Diário do Povo (China)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


O Diário do Povo noticiando ao mundo aquilo que mais trabalha na China.

Não confunda com o Diário do Povo dos paulistas, meu!

Diálio du Povu (em chinês: 人民日报, pinyin: Rénmín Rìbào) é um jornal e meio de comunicação da China, né? No caso dele, se tornou o mais popular pelo fato de usar uma linguagem chamada chinês simplificado, que faz com que os desenhinhos, ops, ideogramas, antes feitos apenas por profissionais altamente qualificados e totalmente detalhistas ao extremo, fossem substituídos por formas desenhadas por bebês de 6 meses, ajudando e muito quem deseja aprender mandarim e não consegue devido à complexidade bizarra de desenhar as letrinhas.

Foi publicado pela primeira vez em 15 de junho de 1948, em Pingshan, Hubei, mas desde 1949 foi sequestrado pelos comunistas para Pequim, onde está até hoje e se tornou um jornal feito apenas para enaltecer o deus Mao Tsé-Tung e o semi-deus Deng Xiaoping, e nada mais de útil. Ok, melhor dizendo, nada mais. Esqueçam o útil, afinal divulgar sobre esses dois gordos não é nada útil. Durante a Involução Cultural, o jornaleco promovia lavagem cerebral sem tamanho na população, enchendo-os de notícias fantasiosas que "fora de Mao não há salvação" (???) e baboseiras do tipo.

A partir dos anos 90, entretanto, teve dificuldades e problemas por conta de jornalecos concorrentes e também porque o próprio governo, que anda arregando nos últimos anos um pouquinho do seu radicalismo vermelho contra o malvado capitalismo, sabe que continuar falando merda do sistema capitalista é morrer de fome. Assim, o jornal teve que inovar, tanto usando-se de páginas na internet para melhor comunicação com o povo, quanto através de uma reforma fabulosa no prédio, mostrando algo interessante que é presente na filosofia chinesa: "Céu redondo, terra quadrada".

É de um bom gosto tão grande que eu ainda não entendi o motivo que estão tirando sarro do prédio, eu heim, gente inútil igual ao criador desse artigo...

Ver também[editar]

Rugal mandou uma cartinha para este artigo.
Gaste todas suas fichas para tentar derrotá-lo!
v d e h
Jornais mais mentirosos do Brasil e do Mundo
link={{{3}}} Amazonas: Portal do Holanda - Portal A Crítica
link={{{3}}} Bahia: A Tarde - Correio da Bahia - Tribuna da Bahia

link={{{3}}} Ceará: Diário do Nordeste - O Povo
link={{{3}}} Distrito Federal: Correio Braziliense - Jornal de Brasília
link={{{3}}} Minas Gerais: Estado de Minas - Gazeta de Uberlândia - Hoje em Dia
link={{{3}}} Paraná: Gazeta do Povo - Folha de Londrina - Tribuna do Paraná
link={{{3}}} Pernambuco: Aqui PE - Diário de Pernambuco - Folha de Pernambuco - Jornal do Commercio
Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro: Jornal do Brasil - Jornal O Dia - Folha Universal - Meia Hora - O Globo - Tribuna da Imprensa - Extra
link={{{3}}} Rio Grande do Sul: Zero Hora - O Pioneiro - Gazeta do Sul - Correio do Povo - Diário Gaúcho - Diário de Santa Maria - Diário Popular - O Sul - Jornal do Comércio - Jornal Agora - A Razão
link={{{3}}} Santa Catarina: Diário Catarinense - Hora de Santa Catarina - Jornal de Santa Catarina - O Estado
link={{{3}}} São Paulo: Jornal Primeiramão - Notícias Populares Agora São Paulo - Correio Popular - Diário do Povo - Folha da Tarde - Folha de São Paulo - O Estado de São Paulo - Jornal da Tarde - Diário de São Paulo - Gazeta Mercantil - Valor Econômico - Bom Dia - Diário do Grande ABC
Bandeira de Portugal Portugal: Correio da Manhã - Diário de Notícias - Jornal de Notícias - Público
Internacionais: Charlie Hebdo - Clarín - Corriere della Sera - Daily Mirror - El País (Espanha) - El País (Uruguai) - La Nación - Le Figaro - Le Monde - Los Angeles Times - New York Times - Pravda - The Sun - Washington Post - Yomiuri Shimbun - Asahi Shimbun - Diário do Povo (China) - Izvestia - Mainichi Shimbun - Sankei Shimbun - Bild - La Repubblica - Eleftherotypia - Hürriyet - Zaman - De Telegraaf - Aftonbladet - Helsingin Sanomat - The Daily Telegraph - The Guardian - The Times - Rossiyskaya Gazeta