Hanasaka Jiisan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Velhadaslu.jpg Hanasaka Jiisan é uma velharia!

Provavelmente é de madeira, na cor bege, quadrado, gigantesco e possui durabilidade eterna. Se vandalizar este artigo, um corcel vai te atropelar!

Primeiro-celular-do-mundo2.JPG

Hanasaka Jiisan (O Velho que Podia Fazer Cerejeiras Florescerem) é uma antiga lenda nipônica, tão bizarra e sem nexo como qualquer outra coisa que envolva a mitologia japonesa.

Mito[editar]

Hanasaka Jiisan trepando em uma árvore. Literalmente, calma!

Apesar do nome, o que realmente deu início a essa lenda foi um cachorro. No entanto, há divergências a respeito do que seria a versão original da história. Alguns dizem que o tal cachorro pertencia a um casal de idosos, outros afirmam que seu dono era um homem mau que pretendia matá-lo... Mas enfim, ninguém se importa com isso além dos japoneses, e eu também estou cagando e andando para qual das versões seria a mais correta.

O importante é que o cachorro foi salvo da morte por um velho, e como recompensa cavou um tesouro para ele. Um vizinho invejoso igual a você, que adora bisbilhotar a vida dos outros, viu aquela cena e pediu o cão emprestado, mas ao invés de ouro, o animal cavou apenas ossos e um ninho de cobras.

De tão puto que havia ficado, o vizinho acabou matando o cachorro, e o devolveu assim mesmo para o dono, alegando que foi morte morrida. O velho então decidiu aproveitar o corpo e fazer um churrasco, mas como já estava esclerosado, esqueceu a carne no fogo por muito tempo e só restaram as cinzas. Como não gostava de sujeira, ele enterrou as mesmas embaixo de uma cerejeira e foi dormir. Naquela mesma noite, teve pesadelos com o fantasma macabro de seu falecido cão.

No dia seguinte, as cerejeiras estava todas floridas e o daimyo que passava pelo local ficou muito impressionado com a beleza delas, enchendo o velho de presentes só por causa dessa besteira. O vizinho invejoso tenta enterrar cinzas também, mas como é muito burro, sem querer assopra tudo na cara do daimyo, que o mata para aprender a não ser tão idiota.

Moral da história[editar]

Não seja invejoso, senão você morre. Seja bonzinho, aí quando estiver velho e caduco você será recompensado, ficará rico, mas não poderá aproveitar porra nenhuma, porque logo também vai morrer. Quer saber? Se mate agora mesmo de uma vez!

Ver também[editar]