Desnotícias:36 iraquianos não resistem a fatalidade e morrem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

BAGDÁ, Iraque -

Foi decretado Estado de Calamidade Pública em Bagdá. Ontem morreram 36 pessoas que não resistiram a uma fatalidade, em conseqüencia de ataques suicidas. "A situação está ficando preta!" disse o jovem Kollocan al-Busseitam, integrante de uma milícia protetora dos direitos dos Xiitas, Sunitas e Kurdos.

Houve também uma segunda explosão na Base do Exército e Marinha General Leiser Simpson (BEM-GLS), onde médicos atendiam um dos militantes suicida, que resistiu as explosões e matou-se novamente.


Fontes[editar]