Gena Lee Nolin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Gena Lee Nolin
Baywatch-gena-lee-then-290x.jpg
Nolin em seus tempos áureos
Origem Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Data 29 de novembro de 1971
Onde trabalha Malibu
Talento(s) Correr em câmera lenta
Dados
Cabelos Loiros
Olhos Azuis
Altura 1,75
Peso 55
Busto 89
Cintura 61
Quadril 86
Coxa 58
Perfil
Hobby(ies) Respiração boca a boca
Característica marcante Peitos balançando
Frase Cquote1.png Qual maiô vermelho devo usar hoje? Cquote2.png
Prêmios Mulher Mais Sexy do Mundo 2001
Website
Twitter

Gena Lee Nolin é uma atriz e modelo pornô que ficou conhecida por interpretar uma daquelas salva-vidas gostosas do seriado SOS Malibu, ícone dos adolescentes punheteiros nos anos 90. Como as personagens femininas da série eram todas iguais, basicamente um monte de peituda siliconada usando um maiô vermelho apertado, ela acabava sendo ofuscada por sua colega de elenco Pamela Anderson, que tinha as maiores próteses de silicone nos peitos e por isso era a que mais se destacava.

Ela sempre tem certeza que não estão olhando para seu rosto.

Começou a carreira trabalhando como assistente de palco no programa The Price Is Right, um besteirol tipo aqueles que o Silvio Santos apresenta aqui no Brasil, no qual os participantes tinham que adivinhar o preço de mercadorias variadas para concorrer a prêmios. A função de Nolin consistia apenas em aparecer sorrindo falsamente ao lado desses prêmios para dar uma suposta valorizada nos mesmos, já que era tudo porcaria falsificada do 1,99.

Biografia[editar]

Teve uma infância fútil igual à de toda gostosa americana, sempre brincando de Barbie e crescendo tendo a boneca como um modelo ideal de aparência e comportamento a serem seguidos. Uma pessoa normal deve estar se questionando como raios alguém vai querer se comportar igual a um objeto inanimado, mas é exatamente isso. Gena Lee Nolin desde criança sonhava em não fazer porra nenhuma quando adulta e ser admirada unicamente por sua beleza.

Na adolescência, continuou seguindo o estereótipo manjado que a gente vê nos filmes, tornando-se a garota mais popular da escola e virando a líder de torcida mais cobiçada pelos atletas do time de futebol, revezando-se de hora em hora para suprir as necessidades sexuais de todos os jogadores. Por ser a típica loira burra patricinha que não estuda, também subornava sexualmente seus professores, oferecendo sempre uma boa foda em troca de uma boa nota.

Gena Lee Nolin dormindo... em pé

Já adulta, arrumou emprego como garçonete em um bar espelunca em Las Vegas, onde logo foi descoberta pelo olheiro de uma agência de modelos. Participou de muitos desfiles e concursos de beleza, mas como toda modelo em início de carreira, acabou recorrendo logo ao book rosa para conseguir trabalhos mais lucrativos. Após fotografar para vários pôsteres de borracharia, finalmente conseguiu juntar uma boa quantia em dinheiro que pudesse pagar seu maior sonho de consumo, não só dela mas de toda americana que não está acima do peso: implantes mamários. Como silicone ainda era uma novidade e custava muito caro, Nolin acabou recorrendo a um plástico mais barato e vagabundo, oriundo de dildos usados doados para reciclagem e derretidos para servir como matéria-prima.

Carreira[editar]

Os novos peitos turbinados de Gena Lee Nolin chamaram atenção do apresentador Bob Barker, que a convidou para ser uma de suas assistentes de palco. Nolin estava para Barker assim como Rita Cadillac estava para Chacrinha, sendo a sua favorita e a que mais aparecia no programa. Os chefões da CBS acharam que ela merecia uma promoção como recompensa pelos altos índices de audiência que o ibope alcançava quando as câmeras lhe focalizavam, então Nolin foi transferida para atuar em The Young and the Restless, um seriado tão tosco dramático que mais parecia uma novela mexicana.

Cansada de colecionar papéis de figurante, Nolin finalmente ganhou a chance de interpretar uma protagonista como a personagem-título de Sheena, adaptação televisiva da história em quadrinhos homônima. A série era ruim de doer, mas como a atriz principal aparecia peladona, conseguiu fazer sucesso e a transformou em uma das putas mais cobiçadas pelas revistas masculinas. Foi capa da Maxim, Stuff, Playboy e FHM, tornando-se uma das maiores responsáveis pelo surgimento de calos nas mãos no início dos anos 2000.

Características[editar]

Gena Lee Nolin ainda é lembrada até hoje por seus fãs tarados como símbolo sexual, embora a maioria nem saiba da sua existência, já que nos tempos do SOS Malibu tudo que os telespectadores memorizaram era aquele monte de boazuda correndo na praia e ficavam torcendo para escapar pelo menos um mamilo daquele maiô cafona. Sendo Pamela Anderson o maior destaque na série, as outras atrizes eram numeradas como suas dublês para que a carga horária das gravações não ficasse muito pesada para ela. Ou seja, muitas das cenas que davam close em seu corpo sem mostrar a cara, na verdade eram filmadas por Nolin, a dublê número um.

Nolin atualmente continua trabalhando como atriz, sendo que um dos seus mais recentes papéis foi na merdavilhosa franquia Sharknado. Mãe de quatro filhos, pode ser considerada uma bela MILF, embora tenha cagado a cara com aplicações infinitas de botox. É casada com o jogador de hóquei Cale Hulse, mas também já deu uns pegas em seu parente Tommy Lee, sendo que muita gente jura que aquele clássico vídeo que vazou da lua de mel de Pamela Anderson e Tommy Lee na verdade foi com ela, e não com Anderson.

Ver também[editar]