Engenharia de pesca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Engenharia de Pesca)
Ir para: navegação, pesquisa
Limite.jpg Este artigo é engenheiro!

Ele é mais importante que você, ganha muito mais grana que você e faz você feliz, então não vandalize!

NewBouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Engenharia de pesca.
Ex-aluno de engenharia de pesca depois de formado, exercendo sua profissão.

Cquote1.png Você quis dizer: Pescador Cquote2.png
Google sobre engenheiros de pesca
Cquote1.png Eu sei pescar e nem precisei de curso superior pra isso Cquote2.png
Pescador sobre engenharia de pesca
Cquote1.png O que faz um engenheiro de pesca? Cquote2.png
Estudante de engenharia de pesca sobre sua futura profissão
Cquote1.png Isso é engenharia? Cquote2.png
Estudantes de engenharia civil, elétrica, mecânica e outras sobre engenharia de pesca

A Engenharia de Pesca é mais um daqueles 6.02 × 1023 ramos da engenharia que ninguém sabe como surgiu, para que serve e o que faz. Alguns acham que o curso te ensina a arte de pescar peixes, outros acham que na verdade você não aprende porra nenhuma lá. O fato é que não é necessário fazer uma faculdade para aprender a pescar, e só um idiota gastaria 5 anos da sua vida aprendendo algo que pode ser aprendido em 1 dia.

O que faz[editar]

Já te disse que ele não faz nada! Segundo fontes fiáveis, um pescador engenheiro de pesca é responsável pelo cultivo, captura, industrialização, beneficiamento, planejamento, produção e gerenciamento da diversidade de organismos biológicos aquáticos vivos ou não.

Cquote1.png Não entendi Cquote2.png
Você sobre o embromation acima

Ele é o cara que pesca os peixes.

Cquote1.png Agora entendi Cquote2.png
Você

Importância para a sociedade[editar]

Tumbleweed01.gif

Mercado[editar]

A engenharia de pesca proporciona o aproveitamento máximo da pesca. Na foto, professor ensina como pegar o maior número de peixes poluindo um rio.

O pescador engenheiro de pesca, depois de formado, se fode lutando pelo seu espaço no mercado de trabalho, já que de pescadores o Brasil está cheio. Tudo bem que o cara estudou durante 5 anos várias técnicas de pesca, mas o que adianta se um pescador analfabeto tem mais experiência que o cara por ter pescado a vida toda?

Além disso, para piorar, o IBAMA vive impondo períodos de defeso, e por isso o cara não tem como trabalhar por vários meses. Nessa época, o trabalhador sobrevive com o Bolsa Família que o governo oferece aos pescadores engenheiros de pesca que não podem trabalhar. Por isso, o curso é uma ótima escolha para quem não quer trabalhar, e sim viver do auxílio do governo.

Grade curricular[editar]

Nos primeiros anos, as matérias do curso são as mesmas de qualquer engenharia (cálculo, física, etc). A diferença é que para um outro engenheiro essas matérias são importantes, enquanto para um aluno da pesca é desnecessário. Afinal, ninguém precisa saber Geometria Analítica para arremessar um anzol na água. Também há matérias relacionadas à biologia, para encher linguiça e preencher a grade curricular.

Depois de muita enrolação, finalmente começa a parte prática do curso. O aluno aprende criativas e inovadoras técnicas de pesca, como a da vara e anzol, a da rede de arrastão e a do carbureto na água. E ainda tem acesso a novas maneiras de conservar o pescado, como adicionar sal ao peixe. Resumindo tudo, o aluno conhece o que tem de moderno e eficiente no que se refere ao aproveitamento dos recursos aquáticos.

Ver também[editar]

Refe2.jpg
As milhares de engenharias do mundo
v d e h

Engenharia Aeronáutica - Engenharia Agronômica - Engenharia de Alimentos - Engenharia Ambiental - Engenharia de Aquicultura - Engenharia Automotiva - Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia - Engenharia Cartográfica - Engenharia Civil - Engenharia da Computação - Engenharia da programação - Engenharia de Controle e Automação - Engenharia Elétrica - Engenharia Física - Engenharia Florestal - Engenharia Genética - Engenharia Hidráulica - Engenharia Improvisacional - Engenharia Industrial - Engenharia Madeireira - Engenharia de Materiais - Engenharia Mecânica - Engenharia Mecatrônica - Engenharia Metalúrgica - Engenharia Militar - Engenharia de Minas - Engenharia Naval - Engenharia Nuclear - Engenharia de Pesca - Engenharia do Petróleo - Engenharia de Produção - Engenharia Química - Engenharia de Segurança do Trabalho - Engenharia de software - Engenharia de Telecomunicações - Engenharia Sanitária - Engenharia Têxtil