Franja

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Franja caiu sobre a testa porque não havia lugar melhor pra se aquietar ou pra sossegar o rabo, mas rabo é de cavalo e franja não é uma crina. Franja cai sobre a testa por precisar de um apoio, talvez por isso franja seja coisa de fresco, não que se deva mandar seu apoio pro buraco, mesmo que você tenha pelo no cu, mas isso não é franja. A exemplo da franja, apoio pode ser um problema, até mesmo pra cabelos, então sempre dispense apoio, a testa não apoia a franja por amizade, mas só por conveniência de momento.

Desfranjando[editar]

Franja com o estilo do Chuck Norris.

Não se deixe levar pelo nome da sessão pra sair atacando franjas por aí, pois isso de atacar emos é paixão incubada coisa do passado e saiba que também não aprecio franjinhas, embora não tenha nada contra, mas desfranjar se trata de outra coisa. Não é o mesmo que depenar, pois franja não é franga - nem mesmo foneticamente essas letras se confundem - nem por isso frangas são impedidas de usar franjas, seja por gosto ou involuntariamente. Franjas não são apenas de cabelos, podem ser de pano ou de qualquer outra coisa, mas a franja deve cobrir a superfície até uma parte e ser vários penduricalhos um após outro.

Em geral são roupas feias, no estilo country onde algumas tiras de couro viram franjas, mas esse estilo de moda nem é original dos vaqueiros de USA, pois os índios nativos é que faziam as tais franjas na roupa e usavam mais na lateral das calças por ser uma costura prática que não provoca coceiras por ser do lado de fora e então para enfeitar basta o tecido que restou virar franja. Nesse caso é até legal, mas eles tinham que inventar mais e passar as franjas para as jaquetas. Felizmente nem todos por lá adotam essa moda que não muda nunca.

Franja sempre existiu, mas esse foi o primeiro a fazer disso, moda.

Se ouvir que algo é franjado, pode saber que são tirinhas de qualquer coisa e, algumas vezes são penduricalhos coloridos e brilhantes. Alguns gostam até de usar cortinas franjadas ao invés de colocar uma porta decente ou pelo menos, uma cortina de verdade ao invés daquele estranho circo entre um ambiente e outro. Calcinha com franjas, pode não ficar feio nem fazer com que alguém broxe, mas é um pouco confuso se estiver escuro: imagine que sente as franjas na boca e fica confuso se a dona das franjas está ou não sem calcinha.

O crescimento[editar]

As franjas não foram inventadas por aquela bicha que ajeita o seu cabelo, nem foram inventadas por alguma tia, embora algumas tias passem a usar franja para esconder as rugas, caso tenham medo do tal do botox. Franja apenas existe porque alguns cabelos ao invés de ficarem saudavelmente para cima, acabam por ir para a testa sem que ninguém tenha solicitado. Quando a juba acaba crescendo muito, então precisa haver o corte. Algumas vezes a franja é escalpelada, outras vezes é cortada apenas acima dos olhos novamente, outras vezes nem se corta e apenas é apoiada atrás das orelhas, então a franja deixa de existir se misturando ao restante dos cabelos.

As franjas crescem em muitos animais fauna afora, mas muitos dos humanos ficaram viciados em franjas, tanto que mesmo as franjas afro, que ficam parecendo uma espécie de poodle na testa, acabam por ser esticadas mediante alisamento, de modo que a franja caia na testa, mas isso nem seria necessário, pois a franja mesmo esticadinha continua sendo um penteado meio ridículo, principalmente pra homem, mas há gosto pra tudo e se até mesmo alguns tipos de equinos têm franjas, então por que implicar com isso? Cada um que faça da franja o que quiser. Como algumas vezes a franja é involuntária e falta tempo para ir cortar essa porra, não sendo conveniente escalpos em si mesmo, pois se você já tentou pra fazer outra coisa com o dinheiro que seus pais deram pro cabeleireiro barbeiro, achando que era fácil (parece), já sabe a desgraça que fica... mas nem sempre há tempo e a franja pode começar a coçar no testão... então se pode penteá-la pra trás ou para os lados, menos mau do que a fresca franjinha reta, mas isso apenas é solução por um tempo... já outras partes você mesmo pode aparar, pois mesmo que não fique bonito(...), ainda assim não é todo mundo que vê.