Distrito de Brčko

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Plano traçado tanto pela Federação da Bósnia e Herzegovina como pela República Sérvia para conquistar o Distrito de Brčko (o negócio verde no mapa).

Cquote1.svg É meu! Cquote2.svg
Bósnio sobre Distrito de Brčko
Cquote1.svg Não, é meu! Cquote2.svg
Sérvio sobre Distrito de Brčko
Cquote1.svg Errado, é meu! Cquote2.svg
Eu sobre Distrito de Brčko

O Distrito de Brčko é um distrito qualquer que fica na Bósnia e Herzegovina. Aparentemente é mais um lugarzinho insignificante até mesmo para os próprios bósnios. Mas o local ficou tão importante (pelo menos para o país) que virou uma região diferenciada. Isso porque os bósnios e sérvios que moram na República Sérvia disputavam tanto esse pedaço minúsculo de terra que tiveram que torná-lo um distrito diferenciado.

História[editar]

A história de Brčko teve início quando os bóstios e os empregádios faziam uma partida de Counter Strike ou Medal of Honor, não me lembro. Só se sabe que os caras jogavam algum jogo de guerra entre si.

Ambos os lados disputavam um território muito importante tecnicamente para a vitória de todos os jogadores. Esse território disputado e "importantíssimo" era um pontinho extremamente pequeno no mapa, que depois se tornaria o Distrito de Brčko.

Um dia pacífico e harmonioso em Brčko.

Quem conquistasse Brčko ganharia como bônus as armas mais poderosas do jogo, que acabariam com qualquer adversário, não importa a força deles. As armas eram tanto sonoras, utilizadas para atordoar e surdar o adversário (como CDs de funk, pagode, RBD e High School Musical); como também havia armas de fogo (Minigun, escopetas, fuzis, etc).

Mas a batalha demorava demais, o que irritou os outros jogadores. Para acabar de vez com a partida, foi determinado que o território disputado seria dividido entre bósnios e sérvios. Como eles mesmos estavam cansados depois de 42 horas seguidas de jogo, ambos concordaram com a divisão.

Desde esse dia em diante Brčko surgiu e todo mundo ficou feliz para sempre. Ou melhor, esquece a parte do feliz para sempre. Mesmo com o fim da partida, sérvios e bósnios querem fazer outro jogo para definir quem será o verdadeiro dono de Brčko.

Por causa disso, Brčko é um dos lugares mais violentos da Bósnia, superando o resto do país e alcançando o feito inacreditável de ser um lugar tão perigoso quanto o Rio de Janeiro. Enquanto não está decidido se o distrito continua dividido, se ele fica com os bósnios ou com os sérvios, seus moradores organizam uma nova partida no Polystation para resolver o impasse, dessa vez sem acordos feitos para enrolar.