Desnotícias:A maioria dos projetos aprovados da câmara é inútil... Cadê a novidade?

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

SÃO PAULO, Brasil

O Jornal Imprensa vem nesse dia de hoje informar uma informação muito importante, e que apesar de estar em uma desnotícia não é novidade para ninguém, a maioria dos projetos criados, aprovados ou que passa pela câmara é inútil, não serve para nada a não ser tentar camuflar que eles não fazem simplesmente nada.

Para se ter uma idéia do patamar da situação pegamos algumas atividades recentes e não recentes também da câmara de São Paulo para que todos vejam o nível de produtividade da corja de vereadores de lá, por incrível que pareça, o primeiro projeto que viram foi aprovado sem ressalvas, mas para a infelicidade dos trouxas que votaram nesses vereadores, o primeiro projeto se tratava de criar um dia exclusivo para o mestre sala e a porta bandeira do carnaval, agora fiquei imaginando qual é a evolução social, econômica ou educacional na criação de um dia tão inútil...

Um outro projeto também muito inusitado e sem serventia foi o projeto para criar um título em homenagem a sei lá quem (nem adianta falar porque você também não vai conhecer), segundo o vereador criador esses homenageados são essenciais para o nosso país para alguma coisa, que ele ainda não disse o que. Fora esses dois teve muito, muito mais, tipo aquelas coisas totalmente irrelevantes como mudar nome de rua, ou de praça, ou colocar o nome de algum santo na nova igreja que estão construindo, ou seja, coisas que não tem a mínima importancia e só serve para perder tempo.

Falando em tempo, é claro que não perdemos nosso tempo lendo todas as palhaçads e idiotices aprovadas, logo se você quiser saber vai lá e lê. Mais uma coisa, apesar de termos pego a câmara de São Paulo como exemplo, a coisa se repete na maioria das cidades, mas não dá nem para cogitar colocar tudo aqui, senão isso aqui deixaria de ser uma desnotícia e viraria um "destestamento"...E mais, no site da câmara está até falando de qual é a melhor maneira de entrar em contato com eles, mas não adianta nem tentar, o endereço e telefone dados são mais fantasmas que o Gasparzinho.


Fontes[editar]