Girassol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zetsu rosto.PNG Este artigo faz parte do incrível mundo Vegetal Folhoso

Este vegetal foi certificado pelo Greenpeace sendo livre de agrotóxicos e outras pragas nocivas.

Cquote1.png Você quis dizer: Solzinho da Ri Happy Cquote2.png
Google sobre Girassol
Cquote1.png Você quis dizer: O desenho mais comum da Pré-escola Cquote2.png
Google sobre Girassol

NovoWikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Girassol.

Cquote1.png Me... dê... essa... SEMENTEEEE! Cquote2.png
Qualquer pombo sobre Girassol
Cquote1.png Sunflora, use SOLAR BEAM! Sunflora...? Cquote2.png
Treinador Pokémon confuso
Cquote1.png E com umã sementinhã de girassõl dessãs ã gente consegue fazê uma farinhãzinha vegana deliciosã! Cquote2.png
Bela Gil sobre as mil e uma utilidades do Girassol
Cquote1.png Ai, ela é muito dependente do sol! Pra mim isso é relacionamento a-bu-sivo! Cquote2.png
Guria retardada sobre Girassol

O Girassol é um suposto ser vivo que se auto denomina participante do reino das plantas, com raiz, caule, folha e tudo mais que tem direito. De odor agradável, tem um cheiro se aproxima ao da Camélia-magma e ao da Cicuta, bem na meiota entre eles; e com um pescoço que funciona como o melhor tripé natural do planeta, fornecendo assim máxima flexibilidade à plantinha pra ficar stalkeando o Sol.

Ela é conhecida por estampar a bandeira da Argentina, ser a principal inspiração para o bebê que interpreta o sol nos Teletubbies, exercer um ótimo papel de filantropo ao forcener suas próprias sementes aos grandes ratos que voam e ser a alma das festas da turminha de Botânica de 74, mesmo estando brigada com a Tulipa aquela erva-daninha.

Características de um Girassol[editar]

Pelo fato de elas ficarem perseguindo o Sol o dia todo, o EPI básico dos girassol sempre é o uso de óculos escuros.

Apesar de ainda estar indecisa sobre o seu gênero (é mais complexo do se declarar ser sexuada ou assexuada, ok?), pesquisadores confirmam que ela é do gênero Portugal; isto é, independentemente de gostarem ou não de uma ripa na xulipa ou, neste caso, uma polinizada radical, o odor do Bacalhau e a presença de um vinhozinho do Porto são indispensáveis na vida dessas loucas por energia solar.

Sua mania de perseguir o Sol já rendeu algumas pérolas em sua ficha criminal. A estranha obsessão de ficar observando cada movimento de seu confidente amoroso rendeu situações embaraçosas como quando, no meio de um dia comum, a Lua teve que ficar na frente do Sol só pra fazer ela parar com a mania bizarra, um fenômeno conhecido popularmente (e erroneamente) por nós como Eclipse. Apesar de tudo isso, o Sol não se incomoda, e até mesmo gosta da atenção extra. Boatos dizem que ele brilha mais na presença do Girassol do que para a sua Lua.

Segundo fontes confiavéis, a Desuniversidade estudou arduamente para descobrir a uma de suas principais características: a de que essa planta pode atingir até 3 metros de altura, ganhando de lavada dos seus mixurucas 1,70 pra menos, seu anão de jardim. A flor também possui um complexo sistema de captação de energia: seu formato arredondado com pétalas amarelas e sementes intensificam a potência do raiozinho de Sol que chega nele e deixa as sementinhas bem pertos para alguma abelha vir se esfregar, despejar todo seu amor e carinho e sair por aí distribuindo sua pole aos mais diversos lugares.

E sabe aquelas sementinhas que ficam na cabeça (ui!)da coitada? Pois aquilo não é só semente coisa nenhuma! Aquilo na realidade é como se fossem uns tubinhos que não servem pra porra nenhuma, chamados de capítulos. Neles, o Girassol escreve suas fanfics mais tenebrosas e alguns de seus mais apaixonantes contos. Quando o Girassol termina de escrever o seu capítulo, ele obriga a abelha que o fode sem nem ao menos pagar um jantar a sair por aí distribuindo seus capítulos a todas as flores, desde as Onze-Horas mais simples até as grandiosas Copo-de-Leite. Infelizmente as vitórias-régias não são tão fãs assim, pelo frequente uso da palavra "molhadinho".

Seus contos mais famosos foram: "A Semente da Vida", "Fungo do Amor" e "A Rosa e o Pepino - BDSM +18"

As Utilizações do Girassol[editar]

Embora ela seja conhecida apenas como a maníaca do Sol, nós seres humanos conseguimos transformar essa porcaria a plantinha em algo realmente útil, como:

E, como vimos no Castelo Rá-Tim-Bum, é um ótimo substituto para as plantas carnívoras e raquetes elétricas.
  • Poder fazer farinha de Girassol, como exemplificado por Bela Gil e outras mulheres passando fome pioneiras na busca de alimento alternativo.
  • Suas folhas podem fazer uns sedativos muito bons, mas que infelizmente ainda não é mais forte que o Ayahuasca ou o Chá de Fita.

Veja Também[editar]