Fred (futebolista)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Frederico Chaves Guedes)
Ir para: navegação, pesquisa
Fred
Fred.jpg
Estado natural de Fred quando entra em campo.
Apelidos Cone
Nascimento 3 de outubro de 1983
Nacionalidade Bandeira do Brasil Brasil
Altura quase 1 e oitenta e pouco
Peso 84 Kg
Clubes América Mineiro, Cruzeiro, Lyon, Fluminense, Atlético Mineiro, Cruzeiro
Estilo de Jogo Coneficação
Gols incrivelmente, mais de 300


Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: O HOMEM INVISÍVEL Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Fred (futebolista)
Cquote1.png Você quis dizer: Cabelo de Bombril Cquote2.png
Google sobre Fred (futebolista)
Cquote1.png Você quis dizer: Panturrilha de Vidro Cquote2.png
Google sobre Fred (futebolista)
Cquote1.png Você quis dizer: Peter Siemsen Cquote2.png
Google sobre Fred (futebolista)
Cquote1.png Você quis dizer: Cone de Trânsito Cquote2.png
Google sobre Fred (futebolista)
Cquote1.png Você quis dizer: Pior jogador da Seleção Brasileira Cquote2.png
Google sobre Fred (futebolista)
Cquote1.png Frederico! Cquote2.png
Dona Florinda para Quico
Cquote1.png E Fred está sentindo a panturrilha... Cquote2.png
Luis Roberto Após Fred entrar em campo aos 44 minutos do segundo tempo depois de 25 jogos parado
Cquote1.png Ô Fred, pode surfaaaaar! Cquote2.png
Torcida do Flu, em nova versão de "O Fred vai te pegar"
Cquote1.png Sai, Fred, tu tá andando em campo! Cquote2.png
Torcedor tricolor sobre chinelinho frediano
Cquote1.png Fred guerreiro!!!! Cquote2.png
Mesmo torcedor após gol de Fred
Cquote1.png Fred na área não altera o placar, bola no ataque e o Fred não consegue finalizar, tocam pra ele e naum sai o Gol, e ainda sonhou em ser um jogador de futebol Cquote2.png
Skank sobre sobre Fred na Copa 2014

Frederico Chaves Guedes, ou Fred é um futebolista brasileiro que atualmente joga na equipe do Crugayro. Conhecido por ser um grande artilheiro. Ele ficou conhecido por ser o melhor atacante e jogador da historia do FlorminenC. Mentira, mentira, Fred ficou conhecido na verdade por viver dentro do departamento médico do clube, mas ainda assim, ganhando seus milhões às custas do Flu.

O ídolo da torcida tricolor caiu na boca do povo. O goleador das Laranjeiras estava sendo perseguido pelo bafômetro da torcida só porque gostava de tomar umas e outras. Aliás , mais umas do que outras. Por conta de seu alto consumo de goró, Fred foi chamado de Lula das Laranjeiras. Na verdade, a esquisitona e “alegre” torcida tricolor só admite que seus jogadores consumam “uns bons drink”: o caipisaquê de lichía, uma bebida afrescalhada, totalmente adequada ao espírito sensível do torcedor pó-de-arroz. Dizem até que o caipisaquê de lichía era o drink favorito das mulheres encalhadas do Sex and City. Aliás, o Fluminense , assim como os bambis do São Paulo, não usa só pó–de-arroz , os tricolores também curtem uma base , um esmalte , um belo batom e um delineador de boa marca .

Carreira do rapaz[editar]

Coelo[editar]

Fred mostrando a posição correta da boca para fazer gols

Começou na equipe do América Mineiro, onde ainda era júnior. Ficou conhecido da mídia em 2003, após fazer um gol com apenas 3 segundos de jogo, quando deu uma bicuda do meio de campo, surpreendendo o goleiro adversário, que ainda estava rezando, pedindo por um bom jogo. Mas era pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, então não valia nada. Até 2009 era o gol mais rápido da história nos últimos cinco minutos, mas um Sheik acabou com a graça quando deu uma bicuda mais forte ainda do que a de Fred.

Raposa[editar]

Depois do América, Frederico queria ir para um time grande, mas não queria largar os famosos pães-de-queijo mineiros. Deu a lógica: o Cruzeiro cresceu o olho no menino e adquiriu seus direitos econômicos, federativos e o de ir e vir.

Em 2004, Fred já fazia um monte de gols pela equipe azul, mas dava pra ver que ele ainda estava verde. Precisava amadurecer bastante até atingir o nível azul, e isso aconteceu no ano seguinte, em que fez 40 gols em 43 pelejas. Foi tão bem pelo Cruzeiro naquele ano que conseguiu até ser o artilheiro do Campeonato Mineiro, além de ser o artilheiro da Copa do Brasil com 14 tentos, marca essa que ninguém atingiu (nem vai atingir, pois os times bons cagam e andam para a Copa do Brasil).

As boas atuações de Frederico foram tão boas que (adivinhe?) ele foi vendido ao exterior, ao clube francês do Lyon. Bom para o Cruzeiro, que perdeu um óptimo jogador, ?

Lyon[editar]

Cquote1.png Experimente também: Banco de reservas Cquote2.png
Sugestão do Google para Fred (futebolista)
No Lyon ele chegou já querendo ser o sinistrão, mas descobriu que lá na Europa não é comum que um jogador seja dono, presidente, treinador, preparador físico, roupeiro tudo ao mesmo tempo. Por isso, ficou sem ambiente por lá e acabou sendo mandado embora pelo legítimo presidente do clube. Além disso, surgia na base o jogador que viria a ser um cara comum um dos grandes atacantes do futebol francês: Karim Benzema. Pelo jeito, Fred teria que se benzer bastante pra jogar naquele time.


FLUMINENSE[editar]

Veja o erro gritante na camisa.

Insatisfeito com a reserva, como todo jogador brasileiro, Freud deu um ultimato ao presidente do OL: Cquote1.png Ou me libera para o Brasil, ou lhe parto a cara! Cquote2.png Depois desse discurso ao estilo D. Predo, Fred conseguiu a liberação para jogar no Brasil. Mas faltava um pequeno detalhe: algum clube teria que ter interesse nele! O Cruzeiro foi um time a se interessar pelo jogador, mas não foi em frente, porque a torcida já estava satisfeita com o presidente centroavante da época. Sobrou então para o Fluminense, que adquiriu o jogador por um período longo.

Não se sabe o motivo, mas sua chegada foi intensa, e a torcida estava eufórica, parecia até que haviam contratado o filme do Pelé (era melhor contratar o filme do Pelé.)! A euforia era tanta que o departamento de marketing do Flu errou feio ao escrever na camisa comemorativa "FRED CHEGOL"! Ai, que burricos!

Mas Fred surpreendeu a todos e chegol chegou arrebentando, fazendo uma penca de gols no campeonato Carioca de 2009, ajudando o Fluminense a não ser campeão, já que o Rio de Janeiro vivia na dinastia urubuzática. Mesmo assim, tornou-se um grande ídolo tricolor por um grande motivo: o Brasileirão - 2009, no qual Fred se empenhou, vestiu os chinelos e foi direto para o Departamento Médico comer uns pretzels enquanto assistia às partidas do tricolor. Uma vez até largou o Departamento Médico de última hora para ir surfar! Isso mesmo, caro leitor! Mas quando todos duvidavam, Fred ressurgiu das guimbas cinzas assim como a Fênix e pisou em todos os adversários! Uma partida que marcou foi contra o Cruzeiro em Minas, quando Fred fez dois gols, virando a partida. Depois disso, crise no Cruzeiro.

Fred lançando o patrocinador para a torcida. Bela forma de fazer propaganda!

No tricolor carioca, Fred imortalizou sua típica comemoração em gratidão à Unimed. Ele faz com as mãos uma forma de coração e faz um movimento de como se estivesse lançando o patrocinador para a torcida, que alienada, acha que ele bota o coração no escudo do Fluminense. Mas não é o Fluminense que paga seu salário, ué...

O Flu ficou invicto nos últimos onze jogos, compensando o resto do campeonato, em que talvez não tivesse marcado onze pontos até a volta do Fred, que livrou o tricolor do rebaixamento na última rodada. Mas todos sabem que jogador caro não joga a segundona nem a terceirona, no caso do Flu. No mesmo ano, ele levou o Flu até a final da Copa Sul-Americana, onde encontrou o seu maior algoz: Boavista Liga de Quito. Coitados, tomaram uma sova lá na altitude e não reverteram aqui, num jogo tenso, em que Fred quase espancou o árbitro Carlos Amarella.

No ano de 2010, o Fluminense foi campeão brasileiro, embora o tenha sido só por incompetência do Corinthians, o que não muda o fato. Fred ajudou muito, com uma média de 4 gols em 6 jogos. Pena que o torneio teve 38 partidas. O grande craque do campeonato acabou por ser Darío Conca, que jogou todos os jogos, umas 20 vezes mais do que o Fred, que teve a ousadia de querer ser capitão no jogo do título. Dá pra ouvir isso? É brincadeira!

Em 2011, Fred passou a exercer o papel de jogador-dirigente-preparador-médico-roupeiro-presidente-Roberto Justus do Fluminense, demitindo Muricy Ramalho e esbanjando respeito aos seus companheiros de time, especialmente ao atacante Emerson Sheik (ou melhor, a amante dele), com quem Fred mostrou-se muito prestativo, verdadeiro e generoso. Emerson, por sua vez, foi incompreensivo com tamanha generosidade de Fred e, depois de cantar o Bonde do Mengão sem freio no ônibus, a caminho de um jogo importante, Roberto Justus Frederico, o Justo, não viu outra alternativa se não demití-lo também. Rumores dizem que o próximo da lista é Ciro, que já chegou ao Fluminense acertando sua BMW de 400 mil reais com uma bolada, vinda de uma finalização errada.

Fred é na verdade quem sabe é gay(ou não), ele foi pego com Rafael Moura, no bar às 01:00 da manhã o que será que eles estavam fazendo, eu num sei, e ainda bebeu bastante, e ainda com suas amiguinhas do lado, Fred bêbado e às 01:00 da manhã junto com o he-mam com aquele corpão falando que iria pro Coringão.

Nota: verifiquem a história do "fred manja" ...

Seleção Brasileira[editar]

Fred, além de passar por times de quinta categoria, também já foi escalado algumas vezes para a seleção da República do Bananil. Começou com amistosos aleatórios em 2005, contra a Guatemala, Emirados Árabes Unidos e Rússia, onde marcou 2 gols nos homens-bomba (parte de 8 gols brasileiros contra nenhum deles, algo me diz que o plano de explodir a rede deu errado) e 1 anulado nos commies.

Copa do Mundo de 2006[editar]

Cquote1.png Muito David Luiz, Senhor cabelo! Digo, digo... Cquote2.png

Foi convocado pelo barreira Parreira por falta de opção, e ficou mesmo assim de reserva de Adriano Imperatriz e Ronalducho. Marcou seu primeiro gol em copa contra a Austrália em um 2x0, onde entrou e fez um gol em seguida, mostrando que sabe fazer alguma coisa (alguma coisa bem mais ou menos).

Copa América de 2007[editar]

Entrou de penetra porque o Dunga não percebeu e achou que fosse um zelador do estádio. Não fez muito, mas mesmo assim o Brasil ganhou, tendo a final com los hermanos em um 3x0.

Copa América de 2011[editar]

Foi chamado pra ser 3° goleiro reserva do time por Mano Menezes, mas como o Neymar tinha que sair no segundo jogo, Fred foi chamado, novamente por falta de opção. Não deu muito certo, já que o Brasil empatou com a China da América: estava 2x1 pro Paraguai, quando Fred não deixou fazer feio e fez o gol do empate, que não valeu de muita coisa pois ninguém se habilitou a virar o jogo. Mas o Brasil acabou saindo nas quartas, pelos próprios hijos de puta paraguaios, que ganharam nos pênaltis por Fred não ter acertado bosta nenhuma.

Depois desse tempo, foi escalado por Felipão, substituindo Mano, pra jogar uns amistosos aqui e ali, onde só saíram empates bizonhentos, contra a Inglaterra, Itália e novamente Rússia, onde marcou 1 gol em cada um, mostrando que o time estava brincando de vivo e morto. Depois de ser convocado pra Copa das Confederações de 2013, jogou também num novo amistoso contra os chapeleiros ingleses, marcando novamente só um gol, e novamente um empate, e novamente uma bosta de jogo.

Copa das Confederações de 2013[editar]

Ficou no banco nos jogos contra Japão e México, mas quando voltou, mostrou que está só o pó que é realmente um bom jogador, penetrando (ui!) a defesa italiana com 2 gols, a cisplatina com 1 gol e a espanhola com o gol da final, mostrando que pelo menos a das confederações a Dilma comprou.

Copa do Mundo de 2014[editar]

Fred nas férias de verão.
A verdade sendo revelada.

Cquote1.png Como assim, o Fred jogou nessa copa? Eu nem vi... Cquote2.png
Stevie Wonder sobre Fred

Além de fazer cosplay do Seu Madruga com um bigode feio, fingiu um pênalti pros croatas, e mesmo assim foi marcado pelo Neymar. Entre isso, mostrou que entrou no estádio só pra assistir o jogo de um local privilegiado, até quando fez um gol cagado contra Camarões.

Logo após o "crack" do Neymar pelo zagueiro vilão Bane da Colômbia (vulgo Zuniga, ou Zunigueiro), o Hulk tranquizilou toda a nação brasileira e revelou a arma secreta do Brasil contra a Alemanha: quando o Fred gritar Shazam, vai finalmente virar o superartilheiro que o comentarista Neto da Bandeirantes tanto fala. Parece que falhou...

Ligações externas[editar]

MainardiInv.JPG Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
Provavelmente ele(a) é um(a) idiota inútil que não vale porra nenhuma!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.