Fatal Fury

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cvania-nes phantombat fly.gif
Fatal Fury é da época da Velha Guarda dos Games

provavelmente foi um dos motivos para a crise de 1983

Fúria Fatal
Fatal fury the motion picture.jpg
Capa de um dos jogos (ou não)
Gênero porradaria
Desenvolvedor SNK
Publicador SNK
Plataforma de origem Arcade
Primeiro lançamento Fatal Fury: King of Fighters (1992)
Último lançamento Fatal Fury: Wild Ambition (1999)

Cquote1.png Você quis dizer: Fatal Furry Cquote2.png
Google sobre Fatal Fury

Fatal Fury é uma série de jogos de luta criada no início dos anos 90 para concorrer lado a lado com Street Fighter, a franquia do gênero que mais fazia sucesso naquela época. Essa cópia ideia genial partiu da mente revolucionária e inovadora da SNK, que até então não havia lançado nenhum game bem sucedido neste estilo.

A história é centrada no personagem Terry Bogard, que busca vingança pela morte de seu pai adotivo ao lado do irmãozinho Andy Bogard e do completamente deslocado Joe Higashi, que foi colocado no jogo apenas para fazer uma média entre os japoneses, já que Fatal Fury foi originalmente produzido no Japão e pegaria mal que todos os protagonistas fossem loiros, belos, altos e nórdicos, algo que foge completamente da realidade nipônica.

Jogabilidade[editar]

Alguns dos personagens dessa tranqueira.

Como em todo jogo de luta que se preze, Fatal Fury foi desenvolvido para haver interação entre dois jogadores, cada um selecionando seu personagem favorito e lutando entre si. Claro que, como a maioria dos nerds é solitária e não tem amigos para interagir, existe também a possibilidade de jogar forever alone contra o próprio console automatizado, o que deixa a bagaça bem mais apelativa, já que a máquina conhece todos os golpes.

Gráficos[editar]

Como era de praxe na época, os gráficos de Fatal Fury apresentam cores berrantes que chega a doer nos olhos, contribuindo para ferrar a visão dos pivetinhos de fliperama que hoje em dia são adultos com graves problemas oftalmológicos.

Por visar desde o início o mercado internacional de videogames, a SNK preferiu deixar os lutadores com um visual menos estilizado do que aquele que é visto em anime ou mangá, deixando os traços um pouco mais realistas e ocidentalizados. Bom, pelo menos essa foi a proposta inicial, que logo se perdeu com o lançamento do segundo jogo da série, no qual foi introduzido a grande musa onanística Mai Shiranui, com um corpo (leia-se peitos) e um figurino típico de uma personagem saída de algum hentai.

Jogos[editar]

Responsável pelo sucesso da série.

Como todos devem saber, a série Fatal Fury foi engolida com o passar dos anos e mesclada com outros jogos similares da SNK para criar uma nova franquia, The King of Fighters. Por conta disso, muita gente se confunde a respeito de quais são os jogos oficiais lançados antes de ocorrer essa suruba. Vamos então à listagem dos mesmos:

Saga principal[editar]

Encheções de linguiça[editar]

v d e h
Fatal Fury.gif