Deslivros:O fim da Liga da Justiça

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.


Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...
v d e h
ARTIGO COMPLEMENTAR
v d e h
Jornal2.jpg
Não entende este artigo? Acha que é humor privado? Antes de fazer alguma besteira nesta página, leia o artigo Liga da Justiça para ter sentido e volte aqui para entender e achar engraçado (ou não).
Jornal2i.JPG


O fim da Liga da Justiça se trata do fim da Liga da Justiça! É a história detalhada e verídica do que aconteceu com os infelizes herois de desenho animado e quadrinhos.

[editar]

Típico super-heroi das antigas.

O surgimento da Liga da Justiça se deu logo após a aposentadoria dos antigos super-herois, como Capitão América, Homem de Ferro, Hulk, Homem Aranha entre outros. Eles realmente estavam acabados pois brigavam individualmente contra os vilões e quase não tinham folga. Vários super-herois percebendo esta desvantagem de ser lobo solitário resolveram formar a Liga da Justiça, pois com ela poderiam trabalhar em regime de escala 12 horas de trabalho por 16 de descanso. Assim teriam mais tempo para fazer outras coisas e se livrarem do stress da rotina árdua de luta pela justiça.
Mas não é do surgimento e sim da derrota da Liga da Justiça que iremos tratar. Esqueçam tudo os que vocês andam vendo na TV, cinema, ou lendo nos quadrinhos, nos últimos 35 anos.

As derrotas[editar]

A Liga da Justiça foi derrotada em uma época que somente agora fui autorizado a revelar. Prova disto são os atentados de 11 de setembro já que se a Liga da Justiça ainda existisse ela teria impedido que Bin Laden executasse seu plano.

Inúmeras vezes, os vilões da Liga do Mal juntamente com a OND (Organização das Nações Desunidas) estiveram realmente muito próximos de derrotar nossos herois, mas sempre aparecia o Superman e dava as famosas voltinhas supersônicas na Terra, e fazia o tempo voltar, etc. E tudo voltava ao ponto inicial e os vilões eram sempre os derrotados.

Essa não é a verdadeira história.

Então uma reunião supersecreta, analisando tais fatos, os vilões chegaram a conclusão de que a derrota da Liga da Justiça estava diretamente ligada a destruição do Superman.
A destruição do Superman e a derrota da Liga da Justiça serviriam de exemplo para todo o planeta, desencorajando o surgimento de novos super-herois.

Superman[editar]

Lex Lutor já havia tentado destruir o Superman várias vezes com Kriptonita, mas sem sucesso pois sempre aparecia alguém para retirar tal ameaça de perto do Superman. Foi então que Lex lançou a resposta final para o problema.
Teriam de introduzir no corpo do Superman quantidade letal de Kriptonita.
Foi então que se elaborou um tenebroso plano qual foi colocado em prática.
Quantidades muito pequenas de Kriptonita eram periodicamente colocadas e retiradas de dentro do apartamento do Clark Kent, de tal maneira que um dia ele se sentisse mal e no dia seguinte ele se sentisse bem.
Lois Lane logicamente reclamou. Em um dia ele era o homem de aço e no dia seguinte era o homem brocha elástico.
Após alguns dias diante do mal estar ocasionado pela substância, não só ao seu organismo, mas também seu relacionamento afetivo, Clark procurou seu médico. O que ele não sabia, é que o vilão Multiface havia assassinado seu médico e quem o atendeu realmente foi o próprio vilão Multiface, que adquiriu a aparência do defunto.
O falso médico chegou a conclusão de que o problema do Homem de Aço era de origem intestinal e lhe recomendou um medicamento comum. Com a desculpa de que ele era seu cliente antigo, Multiface forneceu uma amostra grátis do tal medicamento.
Os comprimidos na verdade eram micro-cápsulas de Kriptonita envolvidas em invólucro de chumbo, para que isto não o afetasse de imediato, as cápsulas seriam explodidas via controle remoto. Não se tinha ideia da qual seria o efeito da Kriptonita dentro do organismo do Superman.
Clark, sem desconfiar de nada começou a tomar os comprimidos. As quantidades pequenas da Kriptonita que eram colocadas dentro do seu apartamento foram retiradas de tal maneira que ele realmente se sentisse melhor.
E ele passou a se sentir realmente melhor e tomou todos os comprimidos até o último. Dentro de seu organismo já haviam vinte gramas de Kriptonita.
Terminada a primeira fase do sinistro plano, deu-se então início a segunda parte do plano, a terceira é que não poderia ser.
Lex Lutor simulou o roubo de dois mísseis nucleares da Força Aérea Americana e com uma artimanha enganou o radar fingindo lançá-los contra a falha de GTA San Andreas (de vez em quando uns bugs aparecem).
Se a falha fosse atingida pelos mísseis todo o estado da Califórnia desapareceria.
O único que poderia deter os supostos mísseis era o Superman. E ele foi chamado.
Imediatamente lançou-se em voo solo em direção região do suposto impacto dos mísseis (como no primeiro filme da série).
Porém quando ele estava voando sobre a região central do estado da Califórnia o comando central da sala da Liga do Mal enviou um sinal transmitido via satélite que detonou as micro-cápsulas de Kriptonita, que estavam dentro do Superman. E foi ai que se conheceram os efeitos. A Kriptonita atuou como um superlaxante. É melhor que os leitores nem tem imaginar o resultado.
Abruptamente o Superman foi acometido de uma super dor de barriga, seguida por uma violenta super diarréia.
O pobre Superman per 99% de toda sua massa corporal, qualquer um poderia confundí-lo com uma pessoa anoréxica de tão fudido magro que estava a criatura.
Este foi o fim do Superman e também foi o fim do estado da Califórnia, que ficou super coberto com a super diarréia do Superman. Não só foi o fim do estado da Califórnia, como também foi o fim das pretensões imobiliárias de Lex Lutor naquele estado.
Mas o fim do Superman teve um efeito inesperado pelos vilões.

Batman[editar]

Até esqueceram a arma nele, as balas devem ter acabado.

Como ninguém conseguiu explicar o porque da diarréia do Superman, os cidadãos de Gothan City, começaram a desconfiar de que os membros da Liga da Justiça estavam sofrendo de alguma moléstia que atingia somente a eles. E se tal moléstia causou o fim do estado da Calafórnia, o povo começou a imaginar como seria se tal moléstia atingisse a todos os membros da Liga da Justiça ao mesmo tempo. Poderia ser o fim do planeta.
. Eles imaginaram a cidade coberta por diarréia de morcego.
O Coringa nem precisou ter trabalho.
Antes que ele completasse sua missão, que era eliminar o Homem-Morcego, o Batmóvel foi cercado pelos cidadãos da cidade natal de Bruce Waine. O carro do Batman foi atingido por dezenas de coquetéis Molotov. Diante da hipótese de virar morcego grelhado, Batman abandonou seu carro e foi brutalmente linchado pelos cidadãos a quem tanto protegeu.
O Batman foi o único super-heroi morto por cidadãos. Afinal de contas ele era o único que era um ser humano comum, os outros tinham realmente superpoderes.
Ao tomar conhecimento da morte do Batman, Alfred o fiel mordomo acionou a autodestruição da Batcaverna, e ali permaneceu até o seu fim.
O Robin havia abandonado a cruzada contra o mal havia tempo. Toda vez que pulava do telhado, na frente dos bandidos com aquele jeitinho e aquele shortinho curtinho apertado, os bandidos não aguentavam e caiam na gargalhada.
Um dia ele perdeu a paciência, começou a dar pulinhos e gritar com aquela voz estridente :

Cquote1.png Eu tô cansada desta vida! Vocês nunca me respeitam! Cquote2.png
Robin sobre bandidos.

Ele abriu um bar GLS em Nova York.

Mulher-Maravilha[editar]

Uma maravilha!

O Charada capturou a Mulher-Gato. Ela teria de ser punida por ter virado amante do Batman e traído a Liga do Mal. Ele a obrigou a trabalhar como atriz, em sua recém fundada produtora de filmes pornográficos. Em um período de três meses, ela atuou como atriz principal em mais de dez mil filmes, categoria gang-bang e então morreu de uma misteriosa doença.
Sem ter o que fazer o Coringa foi ajudar o Pinguim a destruir a Mulher-Maravilha.
Quando ela estava tomando banho eles entram em seu apartamento, logicamente deram uma espiada em sua poupança, roubaram seus braceletes e o seu laço mágico, substituindo-os por outros que eram falsos.
Em seguida enviaram quatro assaltantes armados com fuzis AR-15, para assaltar o banco em frente ao seu prédio.
Ao perceber o barulho dos tiros do confronto entre assaltantes e polícia, a heroína vestiu sua roupa, pegou seus braceletes, seu laço, e foi cumprir o seu dever.
Ao entrar no banco os assaltantes abriram fogo contra ela. Como os braceletes eram falsos, ela não conseguiu se defender. Morreu com mais de trezentos tiros.

Flash[editar]

O Flash estava meio desmoralizado no pedaço. Ele era amante da Batgirl. Ela dizia que transas não duravam mais que 0,1 segundo. Os mesmos assaltantes que mataram a Mulher-Maravilha, simularam um ataque a uma usina nuclear. Quando ele corria para lá a mais de quinhentos quilômetros por hora para impedir o suposto ataque, um deles jogou uma casca de banana no meio da estrada. Ele escorregou, ficou desgovernado e bateu de cabeça num poste. Este foi o seu fim.

Batgirl[editar]

A Batgirl, como já estava de saco cheio mesmo, casou-se com o Coringa e virou a arlequina, que tinha fama de ser bem dotado, digo, bem educado. O casamento não durou muito pois Coringa se cansou com as cobranças diárias da esposa. Vocês sabem aquelas coisas de toda mulher sensata como por exemplo:

Cquote1.png Isto são horas de chegar em casa? E com esse bafo de cachaça? Cquote2.png
Batgirl sobre noitada em um boteco.

Realmente furioso ele vendeu a Batgirl para um traficante de escravas brancas. As últimas notícias sobre ela davam conta que ela estava rodando a bolsinha em Paris.
Ao verem aquela beldade na esquina, dentro daquela roupa de couro grudada na bunda, digo no corpo, os parisienses e as parisienses enlouqueceram.
Ela foi "contratada" para centenas de orgias. Sua boa forma não durou muito.
Havia escassez de pílulas anticoncepcionais em Paris naquela época. Batgirl teve mais de vinte filhos em menos de três anos (WTF?). Algumas línguas maldosas a apelidaram de Batparidera.
Isto foi demais para o Comissário Gordom, que era seu pai e ele cometeu suicídio.

Homem-Pássaro[editar]

Cquote1.png Veja aqueles caras nos olhando, será que querem autógrafo? Cquote2.png
Homem-Pássaro minutos antes de virar presunto.

O fim do Homem Pássaro foi muito mais doloroso. Integrantes da Liga do Mal atearam fogo em uma fabrica de alpiste, no sul da cidade de Washington.
Como ele morava a oeste fora da cidade, sua rota de voo coincidia em parte com a rota migratória dos patos selvagens.
O pior é que era a temporada de caça. Ele foi confundido com um pato selvagem gigante. Os caçadores lá embaixo ao verem o tamanho daquele pato, abriram fogo. Apesar dele ser rápido, os caçadores conseguiram abatê-lo. Como seu rosto ficou desfigurado, os caçadores não perceberam que se tratava do Homem Pássaro.
Rechearam-no com farofa (os leitores nem imaginam o método utilizado para recheá-lo), e quase comeram ele (no bom sentido), assado na brasa, mas o gosto era horrível então jogaram o corpo em um rio.

Lanterna Verde[editar]

O fim do Lanterna Verde foi muito bem planejado, diga-se de passagem, foi um plano no qual se pôde ver até que ponto chegava a maldade dos vilões da Liga do Mal.
Sem o seu anel ele não passava de um simples mortal. Mas mesmo sem o anel seu poder ia ao infinito e além além da imaginação, pois ele era muito popular. Mesmo que roubassem seu anel, com certeza ainda assim ele seria uma ameaça, pela sua popularidade.
Todo ano ele atuava como instrutor em dezenas de palestras antidrogas, além de atuar como voluntário na distribuição de brinquedos para crianças pobres, na época do Natal. Se o povo descobrisse que algum vilão tinha roubado seu anel, com certeza este vilão seria linchado e queimado vivo em praça pública.
O jeito seria destruir sua popularidade.
Ele gostava muito de pizza e toda sexta-feira à noite ele pedia duas rodelas tamanho gigante na pizzaria da esquina de sua casa. Cientes do fato, a Liga do Mal infiltrou dois de seus agentes na pizzaria. Quanto ele pediu as costumeiras duas rodelas, uma de calabresa e outra de escarola com bacon, eles as enviaram recheadas de um poderoso sonífero.
Ao perceberem que ele pegou no sono, entraram em seu apartamento e auxiliados por uma psicóloga o hipnotizaram durante o sono, e fizeram com que ele acreditasse que a sociedade o aceitaria melhor se o seu uniforme e os raios que saíssem do seu anel fossem vermelhos.
Quando ele acordou, foi direto para o seu alfaiate. Lá ele pediu ao distinto senhor que confeccionasse um uniforme do Mário idêntico ao seu, só que vermelho. O velhinho estranhou. Mas super-herói é super-herói. Eles sabem o que fazem (Ou não). E então o Lanterna construiu uma lente azul, que combinada à luz verde do seu anel gerava luz e raios vermelhos.
E ele passou a ser visto por aí vestido com seu novo uniforme vermelho. Toda vez que ele ia enfrentar criminosos, quando ele era avistado voando, outros criminosos infiltrados na multidão gritavam:
Cquote1.png Olhem lá em cima! Lá vem o Lanterna Comunista! Cquote2.png
criminosos sobre Lanterna.

Em pouco tempo sua fama cresceu tanto entre os comunas que ele foi convidado a se filiar ao Partido. Isto começou a incomodar o pessoal do Partido Republicano dos Estados Unidos que logo o convocou para depoimento na CPI dos Cassinos.
Após seu depoimento seu mandado de super-herói foi cassado, e ele nunca mais pode usar os seus poderes para defender o povo. Seu anel foi derretido e suas vestimentas de super-herói foram incineradas. Deprimido, ele começou a tomar seguidos porres por ai, até que caiu no esquecimento. Quando poucos dele se lembravam, ele foi sequestrado pela CIA. A última vez que se teve notícia dele (esta informação é ultrassecreta) é quando Lanterna foi usado numa troca de prisioneiros com a URSS.

Mulher-Gavião[editar]

Mulher-Gavião ainda não morreu. Ou não.

Ajax[editar]

Você acha que alguém que sobrevive ao extermínio de toda a sua raça vai morrer algum dia?

Desfecho[editar]

Agora só em desenho repetido mesmo.

E assim um por um os membros da Liga da Justiça foram eliminados, desmoralizados, ou caíram no esquecimento.
Os restos mortais dos super-herois falecidos foram enviados secretamente para um país da América do Sul. Foram enterrados em uma tumba simples, de mármore italiano, num cemitério da Zona Leste de uma cidade com nome de santo, cujo estado tem o mesmo nome de santo. Estarei correndo risco de vida ao revelar a localização da tumba, dentro do cemitério. Alguns ex-membros extremistas de direita da hoje extinta Liga do Mal, somente me autorizaram a revelar pistas da localização.
Mas mesmo assim aí vai a localização exata, pois todos têm o direito de prestar homenagens aos mesmos.
Já estive no local prestando minhas homenagens.
A tumba esta localizada no corredor 69. A tumba possui o número vinte e quatro. Na página a seguir esta um desenho, que se aproxima da aparência da mesma.
Pode parecer ter sido fácil derrotar a Liga da Justiça, mas na verdade alguns fatores colaboraram com a Liga do Mal. Citarei a apenas o exemplo do Quarteto Fantástico, que nada puderam fazer para ajudar a Liga da Justiça. Eles poderiam ter impedido os planos da Liga do Mal. Mas eles estavam muito ocupados procurando a Mulher Invisível.
Em sua obsessão para perder peso, ela começou a comer muito pouco, ficando anêmica. Além de comer pouco ela passou a sofrer de Anorexia Nervosa. Em certo dia ela perdeu o controle sobre seu poder, ficando invisível e desmaiando em seguida. O Quarteto Fantástico, que após seu desaparecimento ficou conhecido como Trio Fantástico, chegou a conclusão de que ela morreu.
A polícia de Nova York não aceitou a versão apresentada pelo Quarteto, digo Trieto Fantástico. Eles foram colocados em prisão domiciliar e foram impedidos de atuar como super-herois, enquanto durassem as investigações. Em dado momento o Tocha Humana num acesso de raiva, pela descrença das autoridades, colocou fogo no apartamento sem querer. O Senhor Fantástico e o Coisa morreram queimados.
O inquérito policial foi concluído, e o Tocha foi acusado de três assassinatos. A única maneira de livrar o Tocha da cadeia, era a Mulher Invisível depor a seu favor. O pior é que mesmo que ela estivesse viva e tivesse perdido a memória de nada adiantaria. A foto da Mulher Invisível nunca pode ser exibida na pagina da Internet do FBI sobre pessoas desaparecidas, pois não existia nenhum registro fotográfico dela, ela não gostava de ser fotografada. Toda vez que tentavam ela ficava... Bom, no final das contas o Tocha se deu muito bem na cadeia, ele assava o churrasco do pessoal, e eles ficavam felizes, pois economizavam o dinheiro do carvão, e não tinham trabalho para ascender à churrasqueira.
O Faqueiro Verde, digo, Arqueiro Verde, os Super-Gêmeos, O Chefe Apache, os X-Melecas, digo, X-MEN, o Super-Choque, as Meninas Super-Horrorosas, digo, Super-Poderosas entre outros, nunca existiram, são mera invenção de cartunistas fracassados que não aceitavam a realidade e queriam a volta da mais famosa liga de super-herois de todos os tempos. Mas também nunca ouve outra liga de super-herois.
Talvez eles imaginassem que criando historias com novos super-herois, os cidadãos se sentissem motivados a lutar pelo bem. Não adiantou, já que ninguém teve coragem de enfrentar a agora fortalecida e invencível Liga do Mal. Os homens começavam a pensar no fim do Homem Pássaro e logo desistiam. As mulheres começavam a pensar na morte da Mulher-Gato, e também desistiam. Os leitores devem estar se perguntando, se a Liga da Justiça foi derrotada, porque os vilões da Liga do Mal não dominaram e acabaram com o planeta ? É que após décadas de lutas com os heróis, os vilões estavam muito cansados e estressados. Decidiram então dissolver a Liga do Mal e se ocuparem com maldades mais aceitáveis no cotidiano. Eles não queriam o surgimento de mais super-herois. Alguns se aposentaram, mas a maioria ainda não havia atingido a idade mínima para aposentadoria exigida pela PPSLM (Previdência Privada Social da Liga do Mal). Decidiram então tirar uns meses de férias antes de retomar as suas atividades maléficas. E foram passar as férias no Rio de Janeiro.
Com tantas vantagens e tanto dinheiro correndo solto na política eles não poderiam ficar de fora. E nem precisariam mais ter medo da lei. Agora a lei os protegeria e apoiaria. Disfarçaram-se então de cidadãos brasileiros e se candidataram a vereadores, deputados, senadores, prefeitos e governadores. Nenhum deles se candidatou a Presidente da República. Batata assada ninguém quer Todos foram eleitos e cumprem seu mandato. Agora eles são cidadãos acima de qualquer suspeita. E este foi o fim da Liga do Mal. Em um mundo com tanto traficante, terrorista, político corrupto e cerveja ruim, ser vilão realmente esta fora de moda.