Forza Horizon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
FraqueZa Horizonte
Forza Horizon.jpg

Capa da versão Bomba Patch do jogo

Informações
Desenvolvedor Playground Games/Turn Down for What
Publicador Microsoft Studios
Ano 2012
Gênero Corrida com malandragem e contravenções de trânsito
Plataformas Xbox 360
Avaliação 8/10
Idade para jogar Quem gosta de Need for Speed mas só tem um Xbox 360

Forza Horizon (em português Força Horizontal) é o Need for Speed exclusivo da Microsoft, um semi-simulador de rachas dentro de uma rave gigante, onde o jogador experimenta virtualmente a rotina de ser um ex-sindicalista, começando a carreira do zero como um favelado desempregado, que entra no submundo da putaria automotiva até tornar-se o maior gigolô de todo o Colorado nos Estados Unidos. Embora a vida de um apreciador da putaria e do automobilismo inclua não apenas fazer merda com carro, mas também convívio com mulheres gostosas, vale ressaltar que elas são gostosas apenas nos CG e nas fotos promocionais, porque no gameplay todas elas parecem polígonos retirados de algum jogo secundário de Nintendo 64.

Enredo[editar]

Por mais estranho que possa parecer, para um semi-simulador de corrida, Forza Horizon possui uma historinha sim. O jogo conta os eventos do Festival Horizon, uma rave fictícia onde mulheres gostosas e carros tunados se encontram para apreciar a existência de uma estranha espécie de arbustos feitos de concreto maciço, e assim as pessoas nestas festas devem pegar seus carros e colidi-los contra estes arbustos, nunca conseguindo arrancá-los do chão, claro. A única regra para entrar no festival é ser uma pessoa estereotipada, então você precisa ou ser um rapper estereotipado, ou uma gostosa genérica, ou um nerd genérico, ou um hip-hop genérico, um mané genérico, e assim por diante.

As pessoas no festival então devem consumir muito rebite para nunca dormir e participar das competições de carros com intuito de destruir patrimônio público, tomar multas por excesso de velocidade, fazer rachas, matar famílias inteiras em acidentes de trânsito, provocar tragédias, sendo que inclusive há até um modo em que deve beber cachaça e logo em seguida dirigir embriagado (basta desabilitando todas ajudas, que com certeza vai derrapar, bater e se foder todo como um motorista bêbado dirigindo).

Jogabilidade[editar]

Alguém jogando Forza Horizon corretamente.

Forza Horizon é o jogo da putaria no trânsito, uma resposta da Microsoft às pesadas críticas que recaíram sobre o Forza Motorsport 4 que era considerado chato, certinho, igual e irreal até para os poucos chatos que desejavam um jogo de simulador. Então, já que copiar o Gran Turismo parecia não estar dando lá tão certo, houve a excelente ideia de copiar o Need for Speed: ProStreet, e que ainda por cima deu mais certo do que o original, onde o jogador deve infringir as leis do trânsito, infernizar uma cidade, tomar multas, e nunca ir para a cadeia. Em corridas onde alguém muito excêntrico tem um grande estoque lanternas que arremessam no chão para demarcar o circuito.

O jogo se passa num mundo aberto onde o jogador deve fazer tudo o que um brasileiro de 18-30 anos ama fazer: depredar patrimônio público, invadir propriedade privada e cometer furtos e roubos de carros velhos que devem ser levados para desmanches clandestinos, participar de rachas, se fazer de fodão para mulheres gostosas, e tudo enquanto seu pai te banca. Mas muito cuidado com as várias cercas espalhadas pelo cenário feitas de titânio, você pode bater nestas cercas a mais de 300 km/h que ela nem vai ficar vergada.

Então, espalhados pelo cenário estão os Postos Horizon, onde o jogador pode demonstrar toda sua insegurança ao sequer sair do carro para pegar missões escrotas de patrocinadores.

A corrida disponível no jogo é 30% arcade, ou seja, você ainda é imortal e todos competidores também, o que explica os altos níveis de imprudência avistados, visto que todos são imortais mesmo. Batidas frontais há mais de 300 km/h, que normalmente te transformariam em patê de vísceras, apenas deixa uns amassados e vidro trincado em seu carro. Mas não chega a ser uma viagem no LSD como no Need for Speed aonde você pode dar um hadouken automotivo (Tipo os Takedowns do Burnout) no seu rival só para chegar em primeiro e os pneus não são de sorvete que só andam de lado até no dragster.

E por fim, teoricamente até existe um modo multiplayer online, mas é tão bugado e repleto de lag que não vamos comentar por falta de paciência de ir lá testar.

Recepção[editar]

Por se tratar de um jogo para Xbox 360, que QUASE ninguém comprou ou tem, Forza Horizon não teve problemas com controvérsias mesmo tratando-se de um jogo com tudo para ser odiado, então recebeu boas críticas, e ninguém vai perceber se disser que é tipo um Need for Speed.

Ver também[editar]

v d e h
Forza logo.png