George Town (Ilhas Cayman)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

George Town (inglês: Cidade do Jorge) é a capital das Ilhas Cayman com estatuto de Território Brasileiro Ultramarino.

História[editar]

Em George Town até os iguanas são banqueiros cheios da grana.

Bem no começo só haviam três canibais, que logo diminuíram para dois, quando dois deles comeram o terceiro, mas aí chegaram os britânicos e a putaria pode começar. Eles queriam algo inovador que fosse além de plantar e vender bananas com a ilha vizinha "República das Bananas", foi então que eles tiveram uma ideia, devoraram todas tartarugas da ilha e construíram sobre seus antigos ninhos bancos que não se importam a mínima em preservar o sigilo fiscal seja de quem for.

Em George Town foram construindo majestosos bancos, erguendo belos restaurantes de três andares, e construindo complexos de moteis, devastando a antiga cultura nativa até só sobrar essa putaria que conhecemos hoje.

Economia[editar]

A cidade possui 600 bancos e 50 restaurantes de frutos do mar, as únicas duas coisas que os caymaneses precisam para sobreviver. A economia local que vive inteiramente do capital especulativo da grana a ser lavada dos políticos do Brasil e ditadores de toda África e Oriente Médio.

Turismo[editar]

O turismo na cidade é o segundo maior motor da economia caymanesa depois dos bancos. Os cruzeiros marítimos frequentemente aportam nessa cidade que exploram os turistas cobrando 50 dólares num copinho de água, e pasme, até 15 dólares numa amostra de 600ml de Guaraná Dolly.

Os visitantes dessa cidade podem ainda visitar a Seven Mile Beach, uma paradisíaca praia onde ao invés de conchas na areia é possível encontrar moedas de 10 centavos.