Filme do Terremoto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Desinopselogo2.png

Este artigo faz parte do DesFilmes, a sua coletânea de filmes rejeitados.
Enquanto você lê, um caubói briga com um bandido em um saloon


Filme do Terremoto é um filme de ficção científica/sacanagem de 1978, uma super produção hollywoodiana orçada em 25 caixas de cerveja, que possui em seu elenco astros de renome internacional, como Hector Bonilla, Angelina Jolie, The Rock e a moça bonita, moça formosa, moça bem feita.

O filme foi exibido em todas as salas de cinema do México e do universo em seu ano de lançamento, batendo os recordes de público até mesmo do Filme do Pelé. O Filme do Terremoto é até os dias de hoje considerado como um dos melhores filmes a terem sido exibidos no Cinema do Chaves e na televisão do Seu Madruga, principalmente pelo fato de ser a melhor desculpa o melhor filme para os caras abraçarem as minas, e receberem um boquete em seguida.

Sinopse[editar]

Gtk-paste.svg.png Aviso: Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, como o fato de que as mulheres abraçam os homens na hora do susto
Nem o The Rock conseguiu consertar a cagada que a tua mãe fez.

Tudo começa na cidade de San Andreas, quando a tua mãe inventou de pular corda, gerando assim um terremoto de magnitude 69.

O protagonista, herói e comedor da produção é Hector Bonilla, um rapaz mexicano apaixonado que, após perdoar sua mulher por tê-lo confundido com o Brad Pitt, parte em busca de uma maneira de salvar a humanidade de sua extinção. Apesar de não conseguir chegar ao epicentro dos tremores, pois quando estava indo pra lá o pneu de seu carro furou e ele estava sem macaco (apenas com um chimpanzé), Hector consegue acalmar a sua mãe, fazendo um pronunciamento em rede nacional pedindo pra ela parar de fazer exercícios físicos.

A véia entendeu o recado e parou de pular corda, acabando assim com os tremores, mas quando estava indo dar pro açougueiro pra se distrair, eis que ela acaba tropeçando e caindo com a pança de Moby Dick no chão, causando um tremor duas vezes pior do que os anteriores, fazendo até mesmo as salas de cinema estremecerem. É nesta hora que as mulheres, em pânico, abraçam os homens, e lhes pagam um boquete em seguida.

Após amarrar a tua mãe com uma mangueira de bombeiro, daquelas de 2km, fazendo assim os tremores cessarem, Hector é ovacionado pela população mundial, e vira o galã mais famoso da galáxia. Até as alienígenas passaram a brincar de DJ pensando em Bonilla após seu ato de coragem.

Crítica[editar]

Os críticos de cinema não hesitam em afirmar que o filme é uma bosta, já que não tem história, apenas uma desculpa para os tarados abraçarem as mulheres em pânico e passarem a mão na boceta das que estivessem usando vestido.

A única pessoa que avaliou esta produção em 100% foi um cara feio mexicano, que abraçou a gostosa da Glória e conseguiu comê-la em seguida, já que ela é atraída por homens feios.