça chorando nesse tempo) depois olhe pra ele, ria e mostre a língua. Depois saia correndo.


12-Matemático[editar]

Simples. Prove com números, usando as equações mais complexas que conhecer, de preferência corretamente, o quanto a empresa em questão vai perder com sua demissão. Mas faça parecer que é muito. Exagere. Quando seu chefe reconsiderar, olhe para ele e diga: "Se eu sou tão valioso assim, até aceito voltar a trabalhar aqui. Mas eu quero um aumento de 30% no meu salário." Requer curso superior, boa aparência ou boa capacidade de dicção.


13-Impressionista[editar]

Passe alguns segundos imóvel. Tire um revólver do bolso e atire contra a própria cabeça. Seu chefe nunca vai esquecer disso. E vai estar em toda a mídia do país no dia seguinte.


14-Método Al Qaeda[editar]

Igual ao anterior, mas detone explosivos que previamente amarrou ao seu corpo. Como é impossível prever quando será a demissão, vá sempre para o trabalho com os explosivos por baixo da roupa.


15-Método Clube da Luta[editar]

Logo depois do chefe te demitir, comece a socar a si próprio e a gritar "socorro me ajudem" tipo louco, se jogue nas mesas, quebre tudo, se jogue de boca na parede. Na hora que chegarem os seguranças ou a polícia, abrace seu chefe de joelhos e diga "Por favor, não me bata mais senhor". Pronto, voce vai sair todo arrebentado, mas vai ganhar uma grana processando a bosta da empresa.


Nota Editorial[editar]

Por razões que não temos a obrigação de revelar, a pessoa com quem havíamos fechado o acordo para a publicação deste livro não cumpriu os prazos editoriais e relaxou pra cacete com o texto, começando muito bem e depois ficando meia-boca. Eu não ia publicar essa merda, mas resolvi ler e achei interessante, mas nunca publicaria algo assim. Porém, a atitude que este vagabundo desse escritor teve momentos após eu ligar para sua casa e comunicar-lhe a decisão da editora. Ele veio à minha casa, ateou fogo em meu carro, deu quatro tiros no meu cachorro e mandou cartas-bomba para vários parentes meus no exterior. Depois disso, o pobre coitado se matou atirando meu carro roubado do alto da ponte. Aí eu percebi que a coisa era real e funcionava. Ele saiu por cima, porque ele não vai nem lembrar de mim, mas eu nunca vou esquecer do dia que dei um bilhete azul pra ele. Se é verdadeiro, se funciona como anunciado, é dever de minha editora pôr ao conhecimento do público.

O Editor

Desciclobooks
2020