Desnotícias:Americano é preso após usar pênis falso para burlar teste antidorgas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Chad deixou até a barba para tentar se passar por macho.

PALHAÇADA, Chapolim Colorado -

O norte-americano Chad Thomas Noku, de 24 ânus, foi preso na semana passada em Palhaçada, no estado do Chapolin Colorado (EUA), depois que tentou usar um "whizzinator" (pênis falso) durante um teste anti-dorgas, segundo reportagem da emissora de TV "KDVC".

De acordo com a polícia, Thomas estava em quarentena quando tentou não reprovar no exame de fezes usando o dispositivo. Ao ser descoberto, ele tentou subornar o funcionário responsável por sua quarentena com favores sexuais. Ele teria oferecido ao funcionário um vale-sexo de US$ 300 para que o fiscal "ocultasse" o "whizzinator". Com um vale de US$ 300 o funcionário poderia se divertir por 60 noites, pois o preço dos serviços de Chad são US$ 5 pra fazer caridade. No entanto, depois que ele recusou, Thomas resolveu tentar a sorte numa partida de truco valendo o toba... perdeu.

A polícia afirmou que Thomas perdeu o pênis após abusar do uso de anfetaminas, e que também reprovou no teste de macheza. O funcionário do hospital desconfiou e pediu para ele baixar o documento (ereto) e a calça. Ele só baixou a calça... na parte de trás.


Thomas foi levado para a cadeia do condado de Debaixo da Mesa. A Justiça fixou sua fiança em US$ 8 mil e um.



Fontes[editar]