Inundação de melaço de Boston

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Inundação de melaço de Boston foi uma inundação um tanto inusitada que ocorreu em 1919, em Boston (óbvio), que fica nos Estados Unidos. Era uma manhã calma, tranquila e serena, quando um caminhão que carregava melaço, que é caldo bastante doce feito para panquecas, explodiu do nada e ferrou com a vida das pessoas que estavam no local. A inundação foi tão perigosa que deixou 21 mortos e centenas de feridos. Reza a lenda que até hoje se você lamber a calçada do local, você terá diabetes...

Acontecimento[editar]

Deu bosta em Boston (chega de piadas por hoje)...

Era manhã, 15 de janeiro de 1919, o vento rumava para o Norte, as crianças corriam no pátio, e enquanto isso tudo um caminhão cheio de melaço andava nas ruas de Boston. De repente um pente caiu, mas mais do que isso, ele caiu em cima do caminhão, o que provoca uma explosão caótica, já que segundo as leis da física clássica, se um pente cai em 145 graus em cima de algo com mais de 2 metros de altura, é provável que ela exploda.

Logo em seguida, o melaço começa a ser jorrado em cima das casas, pessoas, e tudo que estivesse por perto. Como o melaço é doce, 50% dos mortos morreram logo lá de diabetes, outros foram atacados por formigas famintas, e outros ficaram presos no melaço. A explosão foi tão forte que alcançou o tamanho do bairro inteiro. Uma das ocasiões mais graves foi quando o melaço entrou dentro de um Centro Psicológico para Pessoas com Fobia de Melaço (PPFM), lá muitos achavam que se tratava do fim dos tempos, e cortam os pulsos...

Autoridades entram em jogo[editar]

Logo depois foram chamada as autoridades, ou seja, os policiais, o SAMU, os bombeiros, e o exército, porque os americanos gostam de guerra. Primeiramente o SAMU socorreu as vítimas, depois a polícia prendeu o motorista, e os bombeiros ficaram vendo se não tinha nenhum defunto nos escombros, já o exército deu um tiro de canhão aleatório só para não dizer que não fez porra nenhuma. Logo depois da chegada das autoridades, iniciou-se o trabalho de retirada do melaço, foram usadas pás, escavadeiras, e até mesmo um concurso de quem come mais melaço.

Quando isso terminou, a fábrica que preparava o melaço foi processada na justiça pelos moradores locais. Ela até tentou se defender dizendo que foi o ISIS que atacou o caminhão, mas o júri disse que na época deles ainda não existia isso, então os donos da fábrica perguntaram como eles sabiam disso, e logo em seguida foram presos por "saberem demais". Reza a lenda que na verdade a banca do júri eram terroristas que voltaram no tempo para saber como funciona a mente americana, e assim poder atacar mais facilmente, contudo isso nunca foi provado...