Football Club Seoul

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Football Club Seoul
Escudo do Seoul.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Football Club SeuCu
Origem Bandeira da Coreia do Sul Coreia do Sul - Seul
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Seu Cu na Copa do Mundo
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Sul-Coreano
Divisão K League
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Football Club Seoul é um timeco da Coreia do Sul, um dos poucos daquele país que possui um nome genérico, um clube que não possui a menor tradição internacional, sempre sendo humilhado nos torneios asiáticos, mas que soube vencer os torneios domésticos, por isso sua torcida acha que o time é alguma coisa.

Como todo bom time sul-coreano tradicional, o FC Seoul já teve 5 nomes, 10 estádios, 30 escudos, 20 cidades e 25 uniformes diferentes, compreendendo todas as cores do espectro visível, deixando qualquer torcedor maluco. No seu atual escudo vemos os anos de 1983 e 2004, período de existência do clube, que está ativo até hoje apenas porque ainda não acharam algo melhor para colocar em seu lugar.

História[editar]

Fundação (Lucky-Goldstar)[editar]

Fundado em 1983, foi um dos primeiros times da Coreia do Sul e precursor do futebol no país, estabelecendo como base toda a ruindade que hoje conhecemos do futebol sul-coreano, que naquele ano de 1983 havia descoberto o futebol como uma forma de entretenimento em usar bolas que não fosse para cenas pornô de vídeos japoneses bizarros. O primeiro nome do clube foi Lucky-Goldstar Football Club, em referência ao seu primeiro e até hoje o principal patrocinador do clube, o anime Lucky Star, que viu no timeco sul-coreano um grupo de jogadores que mais pareciam meninas frescas e gurias retardadas, dado seus penteados visual key e postura andrógena, exatamente como no aclamado anime, que viu no clube um modo de se popularizar na Coreia do Sul.

Logo na estreia do primeiro campeonato sul-coreano, o clube ficou num honroso penúltimo lugar, e ainda bem que não existia segunda divisão ainda, algo que demorou a ser criado na Coreia do Sul exatamente pelo medo do LG rebaixar.

No ano de 1991 modifica o nome para LG Cheetahs com a chegada do novo patrocinador, a fabricante de televisão popular LG, que para agradar o público furry, que existe ao monte naquele país de doentes, inclui uma leoparda como mascote e nome do clube.

Mudança para Anyang[editar]

No ano de 1996, após uma pesquisa realizada pela CBF da Coreia com a ajuda de organismos idôneos como o Data Folha, constatou-se que na capital Seul só existia nerds jogadores de Warcraft e que nenhum daqueles seres sem vida social se interessava por mulher, cerveja ou futebol, explicando talvez os altos índices de depressão na Coreia do Sul, e que talvez isso explicasse o baixo público dos jogos realizados na capital. Sendo assim, todos os times da capital, incluindo o LG Cheetahs, foram forçados a mudar de cidade, o LG indo para Anyang, que na verdade é um bairro pobre de Seul onde as pessoas não conseguem construir um PC fodástico e por conseguinte precisam viver a vida real, e assistir jogo de futebol de vez em quando, agora do renomeado Anyang LG Cheetahs.

A estreia internacional do clube foi num torneio de várzea organizado de forma amadora, o Campeonato Asiático de Clubes de 2001/02, um torneio podre a começar pelo primeiro adversário, um time de catadores de caranguejo de Bagladesh, o Muktijoddha Sangsad que perdeu de 11x0. Graças ao fato de enfrentar apenas lixos, chegou na final, mas aí enfrentou o Suwon Samsung Bluewings da própria Coreia do Sul numa final caseira, aí só foi pegar um time equiparável e já perdeu nos pênaltis após empate.

Após a humilhação sofrida, surgiu ali uma grande rivalidade com o Suwon Samsung Bluewings, algoz de 2002, porém não pelo futebol, uma vez que os dois times são uma grande porcaria, mas sim pela rivalidade entre LG e Samsung os donos dos times, e como todo sul-coreano é geek retardado virjão, ficam os fanboys disputando através de comentários na internet qual é melhor, LG ou Samsung.

Retorno para Seul[editar]

Após a Copa do Mundo de 2002, o moderníssimo Seu Cu World Cup Stadium ficou vazio devido ao fato de não haver times de futebol em Seul devido ao expurgo de 1996, então em 2004 o LG Cheetahs retornou para Seul, agora com o nome de FC Seoul, com novo uniforme, com novo escudo, tudo para tentar apagar o passado vergonhoso de nunca ter sido campeão asiático.

Participações na Liga dos Campeões da AFC[editar]

Devido ao fato da Coreia do Sul ter umas 10 vagas na competição continental mais importante da Ásia, o FC Seoul nunca nem precisa ser necessariamente campeão coreano para jogar na Liga dos Campeões da AFC, embora seja de vez em quando campeão coreano, afinal é um torneio fácil de ir lá e ganhar o título. A partir de 2009 começou a disputar regularmente a competição, sempre goleando os times merdas dos países mais acrianos da Ásia, mas sempre perdendo para times de Japão e da própria Coreia do Sul nos momentos decisivos.

Todavia, na Liga dos Campeões da AFC de 2013, parecia que finalmente o FC Seoul sairia da fila, ao longo da competição só enfrentou times sem tradição, e os concorrentes que historicamente sempre eliminaram o Seoul, os japoneses e coreanos, foram todos eliminados em seus grupos, deixando a competição livre para o Seoul vencer, tanto que o adversário da final foi o Guangzhou Evergrande da China, um time falsificado só com cópias de ex-jogadores em atividade, mas memso assim, após dois empates, devido a regra do gol fora de casa, o FC Seoul amargou mais um vice.

Títulos[editar]

  • K-League: 6 vezes, mas só isso (1985, 1990, 2000, 2010, 2012, 2016)