Experiência da dupla fenda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Forças.jpg Este artigo é relacionado à física.


Cruelquantum.gif Este artigo possui referências à Mecânica Quântica

Por isso, ele está absolutamente correto e completamente errado ao mesmo tempo.


Mecânica Quântica
Princípio da Incerteza
Murphydinâmica Quântica

Formulação matemática

Cquote1.png ... Cquote2.png
Doutor Roberto sobre Experiência da dupla fenda

Cquote1.png ... Cquote2.png
Gordon Freeman sobre Experiência da dupla fenda

Cquote1.png Uma merda! Cquote2.png
Erwin Schrödinger sobre Experiência da dupla fenda

Cquote1.png O quê? Cquote2.png
Albert Einstein sobre Experiência da dupla fenda

Cquote1.png ...Ronaldo! Cquote2.png
Corintiano sobre Experiência da dupla fenda

A Experiência da dupla fenda, também conhecida por Experiência de Roberto-Freeman, foi o experimento que provou a insanidade da Mecânica Quântica. Segundo Doutor Roberto e Gordon Freeman, os resultados desta experiência provaram a Teoria da Dualidade onda-partícula, onde uma partícula que está sendo observada (na Mecânica Quântica) pode ser uma onda ou uma partícula, ou as duas ao mesmo tempo, de acordo com o jeito que ela quer ficar (não que isso importe alguma coisa). Dupla fenda também pode ser outras coisas, se é que você me entende.

O Experimento[editar]

Experimento realizado por Freeman (não que isso interesse).

Gordon Freeman, durante seu doutorado no MIT (Microsoft Institute of Tecnology), decidiu testar algumas teorias quânticas para poder ter algo para apresentar no seu trabalho de conclusão. Por ser um homem de poucas palavras, Gordon precisava de algo fodástico a fim de conseguir seu diploma. Doutor Roberto, seu orientador, propôs a ele uma suruba a realização deste experimento.

Para a concepção foi utilizado: uma placa de chumbo com duas fendas retangulares uma do lado da outra, uma chapa sensível para detectar as partículas e elétrons (todos com boa saúde e com os impostos em dia). O experimentador usou fótons (vulga luz) para detectar os elétrons. Durante o experimento, Freeman percebeu que:

  • quando não se jogava tomates luz sobre os elétrons, eles passavam pelos dois furos ao mesmo tempo (!);
  • quando se jogava luz, os elétrons escolhiam um dos buracos e passavam por ele (?);

Freeman, sem entender porra nenhuma (e com razão, ou vai dizer que você entendeu alguma coisa?), contatou Doutor Roberto, que tentou entener o porquê da vergonha dos elétrons de serem bi na presença da luz, mas agirem totalmente desimpedidos no escurinho.

Aplicação[editar]

Manuscrito de Doutor Roberto tentando explicar o resultado do experimento.

Esta experiência comprovou um dos princípios da Mecânica Quântica, o da Dualidade onda-partícula, que foi proposta por Albert Einstein e formulada por Stephen Hawking. Fora da Mecânica Quântica, isso não serve para merda nenhuma, a não ser para ferrar com alunos de física (em especial os do ITA), pois essa merda de experiência só serve para confundir a cabeça de quem quer precisa entender essa porra toda.

A Dualidade onda-partícula[editar]

Einstein falando da Dualidade onda-partícula.

Segundo Walter Mercado Albert Einstein, em um sistema quântico, as partículas não podem ser definidas com certeza (ver Princípio da incerteza de Heisenberg), por isso não se pode dizer se elas estão ondulando (na forma de onda), se estão na forma de partícula, ou se estão numa suruba. Para que não fossem criadas centenas de teorias que não explicariam porra nenhuma, Einstein disse que o que se está olhando é as duas coisas ao mesmo tempo, poupando trabalho e tempo. Com a Experiência da dupla fenda, a teoria de Albert foi comprovada (ou não).

Veja também[editar]