Guardiões da Galáxia (filme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Star Wars: Guardians of Galaxy
I am Groot
Star Wars Episódio Marvel (BR)
Guardiões da Galáxia (PT)
Star Guardians of Galaxy Wars.jpg
Poster de lançamento do filme
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2014 • Colorido • 2 horas
Direção Um pedófilo
Produção Marvel na Disney
Produção executiva Kevin Faig
Elenco Chris Pratt como um cara
Zoe Saldana como uma mulher verde
Dave Bautista como um cara rosado
Vin Diesel como uma árvore
Bradley Cooper como um guaxinim
Gênero Space opera de comédia romântica


Guardiões da Galáxia é uma space opera musical que se passa num universo antropomórfico onde coexistem criaturas exatamente como os seres humanos com criaturas como um humano azul, seres humanos verdes, seres humanos roxos, plantas antropomórficas, guaxinins humanizados obcecados por próteses ortopédicas e patos falantes. Neste filme um grupo de bandidos de cores diferentes devem salvar a galáxia da destruição iminente de um sujeito perigoso que parece um humano mas na verdade é só o Marilyn Manson com maquiagem borrada (Lee Pace).

É um filme de baixo orçamento (que é muito mais dinheiro do que você verá em toda a sua vida miserável de qualquer maneira) mas que conseguiu registrar-se como um dos mais rentáveis filmes do universo cinematográfico Marvel, embora nem os leitores de quadrinhos mais fervorosos sabiam quem eram esses personagens, mas lutas com lasers no espaço e animais falantes sempre serão uma aposta certa.

Produção[editar]

Guardiões da Galáxia era um filme totalmente improvável. Quem apostaria num filme sobre humanos multicoloridos e um guaxinim falante? Mas personagens legais como Galactus e Dr. Destino até então estavam com a Fox, sobrando pouca coisa para a Marvel Studios fazer. Então ou faziam o filme do Namor ou algo dos Guardiões da Galáxia.

A parte mais difícil, porém, foi encontrar o roteirista/diretor ideal para este filme. Vários tentaram a vaga para fazer o trabalho, mas quando perguntado se eles tinham lido algum quadrinho de Guardiões da Galáxia, a maioria apenas respondia "meh, eu não li, mas eu vi o Batman do George Clooney" e estes eram imediatamente jogados aos crocodilos que vivem num alçapão secreto abaixo do escritório de Kevin Faige na sede da Marvel Studios. Mas eventualmente apareceu um hipster com um guaxinim em seu ombro e a coleção inteira dos Guardiões da Galáxia, e assim James Gunn foi imediatamente contratado e seu animal de estimação, graças à sua habilidade de disparar bazucas, também foi contratado e dublado por Bradley Cooper.

Recepção[editar]

O filme foi recebido com diversos comentários positivos como o mais sobrevalorizado melhor filme do verão de 2014, sendo o filme da Marvel que melhor reflete exatamente o que Disney deseja transmitir ao seu público: humor, naves espaciais, armas, meninas sensuais em todas as cores, animais selvagens com poderosos rifles de assalto, lutadores da WWE, vilões cósmicos, boa música, danças, diversão, emoção, suspense, drama, patos, cães com traje espacial, referências ocultas, motivações sexuais, cameos de Stan Lee e, claro, Groot.

Enredo[editar]

Anos 80, flashback de uma abdução alienígena[editar]

Em 1988 há um flashback de uma criança que se dedica a sofrer introspectivamente em silêncio (não sabemos por quê) ao ver sua mãe morrer de câncer na sala ao lado. A criança não quer tocar em sua mãe, que os fofoqueiros interpretaram mal como insensibilidade, mas foi realmente porque Peter não lavou as mãos e tinha medo de infectar o cadáver. Quando ele vai para uma caminhada solitária noturna para refletir sobre o quão cruel a vida tinha sido para ele, acontece o que já aconteceu com todo mundo que já passou por uma situação similar, um OVNI o sequestra acreditando que ele seja uma vaca terráquea.

Alguns anos depois[editar]

Em um planeta da estrela Betelgeuse, Peter adquire um "MacGuffin" de um templo abandonado após usar uns ratos espaciais como coreografia musical. No entanto, é interceptado por um humanoide negro, empregado, subordinado e apaixonado por um homem azul forte chamado Ronan, o Stalker. Peter consegue escapar com aquele MacGuffin graças às suas táticas humanas de "Hey, olhe atrás de você!", mas exatamente por estar em posse do item que move todo o roteiro do filme ele se torna apessoa mais caçada da galáxia, perseguido pelos Kree, perseguido pela Gamora (uma mulher verde que é a filha adotiva de um preguiçoso cor de roxo), o cowboy Spike, e um furry que tem uma árvore como parceira.

Surge a equipe[editar]

A equipe principal reunida na prisão.

Peter Quill chega então no planeta sede da Green Lantern Corps, chamado de "Xandar" por questões de direitos autorais, onde procura vender o seu MacGuffin, mas a mulher verde aparece para tentar capturar Peter, quando o Guaxinim e o ent também tentam adquirir sua recompensa capturando Quill, mas a única coisa que fazem é fazer malabarismos na cidade com uma luta bem estranha antes de serem todos imobilizados, capturados e presos. Já na prisão a mulher verde percebe que seus laços familiares com o assassino de famílias de condenados pode trazer-lhe problemas, tanto que um ex-lutador de WWE quer estrangulá-la pelo seu quadril (não sendo o intelecto o forte dele, por querer estrangulá-la por ali), mas Peter Quill faz alguns discursos motivacionais e une toda uma equipe de improváveis aberrações para fugir da prisão e quem sabe todos juntos vender aquele MacGuffin e dividirem o dinheiro entre si.

Enquanto o vilão Stalkeador assedia Thanos por ser um mau chefe, a nova equipe escapa da maior prisão do cosmos meramente graças aos poderes humanos de Peter de mentir para guardas imbecis. Quill e seus novos amigos pegam o Millennium Falcon e escapam para a cabeça morta de um Celestial, local que aparentemente é um bom lugar para viver raças alienígenas como funkeiros e axezeiros, porque só tem peba lá. Há lá um metrossexual com cabelos brancos que se dedica à coleta de MacGuffins, não a toa seu nome é Colecionador... Tudo estaria bem, se não fosse Drax ligando para Ronan chamando-o para um duelo, luta a qual obviamente perde, e o grande vil]ao acessa o MacGuffin que se revela ser uma das joias do infinito.

Casos de família intergalático[editar]

Com a destruição causada por Ronan, Gamora vai parar no espaço sideral, de onde é resgatada pelo poder do protagonismo de Peter Quill, um humano excêntrico que se apaixonou por uma mulher verde. Todavia, Yondu aparece, o pai adotivo de Peter Quill e líder de uma gangue de dissidentes do PCC. Apesar de terem suas diferenças, Quill acaba convencendo Yondu deixá-lo ir deter Ronan porque não haverá mais universo para fazer arruaça se Ronan triunfar.

Todos contra Ronan[editar]

Assim que Ronan, o Stalkeador tem acesso à Joia do Infinito, ele não conseguiu segurá-lo diretamente em suas mãos porque essas joias foram projetados com a mesma tecnologia do Samsung Galaxy, que faz com que aquele que ousar segurá-la por um longo tempo acabe morrendo horrivelmente em agonia, por isso ele colocou a joia em em sua marreta com a qual ele decide varrer da existência planetas inúteis onde só tenham macacos ou seus descendentes, alegando a superioridade racial daqueles que tem pele azul.

Como vencer um vilão superpoderoso na Marvel.

Ronan chega ao planeta central da Green Lanter Corp. e está se preparando para usar sua arma cósmica para apagar da existência o filme do Lanterna Verde de 2011 e de bônus também apagar todas suas multas de trânsito que ele não está disposto a pagar. Mas a luta para impedir essa perversidade se torna épica, e os Guardiões da Galáxia a bordo de sua Millenium Falcon para bombardeiam a Dark Aster Ronan de Ronan,que responde usando seus soldados Stormtroopers para uma guerra épica contra os Nova das Tropas Estelares. Nesse ínterim a Gamora luta contra a irmã azul em uma batalha de lasers e espadas, batalha pessoal esta que termina quando a Enterprise mergulha para atingir a Estrela da Morte onde Ronan está, e Groot precisa realizar um sacrifício para salvar todos seus amigos. Mas este sacrifício de nada serviu, pois eis que surge dos escombros Ronan tentando convencer Peter que ele é seu verdadeiro pai, mas claro que Peter não acredita nele e ainda o desafia para um duelo de dança valendo o martelo com a Gema do Poder. No final, Ronan se auto-destrói pela vergonha da cena que acabara de presenciar e os Guardiões da Galáxia sobrevivem, exceto Groot, que teria sido um melhor dançarino.

Tudo acaba bem, como em qualquer filme da Marvel[editar]

Mas tudo acaba bem. Até o Groot revive contrariando toda lógica da botânica, que você não pode simplesmente enfiar um galho morto na terra e dali surgir uma árvore senciente. Mas enfim, todos felizes no final e viva a Disney! Ninguém paga nenhum tipo de dinheiro para a destruição colossal causada, mas o planeta da Green Lanter Corp. passa a ser chamado de Nova Corps, que seria um guardião ineficiente e facilmente derrotável da Gema do Poder. Em troca da Joia do Infinito, Star Lord recebe pistas sobre quem é seu verdadeiro pai e por que seu gene na dança não é lá tão humano. Eles dizem a ele que seu pai é uma pessoa do espaço mas que eles não sabem exatamente quem é, abrindo assim a possibilidade dos fãs especularem por todos os anos até o lançamento de Guardiões da Galáxia 2, e entre as alaternativas de pai para Peter Quill estavam Galactus, Tony Stark do futuro, Howard o pato, Ben Parker, Anakin Skywalker, Ego o planeta vivo, Adam Warlock e Tio Phill. E com o lançamento do segundo filme, descobriu-se que o pai de Peter Quill era justamente o mais improvável dessa lista toda.

Cena pós-créditos[editar]

Na cena pós-créditos nos é revelado que Howard, o pato, comeu a mãe de Marty McFly no passado.

Personagens[editar]

  • Star Lord / Peter Quill (Chris Pratt) - O auto-proclamado líder dos Guardiões da Galáxia mas que não é obedecido por nenhum de seus parceiros, um humano que usa um capacete similar ao do Homem-Formiga, gostava de andar sozinho a noite escutando seu walkman até ser sequestrado por um Zé Droguinha de cor azul muito parecidos com um Navi, só que menos selvagem. Torna-se um mercenário, caçador de recompensas, cômico, bandido e dançarino Star Lord, além também de uma extraordinária habilidade em adestrar velociraptors. Luta constantemente contra o sobrepeso, sempre há 1 sanduíche de ganhar indesejáveis quilos a mais.
  • Gamora (Zoë Saldaña) - Mulher verde que diferencia-se da She-Hulk por não ser bombada. É a filha adotiva do pior vilão do universo, mas quer redimir-se porque não se considera exatamente uma pessoa má. Acaba desenvolvendo um afeto por Star Lord por gostar de seu jeito panaca, mas sempre vai se recusar dançar com ele porque é dessa forma que sua raça engravida. Há alguns anos atrás tinha a pele azul, mas desde que seu planeta natal, Pandora, foi dizimado por Thanos (acontecimento posteriormente retratado em flashbacks no filme Avatar 2: Guerra Infinita) Gamora perdeu sua coloração azulada por falta de mirtilos em sua dieta.
  • Drax, o Destruidor (Dave Bautista) - Um grandalhão mutante que certa vez decidiu usar um xampu experimental para curar sua calvície mas sofreu apenas os efeitos colaterais do produto que deixaram seu corpo permanentemente empolado e avermelhado. Por ser um ex-lutador de WWE, o intelecto não é seu forte e não entende ironias ou sarcasmo, e a única coisa que deseja é revanche contra Ronan e Thanos. O ator, que é uma massa real de músculos, sentiu-se satisfeito em ser pintado de vermelho e verde para interagir com CGI, alegando "é muito mais real do que as batalhas da WWE".
  • Rocket Raccoon (Bradley Cooper) - um animal que não é um guaxinim, mas que se parece muito com um guaxinim e foi geneticamente modificado para que pudesse usar linguagem obscena e armas gigantes e poderosas que pequenas mãos de 3 centímetros jamais teriam força e capacidade de manusear. Originalmente era para ser um furry, mas como a Disney não deseja obscenidades em seus produtos e sabemos como os fãs de furries podem ser doentes mentais e facilmente pender pra pedofilia (o público geral da Disney), Rocket foi convertido para um 100% animal falante.
  • Groot (Eu sou Groot) - Eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot, eu sou Groot. eu sou Grooooooot!!!!!!
  • Ronan, o Stalkeador (Lee Pace) - Líder de uma antiga raça de elfos denominada kree, está de puta mal humor porque acordou após uma balada sem recordar o que aconteceu, mas dores em seu ânus denunciam o que provavelmente aconteceu e sua maquiagem borrada também é outra pista que a farra foi longa. Ele é um dos tantos habitantes do planeta Pandora que tem xenofobia em relação aos humanos e por isso quer destruir o universo usando um martelo gigante. No princípio é só um empregado de Thanos mas depois se revolta contra o mesmo e decide que ele próprio vai destruir o universo sozinho. Sua ideologia é algo nazista, então no final ficamos felizes em vê-lo explodir.
  • Nebulosa (Karen Gillan) - Esta personagem nem deveria estar no roteiro, mas alguém bastante invejosa queria muito punir a bela Karen Gillan forçando-a a raspar seus cabelos ruivos únicos e depois 6 horas na sala de maquiagem sendo pintada de azul para gravar uns 2 minutos de cena.