Guarani Esporte Clube (Minas Gerais)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Guarani Esporte Clube (Minas Gerais)
Escudo do Guarani de Divinópolis.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Sport Club Democratic Black Panthers
Origem link={{{3}}} Minas Gerais Divinópolis
Apelidos Bugre Falsificado
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote Tamanduá
Torcedor Ilustre Héverton Guimarães, comentarista nascido em Divinópolis
Estádio Farião Gols mas não fizeram
Capacidade 4.000
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador Refrigerantes Guaraná Brahma
Time
Material Esportivo I Cu Sports
Liga Campeonato Mineiro
Divisão Módulo I
Títulos Troféu Agamenon – 2000
Ranking Nacional
Uniformes



Guarani Esporte Clube, conhecido como Iô-Iô do Mineirim (alcunha também reivindicada pelo Uberlândia EC). É considerado o 135º melhor time de futebol de Minas.

História[editar]

Fundação[editar]

H-menon (se escreve assim mesmo). Senhor, dono, ditador, mestre e prefeito de Divinópolis! Salve Mestre Hgamenon (pode escrever assim também)!

Fundado em 1930, na época era uma filial do Guarani de Campinas, porém o projeto foi abandonado em Divinópolis e acabou sendo adotado pelos moradores roceiros humildes da cidade. A cidade tem a fama de realizar a maior festa da cerveja do mundo para poder afogar suas tristezas com o clube da cidade.

O principal time de Divinópolis ainda é o Guarani, seu principal (e único) artilheiro é Hgamenon (NÃO, isto NÃO é um erro de ortografia). Agamenon (pode escrever o nome assim também) começou jogando pelo Guarani em 2.300 a.C. pela Taça Libertadores do Faraó. Desde então se tornou o principal atacante do time bugrino. Reza a lenda que seu corpo é congelado a cada 10 anos e reanimado após mais 10 anos, isso explicaria as longas ausências do clube da Elite Mineira e suas quedas constantes.

Campanha nos campeonatos mineiros[editar]

Apesar das dificuldades, o Guarani mantém grande regularidade na única competição que disputa durante o ano, o Campeonato Mineiro: nos anos ímpares, o time consegue ficar em primeiro lugar em uma das 46 rodadas, até terminar o campeonato rebaixado. Nos anos pares, a mesma coisa acontece, porém, sem ficar em primeiro lugar em qualquer rodada, mas sem rebaixar também.

Mascote[editar]

O seu mascote nada criativo é o bugre, mas também tem como animal de estimação o tamanduá-bandeira. Porque??? Só Deus e o Agamenon sabem...

Estádio[editar]

Costuma mandar seus jogos no Farião. Em épocas de chuvas e enchentes costuma praticar polo-aquático em seu campo, apesar da enorme quantidade de lama.

Títulos[editar]

  • Pentacampeão da Copa Libertadores dos Faraós em 2333ac, 2334ac, 2335ac, 2340ac e 2300ac
  • Campeonato Municipal da Terra do Divino – 1930
  • Troféu Agamenon – 2000 (Entregue pelo próprio Agamenon)
  • Troféu Papa-Formiga – 2003 (Título contestado como provocação pelo Funorte)
  • 55 Campeonatos do Módulo II – 1940 á 1995
  • 647 Campeonatos da Segunda Divisão – 2.340 a.C.até 2000
  • Copa Alterosa 1881 e 1883
  • Copa candidés 1913 e 1923