Doping

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Toppo-neon.png Doping usa esteroides anabolizantes!

Isso explica porque tem músculos enormes, voz grossa pra caralho,
pinto pequeno e nenhum cérebro.

Efeitos do uso de doping.

Cquote1.png Eu não tomo asteróides! Cquote2.png
Sylvester Stallone sobre dopping e seus efeitos
Cquote1.png Aquela maconha era só para relaxar... Cquote2.png
Michael Phelps sobre dopping
Cquote1.png O médico que me receitou isso. Só queria perder uns quilinhos. Cquote2.png
Daiane dos Santos sobre ser flagrada no anti-dopping
Cquote1.png Eu jamais tomei bombas. Isso que tenho é de família. Cquote2.png
Rebeca Gusmão sobre suas características masculinas peculiares

O Doping[1], termo proveniente do latim dopare, embebedar, é um termo utilizado no esporte para se referir ao uso de substâncias alegadamente proibidas[2] para atletas, que muitas vezes as usam a fim de poder se aproveitar dos benefícios das referidas substâncias.

História[editar]

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...qualquer atleta que seja pego no antidoping se fode lindamente?

A utilização de substâncias para melhorar o condicionamento físico, a força e a massa muscular é conhecido desde os tempos pré-Dercyanos bíblicos. A passagem onde Salomão Davi (que era aspira a rei) mata o gigante Golias[3] com uma biribinha atômica pedrada só poderia ser obtida por meio de dopping, posto que é impossível que um tampinha feito Davi conseguisse vencer um gigante de 10 acres[4] de área. Mas o fato é que ele conseguiu, e o dopping foi fundamental para isso. E o uso desta prática é reconhecida e recomendada em inúmeras partes da história.

Reza a mitologia grega que Afrodite, as deusa dos afrodescendentes do amor, premiou Hipômenes com três maçãs[5], para que o mesmo pudesse vencer a corredora Atalanta em uma prova. Ele amava a corredora, e pediu auxílio à deusa que trouxe a pessoa amada em dois dias. Como Hipômenes era um verdadeiro pé de mesa, já é de se imaginar que ele recorreu à deusa e ela recorreu ao doping para fazê-lo vencer a corredora e ainda comê-la casar com ela. Mas o fato é que, se não fosse o doping, ele jamais teria vencido Atalanta (ou não).

Largando histórias, mitologias, contos infantis e outras histórias para você boi dormir, é fato que muitos casos de doping ocorreram na história. Muitos mesmo. Tantos, que os especialistas já até perderam a conta. Como já era de se esperar, NÃO vou falar sobre nenhum desses casos[6], já que não sou formado em história e muito menos um vagabundo historiador. Se você deseja saber, nada que uma boa procura no Google não faça, ou não. Obviamente, todos os atores musculosos de Hollywood são tratados a anabolizantes (vulgas bombas), o que se configura num caso de dopping cinematográfico.

Doping no esporte[editar]

Arnold Schwarzenegger no auge de sua forma física durante o uso de dopping.

Como qualquer um já deve imaginar, o doping foi largamente utilizado no esporte, para que os atletas conseguissem melhores performances e resistência perante os outros inimigos competidores[7]. Por se tratar de vantagem desleal, imediatamente abominou-se o uso destas substâncias, mas por muito tempo não houve nenhum controle, e uma infindável leva de sem costumes ganharam medalhas e quebraram recordes por meio desta prática.

Com o passar do tempo, as Olimpíadas começaram a ser encaradas seriamente e começaram a ser impostos métodos duríssimos (Ui!!!) de análise e fiscalização antidoping. Qualquer fanfarrão que desse uma de apelão, teria de pedir pra sair ou conheceria a vassoura. O Comitê Olímpico Internacional pegou o nabo de fazer a fiscalização e atualmente todos os atletas são intimados obrigados a fazerem exames de sangue regularmente. Se o exame detectar alguma coisa... ZIVUDEU!!!!

Caso um atleta tenha sido pego de quatro no antidoping, irá ser julgado e poderá vir a sofrer punições variáveis, desde 50 chibatadas[8] em praça pública até o banimento definitivo do esporte, punição esta geralmente aplicada para os casos de reincidência no doping, coisa que é muito bem feita.

Substâncias[editar]

Dentre as mais de oito mil substâncias condenadas e banidas da utilização por esportistas em atividade, elas podem ser agrupadas em grandes grupos ou não dentre estes grupos estão:

  • Diuréticos: substâncias principalmente utilizadas para mascarar o peso dos atletas em provas de peso regulamentado, os diuréticos são uma excelente opção para os sem costumes que não tem vontade de malhar e transformar a banha em músculos. Dessa forma, perdem água, diminuindo o peso e o ajustando para poderem competir. Depois de se reidratarem, voltam ao que eram antes[10].
  • Aceleradores do metabolismo: atuam da mesma forma como os diuréticos, mas estes tem o objetivo de queimar a banha toda do indivíduo. Geralmente são muito difundidos no Brasil e muito conhecidos pelas marcas Coscarque, Redux San, Fine Plus[11] e inúmeras outras denominações. Daiane dos Santos foi pega no antidoping, por ter ingerido coscarque. No entanto, ela alegou que se tratava de um medicamento para inchaço. O Comitê Olímpico rejeitou a defesa da moça, pois tratamento de inchaço de gordura é proibido pelo regulamento olímpico.

Ver também[editar]

Notas[editar]

  1. O termo foi adaptado do latim para o inglês, e depois novamente para o português, no que se resume numa suruba linguística.
  2. Quem regulamenta essas proibições é o Comitê Olímpico Internacional, logo, pode-se esperar qualquer coisa deles (qualquer coisa MESMO).
  3. Aqui nos referimos ao gigante, e não ao comediante.
  4. Atualmente considera-se este termo como unidades acrianas de área.
  5. Eram três maçãs de ouro, o que prova plenamente o uso delas a fim de distrair a corredora, já que mulher ama ouro.
  6. E você acha que existe algum registro histórico disso?
  7. Esses motivos são mais do que óbvios.
  8. Caso o evento olímpico ocorrer em um país árabe.
  9. Assim como a testosterona e seus semelhantes, tem efeitos semelhantes ao Lico de Cair Pinto.
  10. Como todo mundo sabe, diuréticos não eliminam a banha.
  11. Se você nunca ouviu falar nesses nomes, assista o Ratinho por cinco minutos.

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Doping no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg