Guararema

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Guararema é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Se o Bin Laden tivesse se escondido aqui, ninguém teria achado.

Sciences de la terre.svg.png
Galinhacaipira.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Cquote1.png Você quis dizer: Cidade dormitório Cquote2.png
Google sobre Guararema
Cquote1.png Você quis dizer: Cidade Pra Velho Cquote2.png
Google sobre Guararema
Cquote1.png Você conseguiu acabar cm a nossa amizade!! Cquote2.png
Papagayo sobre Ursinho
Cquote1.png Olaria? Já fui muito lá, lugar agradável! Cquote2.png
Ronaldo Esper sobre Bar Olaria
Cquote1.png Adoro dançar funk na Praça do Coreto. Cquote2.png
Piranhas de Guararema sobre um domingo qualquer.
Cquote1.png Que merda! Não tem nada pra fazer nessa porra, meu! Cquote2.png
Paulistanos desinformados sobre Guararema.
Cquote1.png Eu gosto mesmo é da cachoeira... Cquote2.png
Maconheiro sobre cachoeira do Putim.
Cquote1.png Bemmmm louco..... Cquote2.png
Maconheiro sobre cachoeira do Putim.
Cquote1.png Em Guararema, quem não tem nada é você! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Guararema.
Cquote1.png Bar da Cigana? Já peguei muito traveco lá! Cquote2.png
Betinho sobre o bar mais badalado de guararema.
Cquote1.png Só tem gay nessa merda! Cquote2.png
Gente revoltada sobre visita Guararema.
Cquote1.png Você quis dizer: Rebelião de Bangu 1. Cquote2.png
Google sobre Carnaval de Guararema.
Cquote1.png Como gostam de falar mal dos outros! Cquote2.png
Típico pensamento sobre os cidadãos de Guararema.

História[editar]

Córrego limpido da cidade.

Após receber um pedaço de terra de 2m² da quenga que a escravizava, Maria Florência contrói uma capelinha ao lado do córrego poluído, vulgo Rio Paraíba do Sul. Logo após, surge uma linha de ferro, começando assim o início do tráfico de maconha em Guararema, proveninete da Zona Leste. Com essa mundaça, Guararema começou a atrair hippies e nóias em geral, que logo adotaram a cachoeira do Putim como lar. Sendo os primeiros habitantes da cidade, e gerando a atual população. Aos poucos, ficou sendo conhecida extraoficialmente como "A ERVA DO VALE". Mais adiante, alguns moradores de Mogi das Cruzes e São Paulo se interesaram pela cidade e resolveram criar suas famílias na cidade, começando a mesclar a população fútil. Alguns por falta do que fazer na infância se divertiam comendo terra e perseguindo formigas.

Orquídeas[editar]

Decepcionados pelo tamanho de seu órgão genital, os japoneses seguem rumo a região rural de guararema (Cerejeira) para o cultivo de maconha orquídeas. Não felizes com o cultivo somente de orquídeas, também cultivam cogumelos, para ajudar nas despesas do lar e, logicamente, elaborarem um chá para servirem nas cachoeiras por gueichas da terceira idade do clube Pindorama! Lembrando o velho mandamento: Você pode comer todo e qualquer cogumelo, porém tem uns que só se come uma vez, ainda vivo.

Índice de Pobreza[editar]

Caracterizado pelos frequentadores do coreto às sextas, sábados e domingos, a população desfavorecida monetariamente infesta os falsos "pontos turísticos" da cidade. Durante a semana, o povo desfavorecido trabalha em obras ou juntam recicláveis na cidade, o que é muito difícil, pois há lixeiras a cada 30 cm.

Diversão[editar]

Basicamente, a cidade conta com diversas praças, onde os moradores um pouco mais favorecidos ligam o som do carro e tocam funk durante a noite toda, atraindo o formigueiro todo da cidade.

  • Choperia : Lugar onde cowboys viados,filhos da puta,capeões,etc.. usam calça 3 numeros menores, e as mulheres são todas gordas e feias;
  • Olaria- Local GLS, não existe mais, as bixas choram lembrando como era bom e agora se reunem no pau d'alho
  • Teutonia - Lugar caro onde demora uma vida pra tomar uma cerveja e ela vem quente ("Eita lasqueira!")
  • Cais do Porto - Única balada da cidade. Frequentada pela pivetada da cidade, e apendizes de lesbicas masculinas. Acabou falindo depois que os pivetes enjoaram.
  • Sabor com Arte - Barzinho situado ao lado da choperia. Lugar imundo e falido , onde a Dona rouba Frango congelado no mercado e tem cachorro na cozinha.
  • Paris Lanches - Lanchonete com inúmeras opções, com o exclusivo X-Pêlo com Ovo, e X-Rola bacon. Este último, preferido pelos frequentadores da Olaria. A melhor pedida é o Bolovo - por conter alvejante.
  • Temaki Brasil - Os temakis são deliciosos, porém, o dono tem tique nervoso.
  • Delicias do chefe - Lugar onde você pede um simples pão com queijo branco e vem um X-orégano, com tanto orégano que o queijo branco fica mais verde que um gorgonzola.
  • Pesqueiro da Panêla & outros - lagoa miserável, explorada por pessoas inescrupulosas que acham que uma minhoca e uma vara velha alugada devem fazer sucesso. Não espere grande coisa. Após 5 dias a beira do açude - poluído - você talvez tenha pego um lambari raquítico ou um bagre qualquer,bem um baqre que não enxerga. Será explorado com cervejas a 20,00 reais, pf de arroz e feijão feitos a uma semana e a companhia desprezível de cachaceiros, usuários de oxi e crack e outras drogas baratas.

Pontos Turísticos[editar]

  • Ilha Grande - Ligado à cidade por uma pinguela quase caindo, onde os turistas ficam jogando pão velho para os lambaris do córrego Paraíba. Local apropriado para sexo e dar um tapa na pantera. É fechada durante a noite, para orgias particulares.
  • Praça do coreto - Reduto dos manos e das tilangas, tá ligado irmão, humildade sempre. Só gente feia falando mal dos outros.
  • Antiga Rua da Feira - Tornou-se uma extensão do Bairro Nogueira e consequentemente concentra um enorme número de bandidos, traficantes, gente tocando Legião Urbana e compradores de farinha de trigo. O que era para ser mais um local de passeio e diversão para os Illuminati locais, tornou-se um local de orgias, bebedeiras e badalação por parte da juventude transviada da cidade.
  • Pedra Montada - "ENGANA-TROUXA" para turistas desavisados. Também ponto de encontro de maconheiros e hippies vendendo seus trampinhos e também acreditam que próximo da li a uma area para pouso de discos voadores.
  • Pau D'alho - Único point que se situa ao lado do córrego. Tem esse nome por lendariamente ter uma árvore que cheira a alho, mas não cheira porra nenhuma.
  • Cachoeira do Putim - Um antro de maconheiros e outros nóias que fazem dalí uma comunidade semelhante àquela em que Bob Marley vivia na Jamaica. Diria mais, quiçá, um hospício natural onde todo mundo fica na boa, tudo legal e tudo lindo !
  • Reformas - Esse é um conjunto turístico essencial à cidade. As incríveis obras faraônicas desnecessárias caracterizam-se, por aparecem aleatoriamente, pelo enorme tempo de demora, a falta de trabalhadores trabalhando na mesma e principalmente por atrapalharem a vida de todos cidadãos.
  • Rua Pedro de Toledo - Rua horrível, onde tem uma enorme valeta que mais parece um buraco de uma obra da SABESP. O local é marcado por sangrentas batalhas entre homens bêbados e travestis revoltados com suas condições financeiras. Os espectadores dos confrontos geralmentes são omissos, até mesmo para comunicar a Polícia Militar.
  • Morro do Gerbásio - Atualmente a pista oficial do Rally dos Sertões, frequentado por marombeiros, playboys, maconheiros, coxinhas e demais habitantes da classe média da cidade. Local onde os Guararemenses levam as paulistaninhas inocentes para descabelarem o palhacinho. Paulistanas com falta de pinto procuram machos de Guararema para sarrarem-nas no morro.
  • Sitio d' Conte - lugar habitado por sacis rejeitados e extremamente dependentes de crack, rebanho de mulas sem cabeça de fogo apagado e desorientadas, Lobisomens anões de bafo de onça com má digestão, além de curupiras de unhas encravadas e caolhos, fogo-fato e boi tatá mansos e corneados, vampirinhos desdentados e afeminados. Guardiãs masculinizadas e com intenções escusas.
É preciso cuidado, porém nada que um trabalho de makumbaria brava não resolva. Vá e leve um crucifixo de tamanho avantajado.

Carnaval em Guararema[editar]

Muito conhecida pela região, o carnaval de Guararema, se resume em que todas as periferias de São Paulo se reúnem em uma rua fechada, para fazer badernas, brigas e fumar maconha. Os ditos "playboyzinhos" da cidade, formam blocos de carnaval para ver quem fala mais mal do carnaval, e as garotas já vão todas sem calcinha, para início de orgias rápidas durante a festa, regadas a muito álcool. Altamente recomendado para ex-presidiários, ou presos em condicional. Todos esses tipos nojentos, surgem da Zona Leste de São Paulo (Vila Formosa, Vila Ré, Itaim Paulista, Itaquera, Jardim Vila Formosa... entre outras pocilgas).

  • Tim Bebédo - Bloco de carnaval de boys e bichas que queimam por aí. Pagam de macho e acham que são fortes.
  • 100 noção - Bloco formado basicamente por pivetes, que seguem um cara apelidado de DÊ que leva eles pra casa para dar banho neles quando ficam bebados
  • Família Lambari - Todos, eu disse, TODOS, são vagais e gays.
  • SAT -(Sociedade Amigos do Tró)(sim esse é o nome, nao é piada) Só tem véio. Os unicos jovens são abusados sexualmente pelos véios!
  • Lúpologma - Caras que não tem nenhuma importância, pessoas vagas, pessoas cenários, nao fazem falta e nem preenchem vazios. Os nadas.
  • Bloco da Dóris - Todos travecos, loucos e rebolantes.
  • SMUG - um bando de jovens modernos, ditos como transsexuais.


  • Arueira - bloco só de mauricinhos e patricinhas, se acham diferentes, mas na verdade nao passam de uns transviados metidos a hipsters
  • Zika Memú - bloco de favelados que só pensam em brigar.
  • Tentação - Não tem nenhuma importância, não fede e nem cheira

A População[editar]

Como toda cidade com menos de 100 pessoas, os cidadãos de Guararema, costumam trabalhar na roça, é um costume comum e todo dia de tarde as pessoas se encontrarem para comentar relatos da cidade, falando mal das pessoas, lugares recém abertos, boatos sobre viados e vagabundas, e ficarem surrando paulistanos folgados que aparecem apenas para se achar e invejar a limpeza da cidade,infelizmente eles aparecem na região dizendo que querem tranquilidade, porém os guararemenses são altamente perigosos no chicote de três argolas, sendo assim, estalarão nas orelhas do "zona-lestianos" sempre desencadearem uma contenda. As meninas são todas criadas para atraírem os visitantes das cidades vizinhas para poderem criar uma vida fora da fazenda, loucas pra dar num Camaro Amarelo , bem ao estilo gas-gas-girl, nesse carro que já virou quase um fuscão-preto. Boatos fortes tem relatado a existência de uma epidemia zumbi na cidadela, fato bem provável, já que muita gente se parece um morto-vivo. Considerada mundialmente como o pior povo do globo.

Bairros[editar]

  • Centro - Lugar aonde a maioria das pessoas da cidade mora, é formado por apenas uma rua, a Rua Laurinda, ponto forte de fofoqueiros, viados e a "alta sociedade".
  • Nogueira - Reduto dos manos e bocada de Guararema. Após as 7 horas da noite, o toque de recolher é ativado, devido ao alto perigo dos moradores. Mais conhecido como base secreta do PCC. Sem contar que os "habitantes" desse bairro, cultivam feno e adestram cavalos em seu "habitat", chega ser estúpida a falta de cultura.
  • Lã de Rocha - O Elo perdido, no meio do mato, esse bairro é conhecido como vulgas fábricas de produção vietnamita, e produção em massa de maconha e produtos falsificados que são transportados, por meio de charrete, veículo básico da região, para a 25 de março e pelo grande números de garotas de programa.
  • Itapema - Bairro no meio do mato, aonde os caipiras alugam as chacaras para os visitantes. Lugar habitados por sacis, lobisomens e duendes, de acordo com os maconheiros da cidade.
  • Lambari - Bairro perdido, o verdadeiro "elo perdido", lugarejo sem infra-estrutura básica, mas dizem que é "praticamente no centro". três horas de carro com sorte até o centro. Antro de descamisados, plantadores e usuários de cannabis sativa , alguns raros pé de papoula, e também pesqueiros de lambaris, locais explorados por alguns elementos desterrados da capital.
  • Ipiranga - Entrada da cidade para quem vem por Mogi das Cruzes que mais parece uma favela carioca, onde pessoas ficam perambulando pela ruas como se fossem fantásmas. Enfim, onde se situa a "rodoviária" da cidade. Enfim, onde se situa TAMBÉM, um afluente do Rio Paraiba do Sul (pelo nome você imagina que que tem nele), onde são jogados tudo o que não presta, do corpo humano (incluindo o próprio ser humano), vulgo BOSTA.
  • Dona nizia - lugar onde so tem maconheiros e seres desconhecidos pelo resto da cidade.
  • Freguesia da Escada - lugar perto de Jacarei que e conhecido por sua enorme quantidade de barro ali presente .
  • Vale dos Eucaliptos -Bairro de uma rua só "Pedro clemente ", chamado de "favela", que fica as vistas de um grande hotel, lá mora de tudo um pouco, todos "povinhos" que vieram de outro estado se encontram lá para ouvir músicas altas de péssimo gosto,gostam de ficar acelerando carros velhos pra chamar atenção, se reúnem num único mercado da rua pra falarem mal da vida alheia, mulheres de péssimo gosto,que não tem dentes na boca e andam com roupas agarradas ao corpo, semi nuas, e os maridos fofoqueiros ainda acham tempo pra falar mal da mulher alheia sem olhar a "belezura" que tem dentro de casa.Recentemente formaram um grupo que chamam de V.D.E (vagabundos dos eucaliptos), são moleques e meninas criados sem pais, que vivem usando drogas nas ruas e se reúnem pra fazer arruaças.
  • Itaoca - Lugar não pavimentado e desconhecido pela maioria dos habitantes, tudo que se sabe é que se trata de um local muito afastado.
  • sitio dos marrons - so tromba negada loca pra fumar droga , ninguem merece morar em um lugar onde demora 30 mim para chegar no centro de apé
  • Parque Agrinco - Barrão prá lá da Dutra - (longe mesmo do centro) - onde os nóias da ZL alugam chácaras para fazer orgias com travestis barbudos e caseiros analfabetos ao som de funk carioca
  • Novos Loteamentos - centenas - muitos sitiantes cansados de plantar erva de má qualidade deram de uns tempos pra cá de lotear seus sítios de terra esgotada por anos de cultivo da cannabis e o péssimo habito de "enrolar um" e deixar a bia acesa e causar incêndios. Não caia nessa. O sonho da chacrinha de fim de semana será um pesadelo eterno com vizinhança nóia, rejeitados contumazes da cidade de SP, foragidos da justiça, pé de canas, descamisados e todos portadores de enfermidades infecto-contagiosas, oriundos da ZL ou seja da periferia extrema da Capital.

Comércios em Geral[editar]

  • Mago - Lugar onde o atendente do Hortifrutti fica cantando forró safado e que 1 a cada 50 funcionários do local sabe falar "bom dia".
  • CareiroMonteiro - O supermercado mais caro da cidade frequentado por guararemenses metidos á besta e de carrinho vazio.
  • Mercadinho Camomila - Lugar onde os preços são bons, porém, não é possível se locomover por conta do espaço minúsculo, onde anda-se tropeçando nas mercadorias.
  • Monteirinho - Igual a matriz, tudo caro. Só serve pra vender pão e o espaço é menor que uma lata de sardinha.
  • Mercadinho Barão - Além do preço alto, possui pouquíssimas opções de marcas (no caso, uma marca de cada produto) mas é a salvação de muita gente em uma cidade que não possui se quer UMA loja de conveniência.
  • Magazine do Real - Situado ao lado da praça do coreto. O preço é muito bom, porém, o local é frequentado por baianos sem-educação, pirralhos chorões e mulheres com o suvaco peludo. É uma ótima opção para quem adora ouvir músicas de "ótimo gosto" em volume máximo. E onde os probys frequentam.
  • venda do Manoel & Joaquim, irmãos luzitanos, sistema pegue e marque, tradição de mais de 80 anos, você pega a mercadoria eles marcam na caderneta - livrinho de anotações, 1 kg de açúcar vira 5kg, 1kg de chuchu vira 3kg, bola de gude vira bola de capotão, bolachas vencidas em promoção sempre; depois de 15 dias mandam LC KABRA PELUDO ir na sua casa "cobrar", com métodos medievais ele "resolve" a pendenga rapidamente, só no caso em que haja alguma discordância de valores , quantidades e qualidade bem entendido. No caso de você pagar "de boa" no máximo ela vai filar a bóia, tirar uma soneca e pedir pra usa esposa fazer um cafuné nele.

Curiosidades[editar]

  • Quando chega Dezembro, época de natal, a cidade lota graças ao 'Guararema Cidade Natal'. São tantos 'duristas' que você demora uma vida se quiser ir de carro na padaria comprar um pão.
  • Em Guararema, ninguém se chama pelo nome, só por: "Ei, Zé!" +-ou "Ô Alemão!"
  • Não podemos esquecer que a pouquíssimo tempo atrás a pequena aldeia foi vítima de uma epidemia zumbi do vírus BLS-NR que assola quase toda a população da pacata Guararema,
o vírus parasita afeta diretamente o cérebro de seu hospedeiro, causando extrema preguiça de pensar e uma vontade incontrolável de falar de política mesmo sem nenhuma coerência, 
por isso hoje cerca de 97% dos moradores insistem na estupidez de eleger o candidato Jair Bolsonaro, que garante a eles a oportunidade futura de continuar na merda, 
com suas propostas infanto juvenil que tanto clama essa cidade neuro-adoentada.