enjoei

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Você quis dizer: Estelionato Cquote2.svg
Google sobre Enjoei
Cquote1.png Experimente também: Mercado Livre Cquote2.png
Sugestão do Google para Enjoei
Cquote1.svg Se não tem competência, que não faça concorrência. Cquote2.svg
Mercado Livre sobre o site
Cquote1.svg Este número não existe. Cquote2.svg
Telefônica sobre o número de contato com a empresa
Cquote1.svg Esse produto já foi vendido. Cquote2.svg
Vendedor sobre oferta no Enjoei

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o comportamento de empresas como a mantenedora do Enjoei é um dos fatores preponderantes em favor do comércio eletrônico no Brasil ter tido um sucesso bem abaixo do potencial?

Enjoei, também conhecido como Enjoei.com.br é um site voltado a hipsters e moçoilas com a intenção de fazer a intermediação de vendas online, no bom e velho estilo do já famoso Mercado Livre, mas trazendo menos segurança que o Olx para seus eventuais negociantes, dado que no Olx ao menos você não é forçado a se cadastrar para ver as supostas ofertas presentes no site.

Se trata de um negócio virtual tratado sem o menor zelo por parte dos mantenedores da plataforma, para o desespero de compradores e vendedores que utilizam-se da plataforma, que negociam completamente as escuras sem saber se vão receber o produto ou mesmo o dinheiro pago pelo mesmo.

Modelo de negócios[editar]

Típico vendedor do Enjoei alertando dos riscos da plataforma.

O modelo de negócios da empresa se baseia numa tentativa FAIL de copiar o modelo de negócios bem sucedido #SQN utilizado pelo Mercado Livre e por outros grupos que foram incorporados pelo mesmo, tais como o Arremate.com e o Lokau, que eram sites com o mesmo modelo de negócios lá pelos idos de meados da década de 2000 e que no fim acabaram incorporados a plataforma do Mercado Livre da forma mais porca possível.

Só que como diferencial para se mostrar como algo mais confiável que o ML para os incautos, a empresa de fundo de quintal se baseia na utilização de modelos e de fotos para atrair as patys de isca para o espaço, que em teoria funcionaria como um brechó virtual, mas na prática nem sequer funciona adequadamente como tal.

Público-alvo[editar]

O público-alvo da Enjoei seria o pessoal de classe média e média alta que adora se pagar de a favor da ecologia e do consumo sustentável, sendo que tal público, que no geral está disposto a pagar bem por coisas velhas, digo, vintages, é o maior foco de interesse de tal site.

Para tornar o espaço mais atraente, se usa de fotos de modelos bonitinhas pra dar uma enganada nos trouxas em geral, que acham que estão se dando bem em negociar em tal site, apesar de não estar.

Tratamento com compradores[editar]

O tratamento com os compradores é um destaque da plataforma, sendo que para você ver qualquer anúncio você é forçado a se cadastrar e induzido a fazer o pagamento da compra o mais rápido possível, mesmo que o produto já tenha sido comprado por outra pessoa e por leniência o site não tenha deixado o anúncio em suspenso.

Depois disso, o comprador depende da sorte na hora de recebimento do produto, dado que o site não tem o menor controle do que está sendo negociado e daí a guria retardada que eventualmente tiver comprado um kit de maquiagem pode receber uma saia jeans por exemplo.

Enquanto isso se amontoam pedidos de pagamento e de devolução de valores que no geral nunca são pagos aos reclamantes, sem contar que em caso de eventual devolução, o comprador além de ficar no prejuízo com o produto, ainda fica no prejuizo com o frete de devolução.

Tratamento com vendedores[editar]

Se você pensou que com os vendedores o tratamento seria melhor: PENSOU ERRADO.

Os vendedores tem debitados no valor uma comissão de 20% do valor de venda do produto mais uma taxa adicional de até 10 reais pra efeitos de intermediação.

Mas isso é só quando recebem alguma coisa pelo produto, dado que em alguns casos eles sequer chegam a ver a cor do dinheiro, tendo de reclamar com um suporte que não existe por parte do site, criado na base do abandono e mantido na base de scripts responsáveis por respostas automáticas destinadas a manter as aparências de que está tudo funcionando nos conformes.

Recomendações[editar]

Passe longe desse site, seja para comprar ou para vender qualquer coisa que seja e se possível prefira uma plataforma menos arriscada, como a do Mercado Livre por exemplo, que apesar de ser bem cringe e priorizar a divulgação de lojas de comércio já estabelecido de marcas famosas, ao menos vai ter um pouco de transparência com você ou não.