Imperalismo Microsoftiano

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Atenção! Este artigo foi desenvolvido pela Microsoft! Menu canto windows.gif
E seu autor o programou no setor de R&D da Microsoft, por isso, pode conter slowdowns, travamentos, consumo excessivo de RAM, spam e Tela Azul da Morte.
Para ajuda, acesse o Centro de Ajuda e Suporte da Microsoft.
Process-stop.svg.png
EUA Falencia.jpg Powered by Chevrolet

Este artigo é gringo! Ele come Big Mac com Coca Cola no café-da-manhã e pensa que Seinfeld é a melhor série de todas.

Imperalismo Microsoftiano, viva!!

Cquote1.png Salve o Imperalismo Microsoftiano Cquote2.png
Steve Ballmer sobre Imperalismo Microsoftiano
Cquote1.png Imperalismo Microsoftiano um caralho!, salve o Imperalismo Appleísta Cquote2.png
MacManíaco sobre Imperalismo Microsoftiano
Cquote1.png Seu infeliz, vai pro Microsoft Holocaust Cquote2.png
Bill Gates sobre Você que não quer usar um produto da Microsoft
Cquote1.png Na União Sovíetica, a Microsft usa produtos de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Imperalismo Microsoftiano
Cquote1.png Quem apoiar o Imperalismo do Sexo vai pro pau Cquote2.png
Imperalista Microsoftiano sobre Checas

Imperalismo Microsoftiano é um sistema de Governo onde tudo é influenciado pelos produtos do Titio Bill, o uso dos produtos da Microsoft são obrigatórios

História[editar]

  • Quando o Nazismo acabou, Bill Gaytes estava cansado da expansão do Imperalismo Appleísta, pois a Apple estava mandando a Microsoft e todos os seus apoiadores para o Inferno, o Till na saída disso, criou uma cópia esfarrapada do Imperalismo Appleísta, o Imperalismo Microsoftiano
  • Bill Gaytes deu um golpe de estado aqui em 1964, todos pensavam que era iníco de uma ditadura militar, mas era o início do Imperalismo Microsoftiano no Brasil, os produtos da Apple foram censurados, somente foram usados os produtos da santíssima Microsoft
  • Bill Gaytes introduziu o infernal Infernet Exploder, só podendo pesquisar no bing e apenas acessar os sites da Microsoft e no melhor estilo da Segunda Guerra Mundial, ou seja é baseado no Hitler
  • Mas em 1984 Bill Gaytes foi derrotado pelo Imperalismo do Sexo, dando início ao Imperalismo do Funk aqui no Brasil, em 1997 o Till criou o LHC pra detonar todo o planeta em 2012.

Tipos de Imperalismo Microsoftiano[editar]

Bandeira do sistema

Monarquia Microsoftiana[editar]

É um tipo de Imperalismo Microsoftiano onde um país Microsoftiano é reinado por um rei, a maior economia é a economia do Ruindows, ou seja, a cada vez que o seu Ruindows dá pau, você tem que doar um bom valor ao rei

Ditadura Microsoftiana[editar]

E um tipo de governo semelhante a ditadura militar, mas só nesse governo é onde se eleje um ditador escolhido pelos seguidores do Imperalismo Microsoftiano, nesse tipo de governo há muita censura.

Coisas que os Imperalistas Microsoftianos adora:[editar]

Coisas que os Imperalistas Microsoftianos odeia[editar]


Leis do Imperalismo Microsoftiano[editar]

  • Jamais ser comunista e capitalista
  • Jamais escutar Funk
  • Jamais usar produtos da Apple
  • Jamais ser MacManíaco
  • Jamais usar o Mozilla Firefox para navegar na Web
  • Jamais usar o Orkut, você deve usar o Live Spaces
  • Jamais usar o Linux
  • Jamais pesquisar no Google

e mais um Moll de regras

Bill Gaytes, apresentando uns dos seus objetos de tortura

O que aconteçe quando uma pessoa não é Microsoftiana?[editar]

  • É transportado para o Microsoft Holocaust (50%): nesse espaço você é torturado com a Tela Azul da Morte, torturado com erros, torturado pelo Windows Swastika, você é torturado por Hitleer
  • É mandado pra Marte(50,5%):Você vai conviver coms os Aliens,no frio e no forno, os Aliens vão extermirarem você
  • É Mandado para o Acre(99,9%):Lá você vai viver no vácuo, você não vai viver sem nada, a companhia nem do vento, companhia de um moll de montanhas que algumas tem formatos de Caralhos, você vai morrer de frio.

Exemplo de Imperalistas Microsoftianos[editar]

E mais um Moll de pessoas