Eagle-Eye Cherry

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Stockholm(1).jpg STOR SVENSK KUNGARIKE!!

Este artigo é sueco! Foi embalado pela Tetra Pak, dirige um Volvo e tem um Ericsson. O autor deve ser um DJ loiro holmiano que financia a Fundação Nobel e come pyttipanna com mostarda.


Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!


Emblem-sound.svg.png Eagle-Eye Cherry
Eagle-Eye Cherry.jpg
3X4 da identidade
Nome Eagle-Eye Lanoo Cherry
Origem Estocolmo, Bandeira da Suécia Suécia
Sexo Quando há tempo... Masculino
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Guitarra
Gênero Rock
Influências Os negócios de família
Nível de Habilidade Alto
Aparência Lenny Kravitz
Plásticas Nenhuma
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Vento.gif
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Don Cherry e Neneh Cherry, negócios de família
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Eagle-Eye Cherry.

Babel fish.gifTraduzindo: Cereja Olho de Águia
Babel Fish sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png Você quis dizer: Neneh Cherry Cquote2.png
Google sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png Você quis dizer: Lenny Kravitz sueco Cquote2.png
Google sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png Você quis dizer: Storm Eagle-Eye Cherry Cquote2.png
Google sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png CUNHADÃO! Cquote2.png
Youssou n' Dour sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png Um sueco negão. Já posso dizer que já vi de tudo... Cquote2.png
Você sobre Eagle-Eye Cherry
Cquote1.png Sua vida agora é minha! Cquote2.png
Neneh Cherry sobre Eagle-Eye Cherry

O IRMÃO DA NENEH CHERRY EAGLE-EYE LANOO CHERRY, também conhecido como EAGLE-EYE CHERRY, um nome muito estranho se tratando de um cantor, pode ser considerado uma anomalia da natureza: é um sueco negão. Sim, da Suécia, um país onde só existe uma forma de gente: loiro dos olhos claros. Isso pode ser explicado por ele ser filho de Don Cherry, um Jazzista, com uma loira sueca ninfomaníaca bissexual que queria dar muito para um negão (por que será que filmes pornô me vieram a cabeça?)

Nascido em Estocolmo, em 7 de maio de 1971, é o caçula de Neneh Cherry que, mesmo com “Neneh” no nome, ela não tem nada de nenê, ela é até mais velha, o que quer dizer que Eagle foi fadado a ficar só com o refugo da irmã mais velha e famosa..

O Começo:[editar]

Os irmãos

Como o pai dele era um jazzista que deixou Serra Leoa em troca de dinheiro em um lugar onde o jazz original (leia-se cantado por negro) não existia, sua infância foi muito boa regada a cereja olho de águia em seu iglu.

Por ser o caçula, era ele o sacaneado pela irmã Neneh, ou seja, horas à fio de piadas sem graça e situações constrangedoras, talvez, o mais constrangedor para ele foi ver a irmã iniciar a carreira antes.

Sempre sonhou em, pelo seu nome, ser um integrante do Gachaman, mas, nunca daria certo.

Como as brigas eram muito corriqueiras, os pais deles os mandaram a uma escola interna nos Estados Unidos, já que até o governo sueco interveio, temendo que as brigas pudessem destruir seu país (conservadores dizem que isso foi manobra racista), assim, se separando de sua irmã por algum tempo.

Na escola, um tanto diferente, existiam aulas de artes, onde Eagle aprendeu a atuar, cantar e fazer coisas que já deveria saber por causa da árvore genealógica. E já estava muito atrasado: quando ele fugiu da escola, a irmã já estava muito a frente dele.

A Carreira:[editar]

Imitando o Questionador e perguntando: Cquote1.png POR QUE NÃO FAZEM MAIS MÚSICAS COMO ANTES? Cquote2.png
É o Lenny Kravitz? Não! É o Eagle-Eye Cherry

Assim que conseguiu sua independência, visando seu nome, foi ao Japão tentar uma vaguinha em Jetman, mas, como águias não estavam nos planos da organização da série, não conseguiu o emprego. Voltando ao Grande Satã, foi atuar em South Bitch Beach, mais uma daquelas séries que mostram patricinhas e mauricinhos que acham que cabeça só serve pra usar chapéu e boné, onde, por ser modismo na época, conseguiu um sucesso mais ou menos.

No ano seguinte, Youssou n' Dour estava procurando alguém que o ajudasse em sua conspiração de aplicar Golpe de Estado no Senegal, assim, após vê-lo cantando nos bastidores da série, o chama para isso, para conmpor o hino do que ele estava querendo, mas, 7 segundos depois, ele estava lá cantando com sua irmã, o deixando sem contrato e sem nenhuma participação no plano. E ainda Youssou virou o cunhado dele.

Sem merda nenhuma e de saco cheio de ter o tapete puxado, volta para Suécia, para chorar no colo da mãe e desenrolar com o pai uma grana para gravar seu próprio álbum, sem ajuda de ninguém e sem rabo preso a gravadoras. Por não ter o rabo preso assim, o álbum não vingou muito. O álbum só vendeu no bairro dele, pelo menos, suas músicas ficaram no Top 50 dessa rádio.

No ano seguinte, uma gravadora resolve investir no Eagle. O motivo? O dono dela é irmão mais novo e sabe da dificuldade disso. Resolve homenagear aquela cantora tcheca (Ui!) que canta em francês e que enganou o mundo com isso, com todos achando que ela era uma banda francesa. A estratégia de Eagle era parecida: achar que Eagle-Eye Cherry era uma banda americana, cantando em inglês, quando se trata só de um sueco cantando em inglês.

A estratégia deu certo: bem, pelo menos, “Save Tonight” fez muito sucesso, onde ele se aproveitou do fato de ser um pouco parecido com um mendigo e usou isso no clipe. Assim parou de ser conhecido como “O irmão de Neneh Cherry”

Famoso, ficou 2 anos sem fazer nada, até que foi convidado para cantar pro Santana, que sempre chama alguém para canja porque admite que não sabe cantar, assim, a série o álbum Supernatural, e assim, esse álbum, que previa o surgimento de uma série homônima em 2005, ganha mais uma canja.

No ano seguinte, foi intimado a ir para o espaço só para dizer que estava apaixonado e reclamar disso, a NASA estava querendo estudar uma pessoa apaixonada. Em troca, eles financiaram o 2º álbum do cantor, e assim ele saía da inércia e vencia sua primogênita nas paradas, até porque ela estava muito “ocupada” com o Youssou.

Como já era um cantor consolidado, desistiu de atuar, até porque, só quem consegue conciliar é inglês e americano, e como ele não era nada disso...

Após salvar a noite e iro pro espaço (literalmente), só gravou mais 2 álbuns, fez um álbum ao vivo com mash-ups de músicas de Live e Simple Minds (Live and Kicking) foi intimado pelo Grande Irmão a tocar no BBB 10, sua irmã voltou às paradas e, agora sim metaforicamente, foi pro espaço.

Raio X:[editar]

Álbuns:[editar]

  • Sem Nenhum Tesão: Ele estava desanimado, na vala, sem vontade de fazer nada, e resolveu gravar esse álbum, usando o nome de uma banda francesa uma cantora tcheca, pensando na estratégia de passar a perna nos fãs. Deu certo, assim, conseguindo vários fãs da sua irmã (1997);
  • Vivendo no Presente do Futuro: Um grande paradoxo: o presente do futuro é o nosso futuro. Na verdade, Eagle só queria mostrar que sabia conjugar verbos no futuro do presente, que esse sim é o nosso futuro de uma forma bem mais clara. Álbum financiado pela NASA e lançado sob o temor do Bug do Milênio (2000);
  • Sub Rosa: Retrata uma rosa que estava abaixo de outras rosas: uma rosa que não era vermelha (se a rosa é vermelha, por que é o nome de uma cor que precisa do branco pra virá-la?), mostrando como ela sofria preconceito por outras rosas (2003).

Hits:[editar]

Sendo vigiado pelo Grande Irmão
Kimi Räikkönen still having fun
  • Salve Hoje a Noite!: A música poser. A noite estava um tédio, precisava de alguém para salvá-la! Eis que aparece um mendigo e faz isso para ele.
  • Se Apaixonando de Novo: Sob intimação da NASA, que queria estudar pessoas apaixonadas, então, ele foi pro espaço, literalmente pela missão, e metaforicamente por estar apaixonado;
  • Lágrimas Permanentes: Fala de choros, como o das sereias, de torcedores do Sport, achando que a Copa União é deles, atraíndo a solidariedade de babacas e tantos outros choros da história;
  • Miss Fortuna: Foi jurado m um concurso de Miss só para mulheres ricas, ou seja, ao contrário do Miss Universo, inteligência passa longe...
  • Paraíso: Após Bryan Adams dizer que se sentia no paraíso com o amor que era tudo o eu ele quis e o Live dizer que não precisava da ninguém para saber como a bagaça funcionava, ele dá suas impressões, mesmo contra a vontade e Ed Kowalczyk;
  • Não Desista: Após Rick Astley dizer que nunca desistiria de você e acidentalmente inventar uma pegadinha, é a vez de Eagle falar para você não desistir dele porque ele ficará 10 anos sem lançar nada e ser um museu: vivendo do passado.