Homens Metálicos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
C3PO.jpg Este artigo é sobre uma MÁQUINA!

Ela sabe brincar, pular, cantar, destruir, esmagar e, no futuro, vai escravizar a humanidade e dominar o mundo. Então, cuide muito bem dela e não vandalize este artigo!


Os robôs e seu criador maluco, Will Magnus.

Homens Metálicos são uma equipe de heróis desengonçados da DC Comics que todos são androides e cada um formado por um tipo de metal feito na natureza como adamantium, vibranium porra não fode, todos aí são da concorrência, metal enésimo ouro, platina, chumbo, ferro, mercúrio e estanho, inclusive os nomes dos robôs são todos iguais aos desses metais, ou seja, já pensou alguém dizer "vou passar mercúrio na ferida" e o Mercúrio dizer "eu não, sai fora mano!" ou "vou roubar aquele ouro do banco" e o Ouro "mano, ninguém me rouba não!" ou "botei platina no dente" e a Platina dizer "me botou em canto nenhum seu cabra!" ou "engula chumbo!" e o Chumbo "me engolir nada, sai dai!" ou "é ferro na boneca!" e o Ferro "eu aonde?" e... rapaz... que estranho, não sei onde vou botar pra zoar o Estanho, coitadinho... por um tempo também rolou um robô de cobre, mas ninguém ligou muito pro coitado e transformaram ele em fios de energia...

História[editar]

O dr. Will Magnus era um estudante do maléfico doutor F.U. Turo (o criador do herói robô por acidente Tornado Vermelho). Com seu cérebro anormal fora de série ele criou uma magia negra chamada responsômetro, que em contato com elementos metálicos em tamanho considerável para que do nada esses metais virem tipo uns robôs em formato humanoide, e incrivelmente com sentimentos, raciocínio e todos os paranauês que a gente vê em filmes e desenhos por aí afora, mas sempre sabe que inteligência artificial é só um nome chique pra "programação computadorizada".

Assim surgiram os Homens Metálicos, que igual a um certo robô azul decidiram virar super-heróis e enfrentar inimigos como o gigantesco ser de lama tóxima Químio e um monte de outros inimigos randômicos, tão randômicos que a equipe rapidamente virou igual casos como dos Sovereign Seven, os Desafiadores do Desconhecido, a Patrulha do Destino e outras tantas equipes que só nerd geek nível hardcore lembram que existem na DC Comics. Mesmo assim a equipe chegou até dar uma ajudinha pro Batman por um tempinho. Por serem tudo feito de metal, várias vezes foram derretidos (no caso do Mercúrio, vaporizado), mas o Will Magnus muitas e muitas vezes reconstruiu seus robozinhos, e inclusive em um determinado momento deu a eles o poder de virarem um Megazord chamado "Liga", com os poderes de todos combinados e geral tá perdidinho se enfrentar essa monstruosidade.

Membros[editar]

  • Ouro: O mais inteligente dos robôs (alguns dizem inclusive que o Doc Magnus enfiou partes do próprio cérebro no robô). Ele consegue se esticar um bocado além de conduzir bastante eletricidade e sempre é o carinha ponto de equilíbrio já que outros membros do grupo ou são pentelhos demais ou muito metidos a fodões.
  • Ferro: O mais fortão da turma, e o metido a Shiryu de Dragão, pois costumeiramente se mata pra ajudar o resto da equipe.
  • Chumbo: O gordinho feliz da equipe, costuma se juntar com o Ferro pra formar barreiras pra ajudar geral da equipe.
  • Estanho: O miudinho e medrosão da turma, além de desengonçado pra caralho, sofre de gagueira e é o alívio cômico da turminha metálica. Chegou a criar uma namorada pra ele mesmo chamada de "Sem Nome" (que criativo!), mas ela acabou morrendo, o que o deixou bem depressivo, mas ao tentar se matar descobriu que era o único da turma que não conseguia morrer de jeito nenhum, sendo portanto 100% imortal, já que seu responsômetro é indestrutível. Incrível como os mais inúteis são os que duram mais.
  • Mercúrio: O cabecinha quente da turma, Mercúrio é o único que está em estado líquido constante, sendo seu estado sólido uma ilusão de ótica. Por ser o brabinho da turma, é o que mais se mete em encrencas e morre mais cedo que o resto.
  • Platina: A única mulher (?) oficial da equipe, e também chamada de "Tina", sabe-se lá como se apaixonou por seu criador Will Magnus, que obviamente por saber do que caralhos era feita a mina jamais correspondeu à insanidade da boneca. É a mais difícil de destruir da galera e vive às turras com seu maninho Mercúrio.
  • Cobre: Também chamada de "a esquecida", passou pouco tempo na equipe porque o Ouro vivia sendo confundido sei lá como com ela e a expulsou da equipe, mesmo sem nem lembrar o nome dela.
  • Homem de Platina: Uma tentativa mal sucedida de fazer uma versão masculina da Platina pra ver se desativava a mina que enchia o saco dando em cima do Magnus, mas o robô era gay e aí ele desativou.
  • Mulheres Metálicas: versões femininas do Ouro, Chumbo, Mercúrio e Ferro que enferrujaram na única missão delas de lavar a louça do laboratório.
  • Homem de Plutônio: Uma versão satânica dos robozinhos que tentaram obrigar o Magnus a criar.


v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.