Fundação Dorina Nowill

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O smille tomando sol: um dos maiores símbolos da fundação
Hum, é mesmo?? Nem li.


Cquote1.png Você quis dizer: Dorinha Cquote2.png
Google sobre Fundação Dorina Nowill
Cquote1.png Nem li Cquote2.png
Stevie Wonder sobre a carta da Fundação Dorina Nowill
Cquote1.png Eu também Cquote2.png
Dorina Nowill sobre a carta da Fundação Dorina Nowill
Cquote1.png Quem não tem colírio... Usa óculos escuros! Cquote2.png
Vital e sua moto sobre Fundação Dorina Nowill e seu lema

Fundação Dorina Nowill é uma fundação dedicada a cuidar dos deficientes visuais... Ou seria audio-visuais? Ah! Foda-se! Tudo teria começado quando a mulher fundadora, ou então popularmente chamada de Dorina Nowill (O RLY?), ficou cega por causa de uma infecção nos olhos.

Cquote1.png AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! Cquote2.png
Você sobre afirmação acima

Bem, vamos começar logo o artigo.

História[editar]

Dorinha Nowill, a fundadora da fundação Dorina Nowill
NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Fundação Dorina Nowill.
A rádio da fundação. Note como o logo é original

Tudo teria começado quando a mãe de Dorina tinha engravidado (dããã...).

Depois de 17 anos, Dorina estava em um dia comum de estudante: ralando muito para passar no vestibular e sempre temendo que esqueceria de responder alguma pergunta corretamente... Ah, você me entendeu, as típicas preocupações de estudantes.

Então ocorreu que ela estava escrevendo e uma ponta de um grafite entrou em seu olho. Assim ocorreu uma infecção e depois uma hemorragia... Depois veio a cegueira.

Cquote1.png '-' Cquote2.png
Você sobre a infecção

Dorina passou no vestibular, mas infelizmente não sabia como iria frequentar a universidade cega, pois os livros em braile eram poucos.

Para o pai de Dorina, dane-se, pelo menos passou no vestibular.

Fundando a fundação[editar]

Depois conseguiu se formar de maneiras desconhecidas como aluna normal. Acabou virando professora e no final acabou criando uma fundação que levava o seu nome.

O objetivo da fundação era levar livros em braile para mais cegos como Dorina e também incluir o cego no mercado de trabalho.

Atuação[editar]

Gn.gif Nenhum resultado encontrado para "Atuação"
Google sobre Fundação Dorina Nowill


Atualmente essa fundação ficou congelada na mídia. Não aparece nem com reza brava ou então com macumba. A atuação ocorre em escolas, centros e praças... Mas tudo isso não adiantou nem para as pessoas saberem o que é essa fundação ou então o que ela faz.

Mas por ser uma ONG, ela acabou fazendo algum progresso em partes como o sudeste brasileiro onde cada vez mais é necessário ter algum emprego para não ser chamado de vagabundo. Os cegos que vão até a fundação (ou a fundação vai até eles... Eu não sei!) são instruídos em como achar um emprego (senti uma ironia aí), como puxar o saco do chefe (isso se acharem o chefe... Agora virou sarcasmo) e também como ser pró-ativo.

Também foi criado uma personagem para tentar dar um "up" na fundação e sua popularidade, o nome dela é Dorinha da turma da Mônica que aparece em raras ocasiões e representa o público cego da revista assim como luca os deficientes físicos e Cebolinha os deficientes mentais... Hum... Espere um, pouco... O Cebolinha é doente mental desde quando?

Cquote1.png Desde sempre, oras! Cquote2.png
Cebolinha sobre ele ser um doente

Ver também[editar]