Jūrmala

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Jūrmala é uma das cidades com mais de 10 mil habitantes (o que é raro na região de Jūrmala) de um país que tem menos que isso de habitantes.

História[editar]

Um dia de verão em Jurmala.

Jūrmala sempre foi uma parte de Riga, mas não tem esse papo de "Jūrmala competia com Riga para ser capital do seu país" ou "Jūrmala é a segunda cidade mais rica da Letônia e fica ofendida por não ser a primeira". Falar essas coisas para cidades letãs é como falar que Jequitinhonha compete com os distritos para ver quem é melhor: não significa porra nenhuma e a verdadeira importância de Jūrmala para os letões é que a cidade fica mais perto de Riga.

Antigamente, Jūrmala não tinha nome, os vikings achavam mais eficaz deixar todos os prisioneiros logo em Riga ou pela costa já que eles nunca estiveram nem aí pra nada que estivesse abaixo da Estônia.

Durante anos Jūrmala ficou como "terra de ninguém onde ninguém mora" até que alguns mendigos decidiram se estabelecer por lá depois da Letônia tê-los expulsado da capital Riga. Então a Rússia toma a Letônia e a população letã e de Jūrmala são "russeirizadas", os letões deixam de existir e até hoje ninguém sabe como é um.

Após a independência da Letônia da Rússia, as placas em russo são tiradas das ruas e substituídas por letão, mas aí ninguém sabia ler essa maldita língua mas as placas estão lá até hoje. Jūrmala tem um litoral e uma academia de ciências, mas ninguém usa a praia pois o governo não tem dinheiro para desarmar minas e nenhum cientista gosta da Letônia.

Turismo[editar]

Apesar de tudo, Jūrmala é uma das cidades que recebem mais turismo para conhecer a Letônia, e não um turismo para conhecer os bordeis de Riga ou as vielas onde você pode comprar mais barato por algo (a Letônia é o paraguai do mar báltico).

Jūrmala é a única cidade de todo o seu país com uma secretaria do turismo, e o que eles pagam para eles não dá pra comprar nem uma cesta básica Letã, que convenhamos que tem pratos com nomes muito esquisitos. Seja como for, é registrado o fluxo de -5 turistas anuais em Jūrmala, o maior índice do país depois de Riga com -2 turistas anuais.