Eurythmics

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da Inglaterra.png GOD SAVE THE DESCIC£OPEDIA!!

The Merlim's Order First Class garante que este artigo é 100% inglês. Ele é industrializado, casto, vitoriano e tem a aprovação de Câmara dos £ordes.

The £ondon Royal British Association of England vigia este artigo.
Vento-bandeira 1.jpg
Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Eurythmics
Eurythmics.jpg
Ninguém é jovem pra sempre
Origem {{{origem}}}
País Bandeira da Inglaterra Inglaterra
Período Anos 80, 1999 - 2005, 2010 - Atualmente
Gênero(s) New Wave, Synthpop e Música Eletrônica
Gravadora(s) {{{gravadora}}}
Integrante(s) Annie Lennox;
Dave Stewart.
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Eurythmics.

Cquote1.png Adoro essa música da Beyonce! Cquote2.png
Guria retardada e a única “Sweet Dreams” que ela conhece
Cquote1.png PERAÍ: Sweet Dreams não é do Marilyn Manson? Cquote2.png
Metaleiro poser sobre ”Sweet Dreams”
Cquote1.png Eu ri timics! Cquote2.png
Piadista sobre Eurythmics
Cquote1.png É emo! Cquote2.png
Guri retardado sobre Eurythmics
Cquote1.png Só conheço “Sweet Dreams” Cquote2.png
Poser sobre Eurythmics
Cquote1.png Vocês traíram o Movimento Punk, veios! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Eurythmics
Cquote1.png Tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Annie Lenox no clipe de “Sweet Dreams”
Cquote1.png AH, VÁ A MERDA, PORRA! Cquote2.png
Luiz Carlos Alborghetti ao saber que a pseudosérie Glee estragou “Sweet Dreams”
Cquote1.png MUSICA DO MERCURIO! Cquote2.png
ONNNN ANNW ao saber que a pseudosérie Glee estragou “Sweet Dreams”
Cquote1.png Mais do que nunca, são a Joelma e o Chimbinha britânicos! Cquote2.png
Faustão sobre Eurythmics

EURYTHMICS, conhecida como EU RÍ TIMICS na sociedade Zé-Graça Universal, é apenas mais um grupo da seita de traidores do movimento punk na Inglaterra dos anos 70 que se autointitulam New Wave. Os fãs do Marilyn Manson o veneram por “Sweet Dreams”, fãs da Beyoncé acreditam que ela fez a “Sweet Dreams” original. A banda nãio é tão conhecida assim, mas, a verdadeira “Sweet Dreams” é deles.

O Começo:[editar]

Annie Lennox era uma garota que tinha uma banda punk que fazia muito sucesso nos pubs da Escócia e Dave Stewart um inglês que tinha uma banda punk também, que era muito chamada pras rodinhas de briga que os punks promoviam nas ruas, becos e vielas inglesas, mas, foram corrompidos pelo New Wave e, assim, traíram o movimento punk e foram expulsos de suas bandas. Assim, cada um procurou integrantes pra uma nova banda, assim, se conhecem mas sem saber nada do outro, após um encontro num pub em Londres, que estava procurando alguém pra tirar um som pra briga entre Hooligans que o pub sediaria a noite.

Após tocarem, descobriram que eles queria montar bandas, e assim surge inicialmente o The Tourist, onde começaram a namorar, e serem expulsos da banda já que o cafetão produtor deles não permitia namoros dentro de suas bandas, e saem, e, depois se separam. Anos depois, disseram que simularam o namoro pra sair da banda, pois algumas pessoas só querem usar as outras, se referindo ao produtor da banda.

Os 2 montam o Euro Rythymicals, que tocava no meio da rua em troca de dinheiro, mas, com esse nome de dar nó na língua, eles resolvem abreviar tudo, resultando em EURYTHMICS, pra realizarem o sonho de serem famosos, afinal, sonhos doces são feitos assim, e, quem somos nós pra discordar?

A Carreira:[editar]

Se olhando e, depois, se beijando

Em 1980 eles iniciam pra valer a estrada ao estrelato, viajando o mundo pelos 7 mares, procurando por algo, gravando um álbum. Como achavam que era impossível um duo fazer música, sequestram Holger Czukay and Jaki Liebezeit do Can, que acreditavam no projeto, Clem Burke do Blondie, que usou esse projeto pra ajudá-lo a não cair em tentação ao tocar numa banda com uma gostosa como Frontwoman, Robert Görl, que queria aparecer numa banda famosa e se livrar da sua banda no momento e Tim Wheater, um flautista que eles acharam nos terminais ferroviários de Londres, sabendo que algumas pessoas querem que as usem. Conseguiram aparecer na mídia assim.

Já na mídia, todos voltam as suas antigas vidas, e, em 1983, incentivados por um The Police formado por jovens e um Michael Jackson jovem, negro, não-falido e sem os boatos e mentiras sobre envolvimento com pedofilia, gravam “Sweet Dreams”, que estes que eram (e ainda são) mais famosos, divulgaram o som pro mundo inteiro, e, com uma ajuda assim, a banda ganha o estrelato, até porque muita gente ficou com medo da Annie no clipe da música, e, ninguém queria dizer que não gostou da música, tudo graças a pose de ditadora brasileira que ela adotou ali.

Após isso, a partir dessa música, ela voltou a sua pose de britânica simpática pro álbum seguinte, Touch, que falava da importância do exame de próstata, dessa vez com mais simpatia, não se vestindo de ditadora pra intimidar rumo ao sucesso. Stevie Wonder nunca tinha visto uma banda New Wave tão boa quanto essa, e resolve fazer uma canja com eles no álbum seguinte.

Depois disso, eles resolvem se vingar de todos os críticos com o Revenge, que segundo a crítica especializada, é uma boa pedida pra quem quer se vingar. Depois de fazerem sucesso cantando coisas óbvias na sua principal música, sabendo que o Supertramp fez algo parecido em “The Logical Song” os anos 80 acabam, e, a banda, desacreditada com o futuro do New Wave, a banda acaba também, com cada um seguindo o seu rumo, cada um nos seus próprios trambiques pós-anos 80, numa década depressiva graças ao Grunge nos EUA e a putaria entre as principais bandas do Britpop na Inglaterra. Mas acabou mesmo com medo de se envolver nessas putarias entre Wonderwall Band, Creep Band e Song 2 Band

A Volta:[editar]

Após verem que o New Wave ressuscitou no fim dos anos 90, e a saudade batendo, a necessidade de fazer um pouco de dinheiro e a vontade de participarem de uma missão de paz, eles voltam a ativa, principalmente pra tentar pregar a paz no mundo como missionários (sejam daqueles convencionais ou aquele do filme do Dolph Lundgren, sendo que, na maioria dos casos, a paz só vem em situações desse segundo caso). Fim da missão e um novo fim da banda.

Como esses 2 não conseguem ficar longes por muito tempo (talvez por causa daquele romance fake no começo da carreira), a banda é reativada, fazem sua versãod a música mais regravada da história (“Tainted Love”), mas ainda não lançaram nada. A mídia e os fãs temem que, agora velha, a Annie faça algo mais assustador e intimidador que o clipe de sua principal música, sei lá, algo como traficante de órgãos, ditadora de novo, sabendo que os mais velhos ficam mais assustadores assim, líder de guerrilhas, cientista que transforma crianças inocentes em mutantes pra ajudá-la a dominar o mundo e coisas piores.

Tudo:[editar]

Duo:[editar]

Álbuns:[editar]

  • No Jardim: Tentaram graver um álbum num jardim, o que era difícil, pois sempre aparecia um punk pra malucar lá na hora de gravarem (1981);
  • Doces Sonhos (A Merda É Bem Por Aí Mesmo): O álbum mais famoso (afinal, com a propaganda que teve…) (1983);
  • Toque: Fazer o Toque é importante. Deixem o machismo de lado! (1983);
  • 1984 (O Big Brother Vai Amar Isso): Após descobrirem que o Grande Irmão é fã da banda, gravam esse álbum pra homenageá-lo. Também foi a soundtrack das primeiras edições do Big Brother nos Esteites e na Holanda (1984);
  • Seja Você Mesmo Essa Noite: Não importa o merda que você seja na cama, o importante é ser você mesmo. Stevie Wonder fez canja nesse álbum, mas, não pode ver os resultados (1985);
  • Vingança: Quer aprender a bolar uma vingança? Esse álbum é obrigação! (1986);
  • Selvagem: Músicas pra selva e selvageria de hooligans. Essa espécime reconhece o álbum (1987);
  • Nós Também Somos Um: Annie & Dave não entendiam metade do que sabiam sobre esse álbum, mas, concordaram que, se entendessem metades diferentes, estavam feitos (1989);
  • Paz: A banda volta pra uma missão de paz sem sucesso (1999).

Músicas:[editar]

Medo...
  • Nunca Mais Vou Chorar: As lágriomas secaram;
  • Belinda: Agora sabemos de onde vem aquele nome daquela cantora mexicana gostosinha;
  • Doces Sonhos (A Merda É Bem Por Aí Mesmo): A música poser e um dos clipes mais assustadores da história, pois mostra Annie ruiva vestida de ditadora. Anos após, Marilyn Manson rebaixa a música. Sim, Anônimo, essa música não é dele, e aquela da Beyoncé é uma versão pirata. Essa música tem uma reputação negativa, já Os nerds de Glee acabaram com esse clássico;
  • Deve Ter Uma Anjo: Annie reclama de anjos a trollando, ou seja, conhecwe alguém que presta, fala que ele é só amigo, arranja um babaca e começa a decepcioná-la. Coisa típica de mulher. Pelo o que aprendemos com Supernatural, os anjos em questão devem ser o Gabriel, o troll definitivo, ou o Miguel, o mais filho da puta dos anjos, que devem estar brincando com o coração dela;
  • A Cagada Que o Amor Dá: O amor move montanhas (não, péra). Após a merda que deu em "There Must Be An Angel", ela finalmente conhece alguém que presta, mas, ainda não falou que era só amizade (ainda...);
  • Quem É Aquela Guria?: Alguém desconhecida;
  • E Tome-Lhe Chuva...: Fala da rotina e do cotidiano na Inglatrra;
  • Mentiria Pra Você?: Sei lá, cantores são capazes de tudo…;
  • Quando o Amanhã Vem: É certeza de que o mundo não acabará hoje;
  • Preciso De Um Homem: Annie tava na seca, e conseguiu com essa música;
  • Salvei o Mundo Hoje: Fala da experiência deles como super-heróis que impediram alienígenas de destruírem o mundo;
  • Amor Corrompido: Todo mundo já regravou essa música, então, por que não eles?