Howard Hughes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Leonardo di Caprio? Cquote2.png
Google sobre Howard Hughes
Cquote1.png Você quis dizer: O Aviador? Cquote2.png
Google sobre Howard Hughes
Cquote1.png Lindo,tesão, bonito e gostosão Cquote2.png
Mocinhas de família da época sobre Howard Hughes
Cquote1.png Vou comprar o mundooo! Hauhauahuah! Cquote2.png
Howard Hughes sobre seus planos ambiciosos.

Joven Howard Hughes, podre de rico e feliz da vida.

Cquote1.png Oeeeeeeee!! Rááá rááááííí! Ríííí rííííí!! Quem quer dinheiro? Oeeeeeeeeee! Olha o aviãozinhoo!! Cquote2.png
Sílvio Santos após conhecer Howard Hughes.
Cquote1.png Quanto custa? Cquote2.png
Howard Hughes antes de comprar a TWA.
Cquote1.png Uns 500 milhões de dólares. Cquote2.png
Contador da TWA respondendo à pergunta anterior.
Cquote1.png Vou comprar, ligue para meu contador e acerte tudo. Cquote2.png
Howard Hughes 5 segundos após a resposta acima.
Cquote1.png Oh, você é Howard Hughes? Me come! Cquote2.png
Qualquer atriz da época que precisasse fazer um filme.
Cquote1.png Me mostre os projetos, me mostre os projetos, me mostre os projetos (34x) Cquote2.png
Howard Hughes deixando bem claro que queria ver os projetos.
Cquote1.png Q-U-A-P-R-E-W-E-N-A Cquote2.png
O mesmo Howard Hughes ao tentar soletrar QUARENTENA.

Howard Roubando Hughes Junior Filho foi um mega milionário americano que viveu entre o começo e o fim da existência da humanidade no mundo. Foi aviador, diretor de filme, diretor de novela mexicana, engenheiro espacial, ator pornográfico, apresentador de programa infantil, político, caçador de vampiros, caçador de lobisomem, vampiro, lobisomem, dono da Globo, dono da Record, dono da falida TWA, entre outras coisas.

Quebrou o record mundial de velocidade em um avião sem asas e sem motor, funcionado apenas no tranco após ser empurrado por 2 tetraplégicos. Também se notabilizou por escrever, dirigir, interpretar e filmar por completo os filmes Scarface e Hell's Angels.

Era conhecido por ser um garanhão de primeira categoria. Claro, sendo um dos homens mais ricos do planeta era fácil pegar qualquer mulher. Mas Hughes era um autêntico gilete, pegava pelos dois lados.

Nascimento e Infância[editar]

Um exemplo das gatas que esse puto comia pegava.

Hughes nasceu no dia 24 de dezembro de 1.000 novecentos e alguma coisa. Desde pequeno sempre quis ser de tudo um pouco. Tentou ser faxineiro, cozinheiro, lavador de carros, lavador de bicicletas, batedor de carteira e tudo mais, só que devido à sua pouca idade, seu pai o obrigou a estudar como uma pessoa normal. Tirando o fato de querer dar (ui!) uma de bombril, Hughes teve uma infância relativamente normal para alguém da laia dele.

Com o passar do tempo, sua mãe enlouquecida e fã de Brutal Death Metal, botou na cabeça em sua que ele nunca poderia se sujar, de forma alguma, e que caso se sujasse em alguma parte do seu corpo e não a lavasse imediatamente, essa parte suja poderia cair ou apodrecer em questão de segundos, deixando-o com graves seqüelas. Isso fez o jovem rapaz crescer com uma neura fora do comum, o que não afetou nem um pouco toda a sua magnífica inteligência e sabedoria.

Outro detalhe interessante do menino Jesus Hughes era que desde pequeno, este mostrava ter uma tendência tendenciosa tendendo ao mesmo sexo, e volta e meia gostava de morder a fronha. Seu primeiro amor homossexual foi, de acordo com relatos, um tal de Silvinho Santinhos, fato negado por ambos os namorados lados até os dias atuais, apesar de Hughes não estar mais vivo.

Alheio as intrigas e fofocas que a imprensa inventava a respeito dele, Hughes procurou sempre se concentrar em gastar dinheiro e fazer coisas que não eram nem um pouco convencionais para a sua época. Dizem que o famoso Bloco das piranhas, comum no carnaval brasileiro começou com uma visita de Hughes ao Rio de Janeiro, onde lá, em uma boate gay, organizou uma festa a fantasia para todas as bichas da cidade. Tudo isso com apenas 15 anos.

Juventude[editar]

Homem ou mulher? Essa era dúvida cruel de Hughes.

Á partir dos 16 anos, Hughes passou a se interessar e dedicar em tempo integral à aeronáutica, deixando de lado as orgias homossexuais. Por ser um menino rico de condomínio, ele tinha todo o tempo do mundo para ficar imaginando novos aviões, caças, aeromodelos, dentre outros. Além do mais, seu pai pagou aulas exclusivas para ele no Senai e no CEFET da sua cidade, fazendo com que a inteligência aeronáutica de Hughes alcançasse patamar muito a frente de sua época.

Não era nerd, e por incrível que pareça, tinha namoradas e namorados de todos os sexos. Por começar sua vida amorosa ainda quando criança, se relacionar com pessoas que lhe atraíam fisicamente não era problema, uma vez que este era um cara de pau de primeira, e usava sua fortuna como meio de conquista, e quando esta não funcionava, ele utilizava a força mesmo. Era um playboy por assim dizer, e como todo playboy que se preze, sempre saía pra passear com seu pit-bull.

Desde cedo também, Hughes começou a conhecer melhor os negócios de seu pai, se preparando para quando ele morrer, assumir a empresa em seu lugar, o que não demorou a acontecer, pois seu pai morreu afogado em um copo de suco de morango. O pai de Hughes era proprietário da maior empresa de fazer martelo de madeira para bater bife do mundo. E como manda o script, seu filho deveria assumir no seu lugar.

Ao completar 24 anos, Hughes assume a empresa de seu pai. Após assumir o controle da empresa, Hughes mudou-se para Holywood, pois era em Holywood que estavam as mulheres mais lindas, os homens mais musculosos, e os melhores bailes funks do mundo. Hollywood também é o local onde Hughes triplicaria ao infinito a fortuna deixada pelo pai, e depois gastaria tudo comprando lenços humidecidos para limpar a bunda após fazer merda, literalmente.

Holywood e os Filmes[editar]

Ao chegar em Holywood, o jovem Hughes se viu deslumbrado com tamanho glamour e riqueza, e decidiu que de uma forma ou de outra, faria parte daquele mundo superior. Sua primeira tentativa de se ver dentro daquele mundo foi fazendo uma casa de show para maiores de idade, tendo com público alvo os grande astros. No começo até que deu certo, só que com o passar do tempo, os artistas viam que não seria bom para a imagem deles estarem frequentando tais lugares, assim, Hughes se viu obrigado à vender sua casa de show e partir para outros negócios, ainda mais ambiciosos.

Sua próxima cartada seria histórica. Hughes passou a financiar e participar filmes pornôs de pequeno e médio porte, começando assim, a mudar a história do cinema.

Após muitos e muitos filmes pornôs, Hughes passou a escrever seus próprios filmes, e dentre tantos e tantos filmes por ele escritos e gravados, destacaram-se os seguintes filmes:

SCARFACE SCRIPT COVER MOCK.jpg*Scarface - É uma história parecida com a do Poderoso Chefão. Famílias de traficantes brigando pelo domínio de morros e favelas, pelo controle das bocas de fumo, e matando quem se metesse em seu caminho, seja para atrapalhar, para ajudar ou para roubar.

HellsAngelsHughes3.jpg*Hell's Angels - Este filme trata da dura e cruel realidade da 2ª Guerra Mundial. Do ponto de vista aviador, claro, já que ele era enlouquecido por aviões. Dizem as más línguas que tudo o que acontecia no filme era real, tipo, mortes e etc. Foi o filme mais caro da época, custando aproximadamente 5 mil cruzados novos.

O Aviador[editar]

Hughes em entrevista à Marília Gabriela a respeito do Spruce Goose.

Por ser fanático em engenharia aeronáutica, foi questão de tempo e paciência para Hughes se meter nesse meio também.

Hughes iniciou-se comprando uma grande parte das ações da TWA, uma das maiores empresas aéreas dos Estados Unidos. Depois de ter comprado a TWA, ele comprou uma fábrica de aviões e passou a fazer todos os modelos que havia projetado quando ainda era criança. Dentre todas as criações destacou-se o Spruce Goose, um dos maiores aviões de todos os tempos. Maiores em todos os sentidos. Pois esta aeronave havia sido encomendada pelo governo norte americano para ajudar durante a Segunda Guerra Mundial. A segunda guerra acabou, o mundo vivia em absoluta paz, e o bendito avião ainda não havia sido entregue.

Devido à esses problemas com o Spruce Goose, Hughes foi acusado de uma pá de crimes contra o estado, contra as pessoas, contra o mundo, contra as formigas tucandeiras cinzas, contra os estudantes, enfim, contra todos. Depois de anos rebatendo acusações de todos, Hughes prometeu que faria tal aeronave voar, senão ele chorava.

E finalmente o Spruce Goose voou, tá certo que não foi aquele voo para se dizer: "Nossa, que voo, quão alto este avião está!", mas foi um voo para provar à todos que ele estava certo quanto ao Spruce Goose.

Apesar records mundial de velocidade, voltas ao mundo, aviões gigantescos e compra de companhias aéreas, sexo com as mulheres mais lindas da época, Hughes anda sofria de um mal. A frescura.

Queda e Morte[editar]

Uma das raras fotos de Hughes muito louco!

Com o agravamento das neuras que Hughes tinha por limpeza, ele resolveu se internar em sua casa, na tentativa de se curar deste mal ou de se matar de uma vez. Hughes estava tão louco e insano que proibiu todos os seus empregados de falar pessoalmente com ele, não queria mais tirar a barba nem comer comida de adulto, somente comida de crianças e bebê, ou seja, fazia tudo o que sua mãe quando viva ainda fazia com ele.

Após anos recluso, com medo de germes, vermes e tudo quanto é ser vivo, Howard Hughes morreu de parada cardíaca. Ou seja, não adiantou porra nenhuma ele se esconder de germes se acabou morrendo do coração.

Ver Também[editar]