Gene Simmons (álbum)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Charlemagne-4.jpg Este artigo se trata de um álbum

E com certeza tem uma cópia pirata no camelô da esquina.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.


Carlos Eugênio Simonns com a cara pintada de preto e branco
GENE SIMMONS1978.jpg
Hard rock feito pra criancinhas ninarem
Lançado em 1978
Gênero Rárd Roque
Gravadora Casabranca


Gene Simmons foi o nome do disco solo do carinha de mesmo nome em 1978. Nesse ano todos os integrantes do nem KISS tinham decidido sabe-se lá por que fazer cada um deles um disquinho solo, pra provar o quanto cada um era burro e não sabia compor um álbum que prestasse tinha suas próprias influências e conseguiria mostrar isso em seus álbuns. Bem, no caso do Gene, ele não foi nenhum "gênio", pois seu álbum possivelmente é o mais merda de todos os 4. Tá, tudo bem, o do Pedro Cristiano é bem pior...

O álbum[editar]

O álbum em si tem letras bem ao estilo do Gene (ou seja, cheias de putaria), mas se você esperava ouvir um "God of Thunder" da vida no quesito porrada, perdeu seu tempo (e seu dinheiro consequentemente também, se você não fez como eu, que baixei do Mediafire). O disco é lotado de power ballads e frescurismos do tipo, o que leva à conclusão de que um disco do Bee Gees consegue ser mais pesado que esse disco do Gene. Tem horas que você pensa até que a banda que tá tocando é os Beatles e não o baixista/vocalista do QUIS.

Músicas[editar]

  1. Radioactive - Profecia sobre o desastre de Chernobyl
  2. Queimando o Cu Bem Quente - Sem comentários quanto ao teor dessa música...
  3. Te Vejo de Noite - Sobre novelas
  4. Túnel do Amor - Na boa... só o título dessa música deu enjôo...
  5. Confissões pro Padre - Gene contando todos os seus pecados...
  6. Adoro Pecar! - A continuação da música de cima
  7. Sempre Atrás de Você/E Ninguém Atrás de Mim - Gene provando que é macho! Até debaixo de outro macho!
  8. Multi-Homem - Lembram-se de Os Impossíveis?
  9. Senhor Pastor Ladrão - Em homenagem à Silas Malafaia
  10. Que Pesadelo do Carai Pensar em Você de Noite - Dispensa explicações, afinal você é feio que dói mesmo
  11. Quando eu me Sinto uma Estrelinha - Cara... mas o que é isso?