Final Fantasy VI

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Final Fantasy VI é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, o seu Neopet bate no Sloth com um jornal.


Cquote1.png Na União Soviética, o Kefka rouba os espers de VOCÊ do mesmo jeito!! Hu hu hu hu hu!!!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Kefka
Cquote1.png Ele é dos meus! Cquote2.png
Clodovil sobre Kefka
Cquote1.png Doutor, isso aí é uma bichoooooooona!!! Cquote2.png
Severino sobre Kefka
Cquote1.png I hate hate hate hate hate HATE HATE HATE HATE HATE (x42.666) YOU!!! Cquote2.png
Kefka sobre o ódio de você por tê-lo chamado de Gay
Cquote1.png fiNAU FAntAsY 7 é U mELHOr Di toDuxXx!! Cquote2.png
Fã nerd retardado sobre Final Fantasy
Cquote1.png O que serão das mulheres se eu morrer? Cquote2.png
Edgar
Cquote1.png Eu desdobrei uma esquina com os meus músculos Cquote2.png
Sabin
Cquote1.png E quem você acha que a dobrou, primeiramente? Cquote2.png
Chuck Norris sobre demonstração de força do Sabin
Cquote1.png I Prefer the term TREASURE HUNTER! Thank you. Cquote2.png
Locke, confessando ser ladrão

O Jogo[editar]

Um dos maiores sonhos de Kefka

Final Fantasy VI, jogo lançado no Japão em 1994 pela QuadradoSoft (atual Square-Eunucos), foi feito às pressas para que a empresa pudesse pagar pelos processos de assédio sexual envolvendo Hironobu Sakaguchi e as estagiárias que trabalharam na produção de Final Fantasy V. Sua receptividade no Japão foi boa, apesar de algumas controvérsias que renderam ainda mais popularidade ao jogo, como o uso de drogas, homossexualismo e diversas mensagens subliminares ao longo da trama.

Xpa-ff6u 03.png

De modo a pregar uma peça no público americano, o jogo foi denominado Final Fantasy III no seu lançamento ocidental. Muitos defendem que isso foi uma estratégia de Hironobu Sakaguchi para comprovar sua tese de mestrado, na qual defendia que o povo americano não sabia contar acima do número de neurônios possuídos (a saber, dois).

Personagens[editar]

Terra (Marte no japonês)[editar]

A Terra é o terceiro planeta em órbita do Sol, depois de Mercúrio e Vênus, e anterior a Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. Possui um satélite natural, a Lua. É também um dos 4 elementos que controlam o equilíbrio no mundo, junto com a água, o ar e o Rutherfórdio. No início da história, Terra é uma garota que sofre de amnésia, além de ter inteligência limítrofe. Nunca percebe as cantadas dos homens ao seu redor, e justamente por isso deverá morrer virgem. No dia que se interessou por um companheiro soldado, o mané acabou morrendo. Quando está numa batalha, se transforma numa mulher cor-de-rosa, nua e de cabelos verdes em sua forma de Supersayajin. Descobre no final a felicidade, quando tem a chance de ser mãe solteira de 18 crianças (incluindo uma adolescente grávida), numa favela sem recursos, onde nem capim cresce, e onde os cães devoram-se uns aos outros.

Locke (Louco no japonês)[editar]

Traficante de drogas renomado, tem uma séria queda por garotas assassinas e por garotas assassinadas. Seu maior sonho é achar o Santo Graal. Fica desaparecido a partir da metade do jogo, mas o que não é mostrado é que durante esse tempo ele fica mantendo relações necrófilas com sua ex, Rachel.

Celes (Cobra Celeste no japonês)[editar]

General do Exército Imperial, é usada em rituais BDSM pelos soldados até que é salva por Locke e se junta aos ReBelDes "Returners". Quando pequena, foi introduzida magia via vaginal, o que explica os poderes e o fato dela ser frígida. É, depois do General Leo, o soldado mais macho do império, mas só se descobre ao levar um fora do Locke (que preferiu ficar com a ex-namorada falecida), e desde então vem babando de vontade de fazer um fio terra na Terra.

Cyan (Syang no japonês)[editar]

Também conhecido como Seu Madruga. Teve a família morta por Kefka através de envenenamento alimentar. Kefka presenteou Doma com uma tonelada de salpicão e maionese estragados, sorte que Cyan não comeu por estar de regime. Samurai, tem uma queda por Oda Nobunaga. Após tentar fazer uma brincadeira com sua esposa e um vibrador elétrico (que teve um desfecho trágico), Cyan passa a ter um trauma de aparatos tecnológicos.

Edgar (Edgay no japonês)[editar]

Rei do reino do Fígado, comia todas as menininhas da cidade, e de tanto brincar de médico,aos doze era professor.Até que um belo dia recebeu a visita de Kefka que ordenou que fizessem churrascada do castelo de Fígado. O castelo mergulha na areia (como um castelo afunda na areia e volta depois, e pior, como as pessoas sobreviveram a isso?) e Edgar foge com Locke e Terra e junta-se aos Returners. Além de ser meio tarado, tem uma séria inclinação a pedofilia demonstrada ao tentar abusar de Relm.

Sabin (Sabonete no japonês)[editar]

Irmão gêmeo de Edgar, apesar de que há evidências de que ele seja um filho bastardo de Chuck Norris havendo algo como no péssimo filme de Sessão da Tarde "Twins" no ventre da Senhora Rainha de Fígado. Consegue levantar uma casa sem suar, mas em compensação é um completo glutão ignorante. É o mais forte do jogo, então é melhor acostumar-se a ter um loiro sarado na sua party. Só não foi Rei de Fígado pois Edgar trapaceou e produziu uma moeda que só tem "cara". É a evidência viva de que o homossexualismo não é genético, pois é gay e seu irmão gêmeo Edgar não. Depois de fazer um treinamento intensivo de Gogo boy com seu mestre Duncan, sai à procura de garotos selvagens e saltitantes (mostrando que pedofilia é negócio de família). Sua técnica mais forte se chama Bunda Roxa e só é desbloqueada depois que ele deixa Duncan finalmente comer seu cu.

Setzer (Seu Zé no japonês)[editar]

Um jogador de truco que tem sérios problemas com prostitutas, visto as cicatrizes em seu rosto proveniente de unhas mal-pintadas. Sua maior diversão é realizar bacanais em sua airship, Blackjack, além de visitar Las Vegas todo o fim de semana, gastanto assim todo o dinheiro que ganha realizando aparições em aniversários como Scarface. Aparece no jogo logo após Opera House, quando tenta comer Celes mas não consegue pela moeda batizada do Edgar.

Shadow (Shogun no japonês)[editar]

Um cara metido a Ninja que anda com um dobberman do lado (zoófilo provavelmente). Nunca mostra seu rosto, provavelmente porque deve ser mais feio que seu pulguento. Também é super timido e anti-social. No passado, trepou com uma figurante qualquer do game teve uma filha, depois disso o safado abandonou as duas saindo para nunca mais voltar, além de claro nunca ter pago pensão. É o mais injustiçado no jogo pelos outros personagens mas se você realmente esperar por ele durante o desespero na Ilha Flutuante e deixar o cronometro zerar ele enfim se une a você definitivamente embora não fale uma única palavra para dizer o que diabos ele sente.

Cquote1.png Ele passaria a peixeira no pescoço da mãe por uma bolacha Mirabel Cquote2.png
Edgar sobre Shadow

Cquote1.png Se ele pudesse, matárra mil! Cquote2.png
Jeremias sobre Shadow

Mog (Digimon no japonês)[editar]

Um animal fofo, bonito e inútil que você salva de um escoteiro lobinho irritado com suas condições desumanas no acampamento.

Castração de Umaro

Umaro (Mario no japonês)[editar]

Uma imitação imbecil de Pé-Grande que sempre é feito de menina por Gau para seu divertimento.

Gau (Mingau no japonês)[editar]

Tarzan de cabelo verde. Diverte-se fazendo sexo selvagem com Umaro e também agarrando na perna de Sabin para tentar se aliviar ali.

Strago (Podre no japonês)[editar]

Um velho metido a feiticeiro que pertence à classe mais inútil: blue mage. É capaz de aprender a fazer o que os bichos fazem, contanto que tenha tomado a porrada antes.

Relm (Remo no japonês)[editar]

A bastarda, filha de Shadow e neta de Strago, e desenhista da galera. Passa o tempo desenhando yaoi lemon entre Sephiroth e Cloud. Também é a ninfetinha do game, deu pra todos os machos do grupo e, assim como seu pai Shadow, tem tendências pra zoofilia, pois ela adoro brincar com o bilau do cão do seu pai, Interceptor!

Gogo (Pomo de Adão no japonês)[editar]

O cara que é capaz de imitar o que foi feito há um segundo atrás e o que os outros sabem fazer. Graças a ter aprendido o Sharingan com o Sasuke. Passa a maior parte do tempo no programa "A Praça é Nossa", e é conhecido pelo bordão com seu companheiro: "Todo o que eu falo para a minha?" - "Eu falo para a minha!

Vilões[editar]

Kefka é mais antigo do que se possa imaginar
  • Kefka, pai do Bozo e do Coringa, é o criador da rede de lanchonetes Mc Donald's a fim de dominar o mundo com seus hambúrgeres de minhocoçu e refrigerante feito do sangue de criancinhas africanas com AIDS. No jogo, sua única tarefa é falar frases sádicas, balançar o dedinho e matar o Hitler Loiro chamado General Leo.
  • Imperador Gestante, inicia a matança pra sugar o poder dos monstros ridículos chamados Esper, mas logo mexe em casa de maribondo, libertanto monstros mais fortes do que espadinhas ridículas poderiam enfrentar. Se fodendo, anuncia paz mas leva uma talangada do Kefka, que herda o Império.
  • Cientista Cid Moreira, não fede nem cheira, é um babaca que se veste de bisnaga de mostarda e que só come sushi de salmão caso contrário morre.
  • Siegfried, um cara metido (ui) a espadachim, dá pra ver que ele nem se compara ao Gilgamesh equipado com a Nagrarok.

Cquote1.png Mas que bichona, parece uma manicure árabe! Cquote2.png
Sabin sobre Siegfried

Ultros revela seu desejo de fazer um hentai de tentáculos com a Terra(essa cena foi editada para não traumatizar as crianças).
  • Ultros, um polvo irmão de Cthulhu, ele é o chefão mais escroto do jogo, sendo derrotado apenas pelo Kaiser Dragon da versão Advance e o Poring de Ragnarok. Para piorar ele chama o Namorado Typhoon para espirrar na sua cara, dando uma Gripe escrota da moléstia.
  • General Leo, não é bem um vilão, principalmente porque você não luta contra ele, mas ele ta no time do mal, então é vilão. ele achava que o império iria dominar o mundo apenas para faze-lo mais justo (ou seja, ele era um verdadeiro idiota!) mas é cruelmente derrotado pelo apelão do Kefka em um breve momento em que você controla ele (SIM! isso é um Spoiler!!!!!!!!!!)

Recepção Americana[editar]

Final Fantasy VI foi lançado nos EUA causando grande comoção e alarde. A princípio, algumas pessoas (em geral imigrantes estrangeiros) estranharam a numeração oficial (Final Fantasy III) e automaticamente foram fazer reclamações perante a Quadradosoft e órgãos de defesa do consumidor pela América. Isto resultou num tremendo rebuliço dentro de toda a comunidade americana, pois imigrantes árabes, brasileiros, africanos, japoneses, donos de pastelarias chinesas etc, na tentativa de corrigir o erro, foram acusados de chamar o povo americano de idiota.

Num ato extremamente xenofóbico, o governo americano decidiu extraditar a grande maioria das pessoas que reclamou o fato, executando algumas e obrigando outras a assistir programas da Oprah Winfrey e ler livros do Paulo Coelho. A confusão foi tão grande em relação aos árabes, que muitos admitem ter sido esta a motivação dos ataques de 11 de Setembro. Membros chave da Al-Kaeda foram presos com diversos cartuchos de FFVI americano, porém com os dos II riscados e um V posto no lugar.

O Final Não Revelado[editar]

A quadrasoft tinha planejado um final melhor para o jogo, mas a NintEMO proibiu de coloca-lo no jogo porque tinha cenas muito fortes para a nintendo o que ocasionou o divórcio temporário das empresas mas escondida em um ficheiro em um círculo de macumba, foi encontrado o verdadeiro final do jogo, segue a seguir os finais de cada personagem...

  • Gau faz Oba-Oba com Relm e foge com ela para o Doma's Castle, o que causa desgosto em Strago e morre!!
  • Terra volta para a cidade das crianças, casa com a Katarin e deixa o Duane na mão (literamente), revoltado, ele vira emo e vai até a Kefka's Tower onde os outros emos ainda estão venerando o Kefka!
  • Strago Morre, o que deixou todo mundo feliz porque ninguém gostava dele!!!!

Bobagens[editar]


Kefka s ROFLs Have Ridges by Lemunde.gif