Half-Life (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Half-Life (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Ryan Cooper ganha do Nate Denver.

Half-Life
Half-Life Cover Art.jpg

Faço uma capa melhor em 5 minutos no Paint

Informações
Desenvolvedor Valve
Publicador Valve
Ano Valve
Gênero Valve
Plataformas Valve
Avaliação Valve
Idade para jogar Valve

Babel fish.gifTraduzindo: Meia-Vida
Babel Fish sobre Half-Life (jogo)

Half-Life (ou Counter-Strike 0.5) é um FPS produzido pela Valve, sendo o primeiro jogo deles, por isso é tão ruim. O jogo é muito querido pelos gamers hippies virgens, por ser um "clássico", é querido pelos pobretões sem computador que preste, e era querido (ou não) pelas crianças que se cagavam toda quando iam jogar, após cansar de jogar CS 1.6. O jogador controla o mudo mais querido dos games, o Cloud Speed Gordon Freeman, um nerd virgem que após uma explosão no laboratório em que trabalha, tem que sair por aí matando os xenianos que invadiram a Terra. Legal, né?

História[editar]

Em uma galáxia, muito, muito distante, existia o planeta Xen (e é de onde vem os bichos bizarros) e os Combine, um império multidimensional (que brisa), até que um belo dia os Combine invadiram o planeta Xen, escravizaram todos os aliens e definiram um líder lá que tem o objetivo de enganar os habitantes de Xen, para eles acreditarem nos Combine, que nesse caso é Nihilanth (no caso da Terra, é o filho da puta do Wallace Breen). No planeta Xen, tem um portal que leva á Black Mesa, um laboratório que nosso ilustre Gordon trabalha, que obviamente fica na Terra.

De volta a Terra, Gordon Freeman está estudando para seu doutorado em BIPC (Batedor Incontrolável do Pé de Cabra) em Black Mesa (cientificamente traduzido para Mesa Preta - contribuição by Wikipédia), no Novo Mexicú. Em Black Mesa, experimentos de teletransporte e pesquisas estão sendo feitas. Cristais de Xen estão sendo analisados, obtidos pelo portal, pra quem sabe fazer metanfetamina. Num belo dia, a amostra de Xen que pegaram era muito rara, então vendo a oportunidade de obter informações inestimáveis, eles carregaram aquela máquina gigante á 105%, além da zona de segurança que é 95%. O Gordon foi aceito para a função de 'empurrar o carrinho com o cristal amarelo até o lugar indicado', que azar o dele.

Eita, que lugar é esse? Acho que eu tô loucão...

Enquanto ele se preparava pra isso, um dos operadores da máquina constatou algum problema com a leitura da amostra, mas como não podia intervir para não estragar o roteiro do jogo, não acontecer a explosão e ser demitido de sua função de figurante, ignorou. Quando o Gordon pegou a amostra, ele colocou-a na máquina. Quando a máquina começou o paranauê com a amostra, toda a merda começou. O resto eu não vou contar, tirando o fato que no final o Gordon mata Nihilanth lá em Xen e assim liberta os xenianos do domínio dos Combines. Bom, só sei que no Half-Life 2 os Combine virão pra Terra e tentará escravizar os humanos também, mas um homem não deixará isso acontecer, e acho que você sabe o nome dele.

Jogabilidade[editar]

Os controles são simples e qualquer mongoloide que jogou CS 1.6 entende facilmente. Como a Valve não tinha ideia do que colocar de legal no jogo, eles colocaram os incríveis quebra-cabeças, pra dar aquela enchida de linguiça, é claro. Eles estão por todo o jogo, geralmente quebra-cabeças clichês, como usar caixas pra fazer uma pequena escadinha para chegar em algum lugar mais alto.

O jogo é "inovador", pois não tem cutscene, o jogo todo acontece com o jogador na visão do Morgan Gordon Freeman, mas isso é porque o seu PC de bosta não aguentaria cutscenes desse jogo, pois os gráficos são muito bons, melhor que Uncharted 4, obviamente. Bom, Half-Life com cutscene realmente ficaria meio estranho.

Na maior parte do jogo, o Gordon é um cara solitário e anti-social, sem muitos amigos e sem muito auxílio, mas as vezes os cientistas inúteis te ajudam com alguma coisa, e também tem os guardas de segurança, que não são muito úteis, pois eles usam aquela pistolinha de matar pássaro e são burros.

Além de enfrentar os aliens que dão medo por serem mal-feitos, você terá que enfrentar fuzileiros navais da Unidade de Cuzões em Ambientes Perigosos (HECU) e assassinos da Black Ops, contratados pelo governo para conter os alienígenas e silenciar as testemunhas, porque já não basta só os aliens, ainda tem esses merdas pra atrapalhar.

Personagens[editar]

  • Gordon Freeman: O protagonista. É um físico teórico com cara de hippie que, apesar de parecer um perdedor, consegue sozinho derrotar milhares de aliens, milhares de guardas, milhares de fuzileiros navais, milhares de Anônimos, milhares de terroristas e também desarmar bombas, etc, além de lutar contra Nihilanth, aquele bicho escroto gigante, como um chefão no fim do jogo em Xen. Tudo isso sem falar nada. E sem nem mesmo riscar o óculos dele. Já quase participou de um episódio de The Big Bang Theory, mas foi cancelado no meio porque Gordon quase explodiu o apartamento de Sheldon sem querer. Ele é muito desastrado!
  • G-Man: É um carinha super místico com poderes, com um terno azul super fashion e sempre carregando uma maleta. Monitora Gordon e aparentemente até ajuda ele em momentos do jogo. Dá pra ver ele em alguns lugares, por exemplo no início do jogo, ainda no bondinho, stalkeando o Gordon. Existem muitas teorias sobre ele, dizem que ele é o Gordon mais velho, que ele é um homem do governo, que ele é um Illuminati enganando o Gordon pra dominar o mundo, que ele é o ET Bilu em forma humana, que G-Man significa Gay-Man... Ah, foda-se. Mas mesmo depois de todo esse tempo, uma pergunta persiste: o que tem na maleta dele?!

Armas do jogo[editar]

O que diabos seria um FPS sem armas? Porra nenhuma! Aí vai as armas do jogo:

Habilidade Imagem Sobre
Pé-de-cabra
Crowbar player hl1.jpg
O lendário e insuperável pé-de-cabra. É uma das primeiras armas que você pega, é meio inútil, porque você precisa estar quase colado no inimigo pro hit acertar, sendo boa apenas pra quebrar vidros, caixas e inimigos fraquinhos ou lentos, ou quando você não tiver mais munição, pois errou tudo naquele headcrab maldito que fica pulando, parece até um sapo.
Pistola 9MM
Hl pistol.png
A primeira arma de fogo que você pega no jogo, mas também não é lá aquelas coisas. Um mero estilingue seria melhor que essa arma, porque você precisa descarregar o pente inteiro pra matar algo, sendo boa apenas pra matar bichos fracos, como headcrabs.
Magnum
Hl magnum.png
Um revólver bom pra cacete, podendo mandar bichos pro inferno com apenas um tiro na cabeça. Arma não recomendada pra noobs, pois eles vão atirar no pé do alien, isso se não errar todos os tiros.
Submachine Gun (SMG)
Hl smg view.png
A melhor arma do jogo (pelo menos pra mim). Consegue matar rápido qualquer alien do jogo, até mesmo a mãe do Anônimo. Além disso, vem com um mini lançador de granada (WTF?), deixando ela ainda mais OP e ainda usa a mesma munição da pistola. Só não vá errar todos os tiros na hora do desespero, cazzo.
Assault Shotgun
Shotgun 1.png
A famosa punheteira 12. É uma shotgun igual á todas as outras shotguns de outros jogos, é fraca á distância e de perto é um demônio.
Crossbow
Crossbow HL.jpg
A arma mais inútil do jogo. Só serve em casos que você tem que ser silencioso, mas foda-se, o negócio é sair metralhando todo mundo com a SMG.
RPG
Rpg5.png
A bazuca. Obviamente, é uma arma muito forte e seu nível de arrombadora de cu é bem alto, mas demora uma eternidade pra carregar e a munição é escassa, ou seja, alegria de pobre dura pouco.
Tau Cannon
Tau Cannon.jpg
É uma das armas viajadas do jogo. É um rifle de energia, que apesar de parecer meio tosco, consegue atirar bem rápido e não precisa carregar. Mas o foda mesmo é o modo de fogo secundário, que quando tá 100% carregado, libera um Kamehameha muito forte, podendo matar inimigos muito facilmente e te joga pra atrás. Pra te lançar pra cima, é só atirar em baixo do personagem e morrer na explosão, gênio pronto. Também amortece grandes quedas. Enfim, é basicamente uma bazuca mal-feita do Soldier do TF2.
Gluon Gun
Gluon Gun.png
Quando atira, libera um vapor de água refrescante nos aliens, estes até mesmo morrem de tanto relaxamento. Usa a mesma munição da Tau Cannon, mas a Tau Cannon é 2.0 Flex, então é mais econômica. É a última arma que o jogador pega, mas não quer dizer que é a melhor.

Counter-Strike[editar]

Há muito tempo atrás, lá pra 1999, dois fãs obcecados pelo jogo (que não citarei o nome, pois provavelmente nunca terão um artigo aqui) fizeram um mod para o jogo. A Valve, vendo a oportunidade de comprar os direitos por troco de pão e ainda lucrar pra diabo, fez isso. Era a primeira vez na história dos jogos que um mod ficaria mais famoso que o jogo que ele foi feito. Que deprimente hein, Half-Life? Mas não importa, Half-Life é melhor. Atualmente existem mais alguns jogos da série Counter-Strike feitos pela Valve, quase sempre sendo só o mesmo jogo só que pra uma engine nova, e com skins sugadoras de dinheiro.

v d e h
Half-Life logo.png