Fuzz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Morena a toa.jpg
María Fernanda Malo Álvarez
MARIA+FERNANDA+MALO+11.jpg
Nascimento 19 de novembro de 1985
Cancún, Quintana Roo
Nacionalidade Bandeira do México México
Ocupação Cantriz
Medidas 80-56-80 cm
Altura 1,53 m
Signo Escorpião
Olhos Azuis
Cabelo Loiro

Cquote1.png Recuse imitações! Cquote2.png
Taylor Momsen sobre Fuzz
Cquote1.png Imitação o cacete, eu nasci primeiro! Cquote2.png
Fuzz sobre comentário acima

Fuzz é o nome de guerra pelo qual é mais conhecida María Fernanda Malo, uma gostosa mexicana que basicamente é uma versão latina da Taylor Momsen, ou seja: uma loira burra attwhore metida a roqueira que faz bico de atriz, cantora e modelo, sendo péssima nas três ocupações. No Brasil, é conhecida apenas por ter interpretado a vilã patricinha da novela Rebelde, mas no México ela é famosa desde a infância e já inspirou punhetas do público masculino de todas as idades, desde guris retardados que mal entraram na puberdade e recém descobriram que o pau serve para algo além de mijar até tiozões idosos pervertidos cujo pau mais broxa que endurece.

Sobre ela[editar]

Cquote1.png Espelho, espelho meu, existe alguém mais bela do que eu? Cquote2.png

Nasceu em Cancún, aquela praia paradisíaca que é ponto turístico obrigatório para os ricaços e um dos únicos lugares de todo o México onde realmente tem gente bonita, e não somente latinos sujos e fedorentos. Mas Fuzz não ficou morando lá por muito tempo, e com apenas quatro anos de idade sua família resolveu se mudar para a Cidade do México, pois lá a beleza da garota se sobressairia mais e poderiam ganhar dinheiro em cima disso.

Sua carreira artística teve início em 1989, quando fez parte de um grupo musical infantil criativamente batizado de Kids. Além dela, também faziam parte daquela exploração mirim as cantrizes Sherlyn e Dulce María, com quem viria a atuar futuramente em Rebelde. Desde então, Fuzz se considera uma cantora, mas nunca mais lançou nenhum trabalho relacionado à música desde que saiu do Kids. Chegou a montar uma banda de rock amadora depois, mas não teve a mesma sorte da sua clone rica Taylor Momsen, que fundou a The Pretty Reckless com seus miguxinhos emos e conseguiu chegar ao cenário mainstream com aquele lixo.

Graças a sua boa aparência física, porque com certeza ao talento é que não foi, Fuzz aos cinco anos de idade começou a participar de vários comerciais televisivos, e a partir dali, passou a acreditar que tinha alguma chance de se tornar uma atriz de sucesso. Com a inevitável ajuda do teste do sofá, foi aos poucos conseguindo papéis de figurante em produções de baixo orçamento para cinema e televisão. Paralelamente a isso, complementava sua renda trabalhando no book rosa, então fez muitos ensaios fotográficos vulgares sensuais para revistas masculinas mexicanas que tentavam fajutamente imitar a Playboy.

Rebelde[editar]

A grande oportunidade de Fuzz como atriz surgiu em 2005, quando foi convidada para interpretar a antagonista da segunda temporada de Rebelde, até hoje a novela mexicana adolescente que mais atraiu fãs ao redor do mundo. Na verdade, ela nem era a escolha original para o papel, mas tirou proveito do conchavo que tinha com Dulce María para convencer os produtores utilizando seu elevado QI (Quem Indica). Sua personagem era rival da protagonista vivida por Anahí, por ambas serem patricinhas mimadas loiras dos olhos azuis que todo mundo queria comer, mas na vida real ambas as atrizes se deram muito bem e acabaram se tornando melhores amigas.

Aproveitando o sucesso de audiência que era Rebelde, o SBT após o término da novela resolveu colocar em seu lugar outra trama que tinha Fuzz no elenco, A Vida É um Jogo, mas o resultado foi mais decepcionante que o da primeira reprise da versão nacional de Carrossel, por isso a exibição foi cancelada e passaram apenas trinta e poucos capítulos de um total de cento e tantos. Por algum motivo escroto, Fuzz aparecia creditada como Marifer Malo.

Atualmente[editar]

Já que ser nerd está na moda, Fuzz decidiu embarcar nessa e de uma hora para outra se declarou uma fã apaixonada do Batman. Para atiçar os punheteiros tetudos que curtem quadrinhos, ela disse que um de seus planos futuros é participar de uma sequência do filme Batman XXX interpretando a Arlequina, e que mal pode esperar para realizar um threesome com o Coringa e a Hera Venenosa.

A verdade é que há alguns anos, a carreira de Fuzz se encontra bem decadente. Sua última atuação relevante foi em Miss XV, novelinha boçal produzida pela Nickelodeon exclusivamente para a América Latina. Desde então, ela vem sobrevivendo mais com a carreira de modelo, e agora desembestou que vai se tornar mais uma das Barbies humanas. Seu objetivo é desbancar a ucraniana Valeria Lukyanova do posto de aberração plastificada ambulante mais parecida com a boneca. Enquanto ainda não tem grana o suficiente para se estragar na mesa de cirurgia, Fuzz se contenta em bancar a gostosa do Instagram postando fotos cheia de maquiagem e photoshop.

Ver também[editar]