Guerra do Pacífico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Não entendo... se era no Pacífico, por que teve uma guerra??? Cquote2.png
Você, fazendo um trocadilho infame

NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Guerra do Pacífico.

A Guerra do Pacífico foi uma sangrenta guerra acontecida em mil oitocentos e guaraná com rolha, foi um tipo uma Guerra do Paraguai mas envolvendo o pessoal de lá da Cordilheira dos Andes disputando o domínio de quem teria os direitos autorais sobre o Pisco Sour.

A Bolívia e o Peru se uniram para pegar o Chile de porrada. A Argentina e o Brasil iam se envolver, mas dava preguiça atravessar as montanhas

Países envolvidos[editar]

Peru[editar]

Soldado peruano típico, firme e forte para penetrar no meio do inimigo

O Peru havia crescido muito, e sua estratégia era penetrar no território chileno em profundidade. Vai entrar duro e bater no fundo do interior do inimigo. Vai ser forte quando houver cruzamentos com as fileiras adversárias. Vai entrar por trás das tropas chilenas sem piedade. Vai crescer a medida que avança e alargar o território invadido. Vai lutar enfiado lá no meio, até que finalmente possa relaxar e gozar com a vitória.

Bolívia[editar]

A Bolívia naquela época já era só o pó, queria mais saídas para o mar. Fez um acordo secreto com o Peru para dar um Abraço Boliviano no Chile e nacionalizar o Deserto de Atacama.

A Bolívia chamou a Argentina para ajudar, mas a Argentina deu para tras seduzida pelo Chile. Então liderada pelo seus 88º ditador vitalício, a poderosa armada naval de guerra boliviana desceu do Lago Titicaca para reclamar Atacama para si.

Chile[editar]

Almirante e kamikaze chileno, Arturo Pratt

Cquote1.png Esse paizinho fininho vai aprontar altas confusões para livrar um deserto que é do barulho de uma turminha da pesada Cquote2.png
A História da América Latrina segundo o Narrador da Sessão da Tarde

A estratégia do Chile era fugir para a Cordilheira dos Andes. Porém como lá em cima ficava a Bolívia, decidiu fazer a batalha toda no mar, já que a Bolívia não tinha saída para o mar.

Como era um país fininho, se tudo desse errado, os chilenos poderiam fazer uma barricada de pneus no meio do país e defenderiam o resto, sem gastar muitos pneus até.

Mas o Chile tinha de defender seus recursos. Como sabem, é o pais no mundo que mais tem Cu. Não deixaria que o Peru fosse justamente invadir e tomar todo o Cu que era seu por direito.

Argentina[editar]

Originalmente, a Argentina havia sido convidada pela Bolívia para atacar o Chile. Contudo, os chilenos prometeram que dariam aos argentinos a Patagônia e as uvas Malbec, então os hermanos ficaram do lado de cá dos Andes quietinhos.

Brasil[editar]

O Chile pediu o apoio do Brasil para o ajudar na Guerra. De fato, o Brasil ia entrar na guerra até que soube que a Argentina não iria mais entrar. Então ficou quieto na sua, já que se não era para bater nos argentinos não teria graça nenhuma.

O Chile prometeu também que iria fazer uma Copa do Mundo e subornar os juízes para o Brasil ganhar. De fato, esta promessa foi o que realmente moveu os brasileiros a não se aliarem contra o Chile, promessa cumprida na Copa do Mundo de 1962 onde o Brasil foi bicampeão mundial. Afinal, o Amarildo não era lá essas coisas...

A Guerra[editar]

O teatro das batalhas navais da Guerra do Pacífico

A Guerra do Pacífico comportou grandes batalhas navais, porem foi decidida quando o almirante chileno Arturo Pratt tendo sobrado apenas um porta-aviões em E4-F5, mandou atirar em A2 e afundou o último submarino da marinha peruana.

Infelizmente os almirantes bolivianos afundaram com todos seus navios antes da primeira batalha dado sua evidente imperícia em navegação.

A Paz[editar]

A Guerra do Pacífico teve profundas consequências para os países da região

1. O Peru brochou e nunca mais cresceu. O Peru prometeu que não iria mais entrar no Chile por trás, nem penetraria em nenhum país vizinho (quebrou sua promessa mais tarde entrando no Equador, porque lá a dor é mais forte). O Peru firmou um tratado com as autoridades chilenas afirmando que só penetraria com consentimento mútuo delas, para prazer e gozo de ambos países.

O Chile forneceu a Bolívia os mais modernos trens disponíveis para assegurar o cessar fogo

2. O Chile conseguiu segurar meio palmo de deserto e seu Cu que tinha lá. Como consolo para manter os bolivianos sossegados, prometeu que a Bolívia poderia ter uma linha de trem e usarem de graça o porto de Antofogasta (nunca Valparaíso para não estragar o turismo). E os bolivianos nunca mais poderia transportar coca pela fronteira chilena (teriam de usar apenas a do Brasil)

A Bolívia ainda tem nas mangas um plano B para recuperar a saída para o mar...

3. A Bolívia foi condenada a pagar 500.000.000.000.000.000.000 pesos bolivianos como indenização ao Chile e perdeu seu acesso ao mar. Para poder honrar a dívida, vendeu o Acre ao Brasil por um cavalo que revendeu no valor de 12 libras esterlinas e 25 pence. Pagou a indenização ao Chile (que trocando em dinheiro forte dava 10 libras e 75 pence) e com o resto que sobrou o ditador da vez fugiu para a Suíça depois do 12º golpe de estado do ano.

4. A Argentina e o Brasil ficaram assistindo. Porém a Bolívia jurou vingança e prometeu que um dia os deixaria sem gás nenhum...

Conchetumare! Este artigo é chileno!
Bandeira-eua-img.JPG

Ele bebe vinho, privatizou suas empresas, tem o maior IDH da América Latina, e deve estar a sofrer um terremoto.

v d e h
Guerra do Pacífico quer dizer GUERRA!!!
Guerravvsdsd.jpg
Batalha de Waterballoon | Grande Guerra Israel-Japão | , , , 3ª + 0,5, , , , , e Guerras Mundiais | Guerras Black-Folk Metal | N-ésima Guerra Mundial | Guerra Civil | Guerra Fria | Guerra Quente | Guerra da Cisplatina | Guerra Bolivo-Brazuca | Guerra de Canudos | Guerra de Canutos | Guerra da Wikipédia | Guerra do Facebook | Guerra do Futebol | Guerra da Cereja | Guerra dos Cem Anos | Guerra Mineiro-Fluminense | Guerra do Norte Paranaense | Guerra do Pão-de-Queijo | Guerras Clônicas | Guerras Genpei | Guerra de Travesseiros | Guerra Japão - Irã | Guerra das Malvinas | Guerra dos Seis Dias | Guerra de Troia | e Guerras Cartoonísticas | , e Guerras Gamísticas | Grande Guerra Suwa | Guerra do Pacífico | Guerra Tucano-Petista | Guerra do Balde | Guerra dos Inscritos | Guerra intergaláctica | Guerra dos Farrapos | Guerra do Paraguai | Guerra dos Imundos | Primeira Guerra Mesozóica | Guerra nas Estrelas | Guerra dos Emboabas | Guerra dos Mascates | Guerra de Bolas de Neve | Guerra de Póing | Guerra do Golfo | Guerra do Ópio | Guerra do Infinito | Guerra dos Trinta Anos | Guerra de Hogwarts | O Grande Crash dos Videogames | Segunda Guerra da Cereja | Guerra de Secessão | Guerra Civil Romana | Guerra do Vietnã | Guerra de comida | Guerra dos Cogumelos | Quarta Grande Guerra Ninja (Naruto) | Guerra Oz-País das Maravilhas | Guerra do Iraque | Guerra Civil Inglesa | Guerra Civil Iugoslava | Guerra Civil Russa | Guerra Civil Espanhola | Guerra da Crimeia | Guerra Mundial Z | Segunda Guerra Civil dos Estados Unidos | Guerra Coxinhas-Mortadelas