Ex-Mai Love

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg
Platéia vazia.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.

Rossi.jpg Este artigo trata de coisas muito bregas, bicho!

Se você acha que a moda é coisa só pra gente chique, esqueça isso aqui e tome seu rumo, mas se você é um mal-amado fã de José Augusto, pegue a cadeira porque o bingo já começou.

Falcao.jpg


O próximo que confundir esse artigo com Izmailov vai tomar porrada!

Cquote1.png Você quis dizer: A música de Cheias de Charme Cquote2.png
Google sobre Ex-Mai Love
Cquote1.png Experimente também: Ex My Love ou "Is My Love"? Cquote2.png
Sugestão do Google para Ex-Mai Love
Cquote1.png Ex my love, ex my love, se botar meu pau na vitrine elas vão gritar: - "Que piroca enorme"! Cquote2.png
Mr. Catra sobre com a sua versão em funk de Ex-Mai Love
Cquote1.png Não não, seu burro, é "EX MAI LOVE!" (sic) mesmo! Cquote2.png
Gaby Amarantos sobre sua música

Gaby tentou nessa foto dar uma banana pro seu ex-mai love, mas é tão burra que errou a posição dos braços.

Ex-Mai Love (sic) é o maior (e único) sucesso de Gaby Amarantos, a Beyoncé do Pará, a Chayenne da vida real. Essa merda irritante que além de música de abertura de novela das sete da Rede Testículo é um troço que virou mania em rádios do Brasil todo e também virou uma das mil e uma opções PÉSSIMAS de música pra propaganda política em 2012 e talvez (queira Deus que não) pro resto da eternidade.

A música é muito boa e mostra como assistir Nossa Língua Portuguesa era não só um programa de índio como também não servia de nada, pois nosso português está todo errado, e nosso inglês pior ainda. Só Gaby Amarantos conseguiu mostrar como se escreve de verdade a palavra "My".

História[editar]

Meio lógico: Gaby tomou uma galha do namorado/noivo/marido/ficante/da sapatona dela, sei lá; e agora ficou tristinha de mimimi e decidiu escrever essa música, que está sendo entretanto estudada por filólogos do mundo todo, pela incrível descoberta da origem da palavra "my".

O "Mai"[editar]

"Mai", a origem chinesa da palavra inglesa "my", foi uma descoberta de Gaby. Essa palavra estava esquecida nos anais da literatura anglo-saxã antiga e veio a tona por acaso, quando Gaby, chorando pra caramba com o fim do relacionamento, foi numa biblioteca a procura de algum daqueles romances que vendem em feira como "Sabrina" e similares e por acaso achou um livro em inglês que ela não entendeu nada, mas o livro, lá no fundo dos arquivos, podre de poeira, continha no título a expressão "Ex Mai Love". E assim, Gaby não só conseguiu um tema perfeito pra sua música como redescobriu uma preciosidade pra filologia.

Música[editar]

Pessoas que curtem essa música juraram terem visto mais de uma Joelma Mendes nesta foto.

OBS: Não iremos tecer comentários ou fazer piadinhas da letra, pois ela já é uma piada por si só.

Meu amor era verdadeiro,
O teu era pirata
O meu amor era ouro
E o teu não passava de um pedaço de lata
Meu amor era rio
E o teu não formava uma fina cascata
O meu amor era de raça
E o teu simplesmente um vira-lata

Ex my love, ex my love, se botar teu amor na vitrine, ele nem vai valer 1,99
Ex my love, ex my love, se botar teu amor na vitrine, ele nem vai valer 1,99

Meu amor era verdadeiro,
O teu era pirata
O meu amor era ouro
E o teu não passava de um pedaço de lata
Meu amor era rio
E o teu não formava uma fina cascata
O meu amor era de raça
E o teu simplesmente um vira-lata

Ex my love, ex my love, se botar teu amor na vitrine, ele nem vai valer 1,99
Ex my love, ex my love, se botar teu amor na vitrine, ele nem vai valer 1,99