Deslivros:A Morte de Sofia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.

Para quem conhece a maldita obra de Jostein Gaarder, O Mundo de Sofia, A Morte de Sofia é o fim dessa trama inútil e imbecil com a intuição de ensinar uma pessoa a filosofar vegetar.

Após Sofia ter recebido todas as cartas do tal misterioso indivíduo escalafabético e emo, ela cai em puro desespero, pois descobre que ele era devoto do Pai Demócrito, que costumava acariciar sua galinha Teófila.
Sofia tentou cortar os pulsos, mas não morreu porque também era emo, e como emo não consegue se matar, o indivíduo misterioso a mata com uma macumba que o Pai Demócrito jogou pra cima dela, em consequência, esse babaca deveria morrer e reencarnar em outra pessoa.
Essa pessoa foi Celestino, um funcionário da Fundação Liberato, o qual, dando suas aulas horríveis de filosofia/sociologia, nos fazem dormir em sono profundo. Há boatos que é mais uma macumba do Pai Demócrito.
Celestino, então, faz de seus alunos zumbis ambulantes e os obriga a ler O Mundo de Sofia.
À Venda nas piores livrarias...