Devil May Cry 3: Dante's Awakening

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Devil May Cry 3)
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Devil May Cry 3: Dante's Awakening é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Joe Mushashi acaba com Zeed.


Diabo Chora em Maio: Dante Fodão
Devil May Cry 3 cover.jpg

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Crapcom
Publicador Crapcom
Ano 2005
Gênero Porradaria sem fim
Plataformas PolyStation 2
Avaliação 10/10 para os fanboys
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Esse jovenzinho vai aprontar altas aventuras na torre de seu irmão Cquote2.png
Narrador de sessão da tarde sobre Devil May Cry 3
Cquote1.png Cadê as fotos da moça pelada? Cquote2.png
Leitor da Desciclopédia procurando hentai da Lady no artigo

Devil May Cry 3: Dante's Awakening (português: Três Demônios Podem Chorar), lançado em 2005 para Preistêcho 2, é o único jogo da série Devil May Cry que presta na cabeça dos fãs, melhor Devil May Cry que existe na opinião dos usuários de fóruns por aí. O jogo trata da juventude inconsequente de Dante, um jovem complexado e imprudente que, de acordo com os programadores, foi criado após dez rodadas de cocaína que resultou num jogo cheio de situações extremas, idéias bizarras e duelos no limite da compreensão humana.

Como a Capcom não sabia mais como roubar dinheiro dos fãs da série, para pagar pela cocaína, eles decidiram lançar uma versão especial do jogo enquanto se aguardava pelo Devil May Cry 4, e lançaram assim o Devil May Cry 3 Dante's Awakening Special Edition, e para atrair os nerds, decidiram tornar um novo personagem jogável. No entanto, como criatividade nunca foi o forte da Capcom, em criar um personagem do zero, ele simplesmente se limitaram a inserir Vergil com seu set-move.

Jogabilidade[editar]

Devil May Cry 3 é o que Devil May Cry 2 não foi. Um jogo divertido e bom. Ou seja, você controla um Dante mais malemolente e seu objetivo é matar qualquer coisa escrota que apareça se movendo na tela, seja usando espadões, escopetas ou pistolas. Como é um jogo para um público de acéfalos, é possível zerá-lo apertando um único botão através de todas as fases.

Pra quem pensava que o Dante não tinha estilo, ele tem seis nesse jogo: Trickster, uma técnica do correr pra caralho (aperte círculo); Swordmaster, que faz calor no inferno, é necessário um ventinho (aperte círculo); Gunslisher, uma bosta que não faz nada além de atirar (aperte círculo); Royalguard, que serve pra defender (aperte círculo); Quicksilver, pose de estátua (aperte círculo); Doppelganger (aperte círculo).

O jogo é o ápice das cenas ridículas, grotescas e não vale ressaltar mais do que isso... Diz-se em uma delas, Dante pisa sobre um foguete lançado por Lady (que incrivelmente aumentou de tamanho, tornando-se um míssil). Em outra, ele toca uma guitarra que na verdade é uma arma (minha nossa! me matem!). Ele toca como se fosse o Slash e bate com o instrumento no chão, simplesmente a coisa mais escrota e que poderia ser descartada, mas como os boçais fãs gostam de porcaria exageros, deixaram desta maneira...

Enredo[editar]

Dante performando em um de seus shows. Repare num fã em suas costas pronto para pedir um autógrafo.

Tudo começa quando Dante estava no banheiro batendo aquela punheta diária e depois de 11 meses sem chorar (pois ele pode chorar apenas uma vez por ano, durante o mês de Maio), ele estava iniciando sua angustia, tinha se banhado com água e ácido sulfúrico. E já preparava o cortador de pizza para cortar mais pizzas, quando na sua lojinha de exorcismo entra um homem que quer comer seu cu, deixando ali um convite vindo do seu irmão arrombado, Vergil. Dante é atacado por demônios, lá ele é furado, cortado, esquartejado e ensacado a vácuo! Mas como a Capcom queria impressionar os jogadores, ele se levanta do meio dos mortos, recompõe-se em velocidade inexplicável e espanca os demônios ao estilo Jackie Chan no filme Matrix.

Depois disso a loja de Dante veio abaixo, e ele ficou muito puto, pois seus CDs do Slipknot, Iron Maiden e Michael Jackson Metallica que ele tinha acabado de comprar foram destruídos. Pra variar Dante tem que brigar com seu irmão, Vergil, que acabou causando o caos na cidade por isso o entregador de pizza não viria.

E a história sai daí e não passa disso! Depois de uns segundinhos, Dante pega a espada e se vai pelo caminho, quebrando portas, janelas e bagulhos caros que ele poderia pegar pra ele para cessar com as malditas dívidas vendendo esses artigos. Então vem a empolgação de destruir coisas e matar demônios, mas quando você pensa que tem mais, a missão acabou!

Sem contar que tem umas missões extras (só para não deixar o Dante parado com a indução clara de ficar com vontade de entrar na tela, matar o jogador ou estuprar a jogadora, depende do sexo de quem joga)... Essas missõezinhas sacais também aparecem para que o jogador se incentive e de repente, fure com uma delas só pra ficar fulo da vida (como aquela bosta de missão extra em que Dante tem que ficar no ar durante 20 segundos! Pede pra mãe do criador do jogo voar durante 20 [email protected]##$#@!!!!PQP!!).

Fato é que ninguém faz ideia de como Dante arruma dinheiro naquela agência, pois no bairro onde reside não tem moradores, nem barraquinhas de cachorro quentes, nem mesmo aquelas crianças chatas e remelentas pedindo pra mãe delas comprar cachorro-quente. Na agência, que é uma espelunca, não existem ratos ou moscas. Nem as baratas gostam daquele bairro idiota. Porém, impressionantemente, o sujeito possui naquele lugar imenso instrumentos musicais caros, artigos de colecionador, couro de jacaré pendurado na parede e até mesmo uma mesa oficial de bilhar, o que custa hoje em dia cerca de 6 a 12 mil reais! E mesmo assim, continua endividado... Vai entender...

Não diferente dos outros jogos da série, nesse Dante tem também uma namoradinha que ele arruma ("namoradinha" na série Devil May Cry lê-se: "Mulher que fica atrás dele o tempo todo e ele está sempre pouco se fodendo pra ela, ou elas, não necessariamente nessa mesma ordem. Resumidamente, prefere as pizzas"). A única diferença dela para outras vadias da série é que Lady é uma garota bonita e decente (no jogo posterior passa a ser bonita e indecente... Além do fato de que dá para Dante no fim do jogo, ao contrário das outras).

No final Dante e Vergil tem uma batalha épica e Dante deixa seu irmão morrer de forma definitivamente idiota, Vergil se joga de um penhasco jurando vingança, pois perdeu a luta para o Dante. Mas Vergil sobrevive e luta no fundo do penhasco com Mundus, que possui o Vergil. Beleza.

Personagens[editar]

A aparência de Dante em seu poder máximo que dura 2.02 segundos (aquele mesmo em que você peida e já acabou!!)
  • Dante - O fodão protagonista da série e do jogo, mata todo mundo, porem como infelizmente ele é controlado por um asno você, claro que os chefões conseguem matá-lo milhões de vezes. É o filho de Sparda e uma gostosa desconhecida, irmãozinho do Vergil, carrega o colarzinho da mamãe e a espadinha do papai.
  • Lady - É a fêmea da vez, a única alma feminina humana que aparece no jogo, Dante não come ela porque esse jogo foi feito pensando nas crianças, o diretor desse jogo que não permitiu que Dante fizesse putaria com ela, por isso Lady foi parar na friendzone. Aparece no jogo apenas para o solitário do Dante ter quem chore por ele, e também pra emprestar a bazuca (Kalina Ann) que é boa pra atirar em demônios que estejam a pelo menos uns 10 centímetros de distância.
  • Jester - É o idiota palhaço sinistro do jogo, que é humilhado e leva um cacete do Dante o jogo inteiro até a hora que o careca está assistindo a briga. Eventualmente vira macho e derruba até o Vergil (grande bosta). Ele ajuda o Dante que bate primeiro e pergunta depois, a passar pelos desafios da torre.
  • Vergil - O vilão da parada. É um viciado em gel e tratamento capilar, ele é o irmaozão de Dante neto de Leônidas, filho de Esparta. Como todo bom chefão, primeiro vence, depois empata, depois perde. Mais uma vez nos deparamos com um jogo onde o vilão prefere virar emo e morrer, do que entrar pro clube dos convertidos.

Armas[editar]

  • Rebellion - Espada que corta, fura, masturba (só mulheres), espeta e mata.
  • Ebony & Ivory - As típicas pistolas que atiram, atiram, atiram, atiram e não mata.
  • Agni & Rudra - Espadas irmãs idiotas que não sabem entreter um convidado.
  • Cerberus - Nunchaku triplo vindo do cão.
  • Shotgun - A mesma bosta já conhecida do DMC 1 E 2.
  • Kalina Ann - Poderosíssima arma para matar coisas que estejam há 1 metro de distância.
  • Laser Gun - Nome auto-explicativo.
  • Spiral - Arma gigante que causa estragos ainda menores... WTF?
  • Nevan - Vampira deliciosa, digo guitarra.
  • Beowulf - Um soco inglês endiabrado.
v d e h
Devil-may-cry-logo.png