Entrega em domicílio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mensagem Cilada.jpg


Cquote1.png Experimente também: SEDEX Cquote2.png
Sugestão do Google para Entrega em domicílio
Cquote1.png Ô professor Pascúale, me tira uma dúvida? É Entrega a domicílio ou entrega em domicílio?? Cquote2.png
Um sujeito com dúvidas quanto a gramática
Entrega em domicílio, tele entrega ou delivery é um sistema de entregas de mercadorias, documentos e serviços responsável pelo surgimento de uma das maiores pragas da humanidade, o motoboy.

Início[editar]

Delivery de caprinos.

Antes de 1900 e motoboy, para se comprar algo era preciso ir até uma loja. O serviço era simples. Você decidia o que desejava comprar, procurava em um uma lista telefônica ou perguntava ao vizinho sobre uma loja do ramo, pegava seu carro, um ônibus ou táxi, ia até a loja e comprava. Pegava o mesmo tipo de transporte (ou não) e voltava para casa.

Com o serviço de delivery tudo ficou mais fácil. Agora basta buscar a empresa na internet, fazer a compra por lá mesmo, ou dar um telefonema para encomendar uma pizza, comida chinesa, ingressos para um show, jogo de futebol, produtos farmacêuticos, produtos de sex shops, passagens aéreas, pamonha, ervas medicinais, bovinos, ovinos, equinos e caprinos.

Recentemente no Oriente Médio inalgurou-se um serviço de delivery de banhos, visando atender a demanda e ao mesmo tempo economizar água. Houve uma proposta para implantação do mesmo serviço na França, mas a empresa considerou economicamente inviável devido ao baixo índice de interesse (em resposta a uma pesquisa) pelo serviço.

Profissionais de entrega a domicílio[editar]

Delivery de isopor

Entregas a domicílio são feitas massivamente por motoboys, mas também podem ser feitas por office boys, cicloboys, autoboys, aeroboys (não confundir com aeromoça), gogo boys, playboys, cowboys e até mesmo bois.

Problemas com a entrega a domicílio[editar]

Uma das principais reclamações de quem compra para entragar em domicílio é a não entrega do produto comprado. Um exemplo clássico disso é o delivery de comida chinesa. Alguns clientes só descobrem que o frango xadrez não é frango quando abrem o biscoito da sorte.

Outra reclamação frequente é dos consumidores de acompanhantes a domicílio. O Procon registra queixa de clientes que receberam o produto com o prazo de validade vencido, com o lacre rompido, em péssimo estado de conservação, ou não atendendo as especificações apresentadas na embalagem.