Forza Horizon 2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
FraqueZa Horizonte 2
Forza Horizon 2.png

Capa da versão paraguaia do jogo

Informações
Desenvolvedor Playground Games/Turn Down for What
Publicador Microsoft Studios
Ano 2014
Gênero Corrida com malandragem e contravenções de trânsito
Plataformas Xbox One
Avaliação 80%
Idade para jogar Quem gosta de Need for Speed mas só tem um Xbox 360

Forza Horizon 2 é mais um jogo de corrida e contravenção de trânsito da série Need for Speed só que exclusivo da Microsoft. Dessa vez o jogo é para o Xbox One e se passa na fronteira entre a França e a Itália, cujo ambiente é muito parecido (e muito melhor) com o ambiente do Need of Speed Rivals, o jogo anterior da série.

Desenvolvimento[editar]

Lançado em 2014, a Microsoft decidiu continuar a sua sub-série Forza Horizon ao perceber que ninguém queria saber do enjoativo Motorsport. A EA ficou putrefácia com o Forza Horizon 1, já que muitos fãs do NFS, tanto dos novos quantos dos antigos, decidiu apostar suas fichas e bundas no rival da Microsoft e em 2013 saiu o Need for Speed Rivals, na tentativa de recuperar a série, e que, deu errado.

Enredo[editar]

Ninguém se importa com enredo em jogos de corrida, então os desenvolvedores fizeram o favor de não criar nenhum enredo para este jogo, já sabendo que seria melhor fazer nada do que fazer algo mal feito e só irritar as pessoas com histórias imbecis. Ou será que aquela coisa tosca que jogamos é uma tentativa de enredo? O Objetivo final ainda é o mesmo: Ficar no papel de um manezão que provavelmente mora no carro atrás de carros e bundas (seja masculinas ou femininas).

Jogabilidade[editar]

Tal qual todos seus jogos antecessores (Need for Speed: Most Wanted, Need for Speed (2015), The Crew e tantos outros) o jogo se passa num mundo aberto de carros. Devemos então explorar cenários nos quais nossos carros não conseguem subir um meio-fio, apostando corridas, juntando dinheiro e adquirindo mais de 200 carros que são todos igualmente ruins. A customização foi piorada e ficou mais realista e ainda tem um modo rally.

A chuva no jogo foi meticulosamente tratada de modo a trazer um ultrarrealismo e uma experiência única aos jogadores. Agora as chuvas duram 30 segundos, afinal a meteorologia funciona assim e uma pista seca em outros 30 segundos, pois é assim que a física do asfalto molhado funciona. E ainda nessa onda de realismos, o jogador ganha XP por ficar dando cavalo-de-pau ou pulando de carro em rampas, porque é assim que nos tornamos melhores pilotos e conseguimos carros raros na vida real.

A jogabilidade online foi inovadora para a sua época pois ao contrário da maioria dos jogos online você não precisa ficar esperando todo mundo ficar online numa sala, apenas clica e aparece numa competição online na qual a sua internet horrível vai fazer seu carro bugar, lagar, crashar e estragar toda a sua experiência que foi pensada apenas para locais de internet boa como EUA. Por isso criaram os Drivatars, algo que chamou muito a atenção, que são uma inteligência artificial que dirige por você nas competições online enquanto seu Xbox está desligado ou sua internet uma merda, assim até as pessoas da Etiópia poderiam ter a chance de jogar.

v d e h
Forza logo.png