Diogo Vilela

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Diogo Vilela é um humorista, comediante tanto faz, qual a diferença entre ambos. Diogo é também ator, tentou ser um ator sério mas não foi bem pois tem uma cara "gozada". Uma das páginas negras em sua biografia foi quando todos os leitores da G-magazine ou qualquer outra revista maluca que resolveu publicar as fotos, fotografaram um "ensaio nu artístico" dele e de Miguel Falabella, que já tem um histórico meio sujo...

Infância[editar]

Ele é Gay, não é azar. Fato.

Desde pequeno, já dava sinais do que ia ser quando crescer: ele amarrava uma toalha na cabeça e pegava um lençol como vestido e cantava pela casa como se fosse a Helga de uma ópera qualquer já que toda ópera tem sempre uma helga como protagonista. Enfim, só faltava ele por batom na boca e usar a maquiagem da mãe.

Ele iria fazer isso na adolescência, mas com um tamanco. O resultado foi a "Priscila a rainha do deserto" e que posteriormente, caiu tão bem nele, que ele fez algumas aparições como a rainha do deserto. Diogo não queria ser médico, ele queria ser atriz, ou "atora" por suas próprias palavras.

A família guarda em segredo um vídeo dele em que ele faz isso e logo em seguida beija na boca o primo. São lembranças embaraçosas... Mas ninguém quer ver um vídeo de 30 anos atrás com o Diogo Vilela quando se pode ver suas gafes atuais.

Carreira[editar]

Começou cedo pois ele perseguiu seu sonho de ser "atora". Ele começou em uma novela da globo aos 12 anos e ele podia participar da Globo e da novela se... Ele vendesse sua Alma para a Globo! MWAHAHAHAHAHA! cinco anos depois ele já era um ator profissional e totalmente consciente de que "atriz" era algo para mulheres e nem um pouco Macho.

Mas Diogo achava esse termo "ofensivo" por isso nunca usa ele, também depois de todas as gafes e pelo passado obscuro...

Ao menos ele conseguiu muitos prêmios e fama (dinheiro não é bem provável pois Bill Murray podia ter até uma mansão mas depois o confundiram com um zumbi por causa do trabalho que ele tinha feito para adquirir a mansão) justamente aos 17 anos. Enfim, ele foi crescendo e só em 1996 sua carreira estourou quando ele fez uma participação meio apagada em um negócio chamado Metralha.

A carreira dele próspera desde então, justamente depois daquele Toma Lá da Cá que lhe custou uma noite trancado no armário de Miguel Falabella para conseguir o papel.

Polêmicas[editar]

Apesar da vida dele ser uma polêmica, o termo correto devia ser deslize. Afinal, ele desliza mais no quiabo do que Cardano, aliás ele só pode ser a encarnação desse pobre coitado que só assim para ser tão azarado... Ou Gay. Enfim, a maior de todas foi o "ensaio nu" para uma revista qualquer, fotos disponíveis no google imagens, Eu não tive coragem de desativar o "safe search" mas se você for Gay e corajoso o suficiente...

Agora no fim do artigo, sabemos hoje que Diogo não tem nada do que se envergonhar já que ele é Gay mesmo e rolou sim algo entre o Miguel Falabella e aquele armário.