Hoxhaismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Hoxhaismo foi uma variante variada do comunismo surgida nos anos 70, numa época em que todos líderes socialistas estavam ganhando -ismos com seu sobrenomezinho ali acoplado. Fundado pelo monarca e eterno líder mantido vivo criogenicamente da Albânia, Enver Hoxha, o hoxhaismo assim como seus concorrentes consiste em se declarar o único e verdadeiro comunismo e atacar os outros de revisionistas, social-imperialistas e outros xingamentos clichê do dicionário de jargões marxianos.

O hoxhaismo chamou atenção pela rivalidade ferrenha e mortal com o titoismo, praticamente um Corinthians x Palmeiras dos comunas. Historiadores apontam que Josip Broz Tito comeu a esposa de Hoxha numa dessas convenções socialistas, o que teria gerado a intensa inimizade.

Ideologia[editar]

Resumo do hoxhaismo.

Alicerçado na sabedoria milenar e infalível do Partido do Trabalho da Albânia (sim, do Trabalho, e não Comunista ou Trabalhista pois até nisso eles queriam ser diferentões e de qualquer forma, essas denominações são revisionistas), o hoxhaismo se caracteriza por uma defesa estrita do legado que legado? de Josef Stalin, num pensamento melhor descrito como "mais stalinista que o próprio". Sendo assim os marcos deste como gulags, culto à personalidade e repressão estatal são presença garantida em organizações hoxhaístas. Tudo que não seja a Albânia ou União Soviética entre 1917-1956 são anticomunistas bobo, chato, feio e cara-de-mamão e ferozmente atacados, mesmo que isso signifique se isolar num país mal-administrado e semifeudal, tendo perdido um a um os amigos do bloco socialista.

O segundo pilar é supostamente o direito das nações de buscarem o socialismo por diferentes caminhos ditados pelas condições de cada país, mas claro que só os que Enver aprova. Qualquer desvio é tido como revisionismo (sempre ele) e anotado na lista negra de Hoxha, o que garante sua eterna antipatia e ataques em longos discursos e livros, que ninguém daria atenção sem ter um fuzil do lado obrigando.

A segurança nacional é outro tópico, pois quando se é paranoico a ponto de ver anticomunismo em tudo, os medos de invasões de todos os países que você ofendeu são uma constante. Para isso recomenda-se a construção de centenas de milhares de bunkers inúteis pelo país todo, mesmo que eles sejam um buraco negro nas finanças, enfeiem a paisagem, tenham valor militar mínimo, desviem o foco de coisas mais importantes como casa e comida pro povo e... não! NÃOOOOO!!!

Bullet hole glass.png

Adesão[editar]

Por increça que parível, em toda sua insanidade o hoxhaismo fisgou ideologicamente boa parte dos maoistas, que de sadios já não tinham nada. Fora uns partidecos irrelevantes em lugares como Colômbia e Equador quem se destacou foi o Partido Comunista do Brasil, que em sua história pulou de galho em galho em cada novo ismo que aparecia e com o da Albânia não foi diferente. Mas claro que com o fim da Guerra Fria eles morfaram no puxadinho do PT que conhecemos hoje.

Atualmente todos partidos hoxhaistas existentes são cosplays que não conseguem atrair 20 pessoas, mas o que importa é que essas 20 estão corretas e todo o resto do mundo é revisionista. Fora revisionistas!!