Devil May Cry (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Devil May Cry (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Sagat solta um Tiger Robocop.


Tinhoso Vai Chorar 1
Devil May Cry 1 cover.png

Capa da primeira versão do jogo, nas feirinhas do Brasil

Informações
Desenvolvedor Crapcom
Publicador Crapcom
Ano 2001
Gênero Porradaria sem fim
Plataformas PolyStation 2 e depois remakes pra um bando de outro console
Avaliação 5/10
Idade para jogar Livre

Devil May Cry 1 é o primeiro jogo da série de jogos góticos Devil May Cry, produzido e publicado pela Capcom nos tempos que ainda se acreditava que essa empresa era boa. Originalmente criado para ser uma sequência de jogabilidade mais dinâmica para a série Resident Evil, logo ficou decidido que Dante era legal demais para ser protagonista de uma sequência trivial, então decidiram torná-lo o personagem central de toda uma nova franquia.

A ideia era atrair garotos jovens e virgens que se impressionam por qualquer clichê, então criaram um protagonista sinistro que se faz de fodão e uma loira gostosa e peituda para arrebentarem demônios na porrada e no tiroteio. Todos os clichês imagináveis e não imagináveis foram incluídos e o resultado foi um grande sucesso e a criação de uma fanbase tão retardada que seria superada em retardice mental só 20 anos depois pelos lolzeiros

Jogabilidade[editar]

Neste jogo são disponibilizadas missões onde o jogador deve controlar Dante para humilhar diferentes tipos de capirotos. A intenção é que não exista qualquer desafio para que assim a maior quantidade possível de adolescentes consigam jogar e concluir o jogo. O maior desafio que os desenvolvedores proporcionaram aos jogadores foram as câmeras que a exemplo de Resident Evil são estáticas e vão sempre te posicionar na tela do pior modo possível, para assim os demônios terem pelo menos uma pequena chance. O sistema de combos evolui de Dull, para Cool, Bravo, Awesome e no ápice máximo Bichona Estilosa.

Enredo[editar]

Há muito tempo atrás, no tempo em que, os demônios dominavam e estupravam os humanos. Um demônio chamado Sparda percebeu que as humanas eram mais gostosas que as demônias, até porque não tinham chifres, nem asas e muito menos a cara de capeta chupado (nos dois sentidos), então Sparda atolou todos os demônios (exceto ele, claro) na merda por pura revolta.

Após muito tempo de vagabundagem, Sparda comeu uma mulher chamada Eva, que ao contrário das outras mulheres do capeta, não jogou os bebês no rio ou fez aborto. Nasceram ali dois irmãos gêmeos: Dante e Vergil, que logo ficariam órfãos porque Sparda e Eva morreram na mão do Capiroto.

20 anos depois começa o jogo, a história é centrada no meio demônio albino Dante e sua incrível aventura em uma ilha esquecida por Deus, habitada por demônios sanguinários e pelo seu líder, o clássico Rei dos Demônios que quer conquistar o mundo. Dante abriu uma loja de extermínio de demônios, pois já nasceu emanando purpurina, poder que junto à música do Restart, são as armas mais eficientes contra demônios, nenhum fica nem perto com alguma dessa. Dante estava tomando um suco de laranja em sua lojinha, quando chega uma misteriosa puta morfética e mata Dante, mas como ele era parente de Alucard não morreu. Trish (o nome da mulher com cabelo de 'tábua') disse que ele tinha que ir num castelo e matar um monte de monstros para resolver essa situação, e Dante aceitou para poder depois pedir um fio terra pra ela, pois se ela não tivesse um belo dedo, ele ia esperar sua octagésima pizza do dia (ele adora uma calabresa sabe).

Ao desenrolar da história Dante não conseguiu dar para Trish, pois ela parecia sua mãe e isso broxava o protagonista demais. Ele também enfrenta seu irmão, Vergil que é exatamente ao contrário do irmão, ou seja, macho, gótico e fodão.

E no final de tudo, só esse monstro extremamente genérico.

O final do jogo está em Final Fantasy VII, quando Trish, na verdade Cloud, "morre" nas mãos de iMundus. Chocado com a situação, sabendo que não teria mais seus troca-trocas com a Trish (troca de maquiagem, esmalte e outras paradas no naipe), Dante ataca Mundus com tudo, e destrói o chão do castelo (ficar comendo tanta Calabresa dá nisso). Depois se encontra com Mundus de novo, apanha mais do que protestante na Avenida Paulista e só não morre por causa da proteção do protagonismo e na beira da morte descobre que Trish está viva ela que seus poderes à Dante, que sobrecarregado de purpurina consegue finalmente ter a boss fight decente contra Mundus, chefão que começa como Buda, depois vira uma estátua neoclássica e finalmente mostra seu interior e verdadeira forma: demônios em forma de verme. Depois de matar tal aberração, Dante foge com uma avião da FAB. Depois disso, Dante volta para sua loja, e Trish vai junto, dessa vez querendo dar outro tipo de 'apoio' para ele.

Armas[editar]

Durante o jogo você vai encontrando diversas armas para te ajudar nesta louca viagem

  • Force Edge - Só é útil na primeira fase, a partir da segunda ela perde totalmente seu uso, já que não passa de uma espada comum.
  • Alastor - Após Dante fumar um baseado, ele vê uma espada falando, e como ele gosta de se achar o fodão Dante se levanta pega a espada e não se sabe se ele luta com o vento ou se só tá fazendo balé clássico com a espada, a partir daí a Force Edge vira trapo.
  • Ifrit - Duas luvas que foram forjadas pelo próprio capeta que, por mais incrível que pareça, é colocada apenas nas mãos mas também pode criar fogo nos pés.
  • Sparda - A Maior criação do irmão do Satanás, Sparda é uma bosta que você fica puto ao tentar usar essa merda na treta com o Mundus.
  • Ebony & Ivory - Duas pistolas que tem munição infinita e que servem para substituir qualquer metralhadora.
  • Shotgun - Uma arma velha do tempo que tua avó ainda era virgem, é uma arma de curta distância que é muito foda para matar inimigos a uma distância de 0,60 centímetros, ou seja é melhor ficar com as pistolas.
  • Grenadegun - A arma mais foda do jogo, faz o inimigo conhecer a puta que pariu que dá lá na esquina na casa do caralho.
  • Needlegun - Uma bosta que só presta pra ocupar espaço no inventário, ou pro Dante brincar de pescador.
  • Nightmore-B - Sim essa coisa que parece merda é uma arma que acumula energia para disparar raios que ricocheteiam. É foda, mas usa devil trigger como munição.
  • Bangle of Time - Não é exatamente uma arma e sim um item que tem o poder do ZA WARUDO!
v d e h
Devil-may-cry-logo.png