Homem-Aranha: Longe de Casa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Spider-Man 5: The Tony Stark's Death
Spider-Man: Homeless
Homem-Aranha na Europa (BR)
Férias Frustradas: Europa (PT)
Homem Aranha Longe de Casa poster.jpg
Poster do filme criado pelos colegas de escola do Peter Parker
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2019 • Colorido • mais de 2 horas
Direção Um cara qualquer
Produção Sony Marvel na Disney
Produção executiva Kevin Faig e mulher que adora o Venom
Elenco Robert Downey Jr. como Tony Stark falecido
Tom Holland como Homem-Aranha virgem
Gênero Filme de escola


Cquote1.png Essa vai ser minha maior vigarice Cquote2.png
Mysterio sobre aparecer num trailer falando de multiverso poucas semanas após a compra da FOX pela Disney, mas na hora do filme ser tudo um holograma

Homem Aranha: Longe de Casa é o primeiro filme da Marvel após o badalado Vingadores: Ultimato, mas como foi feito pela Sony ignora completamente tudo o que de supostamente incrível ocorreu no filme anterior e foca numa aventura solo do Homem-Aranha da Carreta Furacão (o Homem-Aranha original todos sabemos que é o Tobey Maguire).

Produção[editar]

Homem Aranha triste porque não terá o Tony Stark para ajudar nas bilheterias dessa vez.

Com a Sony querendo apenas o dinheiro, a liberdade criativa para a produção do filme ficou a cargo da Marvel Studios. A ideia era fazer um filme bem chato e clichê, apenas uma aventurinha básica. Qualquer boa ideia deveria ser guardada para mais tarde, os produtores sabiam que o filme se daria bem nas bilheterias apenas por seguir o sucesso dos Vingadores e nada mais. É claro que os produtores não iriam mandar essa real nos trailers, então o que vimos foi a mais pura enganação nos materiais promocionais, com menções a multiverso, vilão que usa magia, participação dos Elementais e até a compra da FOX pela Disney, tudo para fazer os nerds otários ficarem meses falando de teorias idiotas, incluindo aparições de Tobey Maguire, X-Men, ressurreição do Tony Stark e outras coisas ridículas que obviamente não se concretizaram. Nem os elementais eram de verdade no final.

Recepção[editar]

O filme sofreu para chegar na marca de 1 bilhão de dólares na bilheteria, o que para o nível da Disney é valor de troco de pinga. A verdade é que o filme não passaria dos 800.000 dólares, mas quando a Sony disse que ia pegar o Homem-Aranha de volta pra ir fazer companhia ao filme asqueroso do Venom caso o filme não atingisse pelo menos o 1 bilhão na bilheteria, a Marvel precisou comprar 200.000 em ingressos, um desempenho pior que o Aquaman, o herói mais ridículo que se tem conhecimento. O motivo do quase-fracasso nas bilheterias é que após tantos anos de filmes iguais as pessoas estão finalmente enjoando.

Enredo[editar]

As consequências do segundo estalo de Vingadores: Ultimato[editar]

Apesar de ter feito muitos amigos em Vingadores: Ultimato, o Homem Aranha não vai chamar nenhum dos colegas para ajudar.

Na verdade o filme praticamente não trata disso, embora Vingadores: Ultimato tenha se tornado o recorde mundial de bilheteria os roteiristas decidiram não explorar em nada filme anterior. Sabe aquele drama da pessoa que viu o marido desaparecer e após 5 anos foi casar com outro mas aí o ex-marido desaparecido volta? Sabe aquele drama da mãe que cuidava do seu bebê de 2 anos que sumiu e quando voltou não era mais reconhecida pelo filho de 7 anos? Sabe aquele drama das pessoas que perderam o emprego porque sumiram por 5 anos? Sabe aquele drama da pessoa que surgiu na atmosfera há 11.000 metros do chão na altitude de cruzeiro porque era piloto de avião quando sumiu e no retorno do estalo não tinha nenhum avião no local em que ela regressou? Então, absolutamente nada disso é tratado no filme. O filme não é sobre essas consequências, é sobre o Homem-Aranha da Carreta Furacão que decide combater Fake News numa viagem escolar.

Recife[editar]

Ao invés de tratar dos inúmeros dramas proporcionados pelos eventos de 20 filmes acumulados de MCU, Peter Parker preferiu simplesmente fazer um turismo pela América do Sul e o seu primeiro destino é a cidade de Recife. A ideia é combater as chamadas Fake News, mas antes que o Miranha pudesse atuar nessa missão uma enorme tempestade cai na cidade, e como havia acabado de terminar o carnaval de Olinda o acúmulo de desejos, incluindo fezes, nas bocas de lobo causou uma enorme inundação. Como o mundo vinha de invasões de Loki, Dormammu, Thanos, Ultron, etc, o pânico generalizado fez com que todos acreditassem que aquela inundação fosse o Elemental da Água. O Datena teve conteúdo para uma semana de matéria graças a essa inundação, até porque quem apareceu para salvar o dia foi o Homem-Aquário que usou a mesma tecnologia de hologramas usada no 11 de setembro de 2001 para sair flutuando por aí e reverter a inundação usando um peido verde.

Apesar de sua incompetência, o Homem-Aranha ganha do Tony Stark um óculos especial das Óticas Diniz que garante ao seu portador controle total sobre um arsenal interplanetário de armamento tecnologicamente avançado e mortal que vai obedecer suas ordens ao pé da letra. Ir resolver a guerra do Iraque? Ir solucionar o problema da fome do mundo? Matar o Osama bin Laden verdadeiro? Ou mesmo ir apenas salvar a vizinhança? Nada disso, o Homem Aranha vai usar esse armamento para atirar no japonês bombado que quer pegar a Mary Jane Michelle Jones, o seu novo crush desse filme, já que a magrela do filme anterior já está 5 anos mais velha.

Cuiabá[editar]

Cquote1.png Say what again, Peter Parker! I double dare you! Cquote2.png
Nick Fury abordando o Homem Aranha

A segunda cidade visitada por Peter Parker em sua viagem sem sentido é a cidade histórica de Cuiabá no Mato Grosso, pois haviam rumores de que descobriram o Acre e que ele estaria perdido no multiverso criado pela compra da FOX por parte da Disney. Obviamente tudo isso era apenas especulação e Peter Parker vai para o local tentar desmascarar Fake News.

Mas chegando lá o calor está tão excruciante que as ruas chegam a estar derretendo. Mais uma vez a histeria coletiva toma conta da população e todos acham que é o Elemental do Fogo agindo e destruindo a cidade.Peter coloca uma roupa preta que parece de puta,com a calcinha entrando na bunda para enfrentar o monstro discretamente. Mas no final das contas ele destrói só uma roda gigante e quem salva tudo de novo é o Homem-Aquário..

Buenos Aires[editar]

A próxima cidade a ser visitada é a capital do Brasil, Buenos Aires, onde Peter Parker decide que é um inútil demais e simplesmente doa seus óculos de altíssima tecnologia para um super-herói bizarro que ele acabou de conhecer. Não fazem muito ali naquela cidade, mas é assim que Peter Parker entrega os óculos, logo em seguida descobrem Mysterio é apenas um especialista em hologramas e responsável pelos efeitos especiais em todos filmes do Homem de Ferro. Isso deixa o Miranha tão chocado que ele é atropelado por um trem-bala, mas como ele foi construído com o dinheiro super-faturado do Levi Fidelix, aquela lata não mata o herói, que cai moribundo na sarjeta mas ainda vivo.

Belo Horizonte[editar]

A última visita do Homem-Aranha é em Belo Horizonte, cidade onde o vilão planeja o seu grande ataque final ao construir um monstro de pão de queijo colossal usando sua experiência em efeitos dos Power Rangers e traumatizar todas pessoas daquela cidade. Como estamos falando de um filme Marvel, então sim, haverá a sequência de ação final onde tudo acabará bem, no caso, o Homem Aranha usa o seu Sentido Aranha, que são os pelos do cu se arrepiando diante de ameaças, para driblar todas as ameaças das ilusões do Mysterio, matar o vilão e desfazer a ilusão, salvando a cidade.Mas a verdade é que o emo aranha só conseguiu vencer graças a tecnologia do Iron Man que ainda é seu dono mesmo depois de morto!

Cenas pós-créditos[editar]

O tempo todo Nick Fury e Maria Hill eram apenas os reptilianos.
J J Jameson aparece no final falando que esse filme é um lixo.

Personagens[editar]

  • Homem-Aranha / Peter Parker (Tom Holland) - Após atuar como coadjuvante em suas quatro participações anteriores (Homem de Ferro vs. Capitão América, Homem de Ferro & Homem-Aranha e Homem de Ferro Salva o Universo: Parte 1 e Homem de Ferro Salva o Universo: Parte 2) agora o Homem-Aranha finalmente protagoniza o seu primeiro filme no MCU. nesta nova aventura o Homem-Aranha une-se à Carreta Furacão (Trenzinho da Alegria) para visitar várias cidades do Brasil, performando parkour para as crianças desses locais e combatendo Fake News.
  • Mary Jane Michelle Jones (Zendaya) - A nova crush do Homem Aranha que ao longo de seus filmes já pegou a Mary Jane, a Gwen Stacy, a Liz, agora é a vez dessa esquisitona aqui(apesar de boatos de Peter dar pro Flash) .
  • May Parker (Marisa Tomei) - Está ali para comprovar que mulheres acima dos 50 anos ainda podem ser gostosas. Ao descobrir a identidade secreta do sobrinho é claro que a primeira coisa que faz é usá-lo para conseguir dinheiro. Não aparece muito no filme porque o Homem Aranha vai para longe de casa.Na verdade ela aproveitou que Peter não estava pra dar pro chofer do Stark,Happy(feio,mas sortudo) mostrando não dever nada pra Tia do Batman em putaria!
  • Mysterio (Jake Gyllenhaal) - Um dos vilões mais cretinos da história da Marvel, por meses enganou os fãs ao falar de multiverso, elementais, poderes místicos, a vinda dos X-Men pro MCU, mas no final é só um especialista em efeitos especiais e nada do que falou era verdade.