Interact Play VR

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Interact Play VR é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, alguém fez um Monster Kill.


Jogo Interativo VR
Interact play vr.jpg

Pela capa dá para se ver a qualidade do negócio...

Informações
Desenvolvedor Illusion Soft
Publicador Illusion Soft
Ano 2001
Gênero Eroge
Plataformas Windows
Avaliação 0 elevado a 0
Idade para jogar +18 anos

Interact Play VR é um dos muitos jogos de bronheiros lançados pela Illusion Soft para nerds dementes e pervertidos.

O jogo é tão babaca que nem sequer pensaram em um nome decente para ele, colocando esse título óbvio que parece tirado de um filme do Cine Band Privé. Só de olhar a capa, que tem uma hentai girl de blusa aberta e com uma expressão de boqueteira na cara, também já é facilmente deduzido por qualquer um o conteúdo pornô que tem ali dentro.

Sobre[editar]

Basicamente, é um jogo de estupro como praticamente todos que a Illusion faz. Só não é considerado um plágio de RapeLay porque ambos são da mesma empresa e Interact Play VR foi lançado cinco anos antes. Mas fora esses dois detalhes bobos, os games são praticamente iguais, então este aqui pode-se dizer que foi uma prequela. E mesmo tendo sido ruim que dói, resolveram seguir adiante com a ideia, já que só assim mesmo para dar alguma esperança aos otakus de que irão transar em algum dia na vida.

A história gira em torno do chikan, um fetiche maroto que os japoneses têm de abusar sexualmente das mulheres dentro dos metrôs.

O jogador controla um homem taradão chamado Keitarô Akobayashi, que aparentemente não tem porra nenhuma para fazer e por isso curte ficar pegando o metrô à toa e paquerar as passageiras gostosas, que ele frequentemente bolina sem que elas façam absolutamente nada para fazê-lo parar. Mesmo quando o metrô para e as donzelas saem, Keitarô continua a persegui-las pelos trilhos até alcançar e arrancar as roupas delas à força (na verdade, elas gostam). Após finalmente estuprar para valer suas vítimas, ele tira um monte de fotos indecentes das mesmas e passa a chantageá-las para que continuem sendo suas escravas sexuais, caso contrário, irá divulgar as imagens no www.caiunanet.com.

Personagens[editar]

  • Keitarô Akobayashi - Um imbecil de 26 anos de idade que cansou de ficar só na bronha e resolveu que já era hora de perder a virgindade. Como não tinha a menor experiência com a mulherada, achou mais prático chegar já estuprando todo mundo.
  • Haruka Isezaki - Colegial de 16 anos que é podre de rica e também uma baita CDF.
  • Akagi Manami - Uma guria retardada de apenas 13 anos que se acha muito kawaii, mas não passa de uma pirralha irritante.
  • Maya Kitamoto - Miguxa de 14 anos da Akagi, pensa que tem vocação para ser comediante e fica contando um monte de piada sem graça.
  • Yoko Kiryu - A professora gostosa de Maya e Akagi, tem 22 anos.
  • Miyabi Haneo - Uma detetive de 20 anos que se disfarça de macho na tentativa de prender Keitarô, mas por ser uma puta incompetente acaba sendo estuprada assim como todas as outras.