Jaciara

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Jaciara
"A capital dos esportes idiotas"
Bandeira de Jaciara.png
Fundação Não disponível
Gentílico Jacintocabeção
Lema Vamo prantá
Prefeito(a) Você já assistiu Mad Max?
Localização
Localização de Jaciara
Estado link={{{3}}} Mato Grosso
Municípios limítrofes Dom Aquino, Santo Antônio do Leverger, Juscimeira, Campo Verde e São Pedro da Cipa
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área Não disponível
População Não disponível
Idioma Jaciarês
Clima Quente pra porra

Cquote1.png Eita lugarzinho com clima agradável, ainda bem que não tem mosquito... Cquote2.png
Jaciarense que se mudou para o Inferno
Cquote1.png Não percam nesse sábado o grande bailão com Milhão e sua turma!. Cquote2.png
TV Cidade convidando a população para prestigiar mais um grande evento local.
Cquote1.png Em Mato Grosso, o Grêmio venceu por apenas 1x0 o Jaciara de Cuiabá!. Cquote2.png
Renata Fan sobre o jogo da Copa do Brasil.
Cquote1.png Que frioooooo! Cquote2.png
Cuiabano sobre o clima de Jaciara.
Cquote1.png Que calorrrrr! Cquote2.png
Alguém normal, morrendo sobre o clima de Jaciara.
Cquote1.png Que tédio! Cquote2.png
Alguem normal sobre Jaciara
Cquote1.png Cidadezinha que não tem nenhum prédio! Cquote2.png
Alexandre Nardoni sobre Jaciara
Cquote1.png Oh lugarzinho fácil pra comer 5 mulheres em uma noite sem gastar um tostão!! Cquote2.png
Agroboy rondonopolitano sobre Jaciara
Cquote1.png Será só imaginação? Será que nada vai acontecer? Será que é tudo isso em vão? Será que vamos conseguir vencer?... Cquote2.png
Prefeito cantando Legião Urbana em seu gabinete.

Jaciara é um município boliviano do estado de Ney Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 15º57'55" sul e a uma longitude 54º58'06" oeste, estando a uma altitude de 5 metros do inferno. Sua população estimada é de 15.050 cortadores de cana habitantes, sendo a quinta maior cidade da Região do Vale do São Lourenço dentre cinco cidades.

História[editar]

Hora do rush em Jaciara.

Absolutamente nada de bom aconteceu na história dessa cidadezinha. Ela foi colonizada em 1945 e nada aconteceu até hoje. O que os habitantes locais chamam de "pacato" todos os outros chamam de "tédio".

Clima[editar]

A temperatura mais alta registrada em Jaciara foi na cama da sua mãe, 76º graus.

Economia[editar]

A economia era formada basicamente pela produção de cana-de-açúcar, onde na época da safra 99% da população trabalhava para no restante do ano se vadiar aconchegar em baixo de uma árvore, tomar birita (tereré) e escutar o som potente de seus fuscas, brasílias e passats. Com a falência das usinas esse povo perdeu completamente o seu trocado para comprar sua cachaça do dia-a-dia para se alimentar, e revoltados com o fato de não poderem mais tomar sua pinga diária, eles interditam a BR-364 quando querem cobrando álcool como pedágio aos motoristas putos da vida, utilizado para consumir.

Com a roça falida, a única opção de trabalho restante é puxar o saco do prefeito e quem sabe conseguir um cargo público.

O restante 1 % da população são pastores que trabalham roubam para igrejas evangélicas, e vendem seu produto principal, a salvação eterna para a alma corrompida dos outros 99% de pecadores da cidade, garantindo um bom lucro ao município, que cada vez mais atrai empresários religiosos sacanas para esse ramo.

Outro tipo de negocio que cresce no município é o funerário, devido ao município ser cortado pela BR-364 onde sempre rola tragédias.

População[editar]

A população jaciarense é formada por imigrantes exploradores vindos de São Paulo e Rio Grande do Sul, estes reconhecidos por seu modo folgado e vagabundo de agir. Os que realmente trabalham mas são tratados como cachorros, são os nordestinos (chamados todos de "paraibas") cortadores de cana que ajudaram a cidade crescer construindo favelas em todos os cantos, onde muitos ou viram evangélicos ou vão embora de novo para o Nordeste depois de passar uma temporada na cadeia pública do município ou a safra da cana acabar.

Bairros[editar]

  • Centro - Bairro comercial e também moradia da classe-media mediana e da zelite decadente da cidade.
  • Santa Rita - Bairro onde existem muitas bocas de fumo.
  • Santo Antonio - Lugar feio ,sujo e infestado de larvas da dengue. O esgoto corre a céu aberto, é habitat natural dos favelados, nordestinos, putas e traficantes.
  • São Sebastião - Povoado pela classe média.
  • Planalto - Bairro povoado por pobres, prostitutas, caminhoneiros, sem-terras, gays e traficantes.
  • Distrito Industrial - É aqui que localiza-se todas as industrias a usina Jaciara
  • Residencial Zé Araça - Gueto organizado pelo prefeito Mad Max onde famílias desestruturadas e analfabetas prestam culto à divindades canavieiras.
  • Cohab Lugar sem leis e sem Deus esquecido por 95% da população, outros 4% ignoram o local e o resto mora lá.
  • Residencial Flamboyant - Ninguem sabe que existe

Transportes[editar]

Segundo as estatísticas do Detran-MT, o trânsito de Jaciara é formado por 500% de motos, 600% de carretas, 1200% S10 das novas e 0,5% de gays e 0,5% de outros.

O trânsito da cidade é muito violento, há cerca de quatro acidentes de bicicletas por hora, acidentes assustadores que rendem os temas diários para as inúmeras matérias da TV Cidade.

São de extrema utilidade pra cidade a implementação dos famosos bi-trens, os quais ajudam a controlar o trafego e diminuir a velocidade dos demais veículos ao atravancar as vias, além de distribuir de maneira ordenada vagas de estacionamento e facilitar a entrada da garagem da sua casa. Também ajuda a economia local aquecendo o negocio funerário.

Esportes[editar]

Sim, Jaciara tem um time de futebol profissional ou amador quase profissional, até hoje não se sabe qual é o real nome do clube, alguns chamam de Grêmio e outros (colorados enrustidos) e paulistas com inveja dos gaúchos preferem chamá-lo de Jaciara. Mad Max em 2008 resolveu investir pesado no time, com dinheiro público e de suas indústrias petrolíferas. O resultado desse investimento foi uma bela humilhação em rede nacional, humilhação em rede estadual e humilhação em rede rondonopolitana. Depois de um ano de muitos investimentos e de muitos goleadas fracassos, o time em 2009 foi fechado e passou a atuar como amador, formado apenas por cortadores de cana e vileiros locais, e só disputa campeonatos regionais de bola de gude e sinuca.

Lazer[editar]

Grupo de perigosas piranhas jaciarenses que atacaram e devoraram um grupo de rafting e vestiram seus coletes.

Entre os meses de janeiro e dezembro é realizada a temporada de esportes idiotas com a pratica de vários esportes idiotas e shows com artistas municipais, as quais atraem cerca de 50 pessoas por dia, que vem principalmente de grandes municípios vizinhos, como Juscimeira e São Pedro da Cipa. Mas a principal diversão de Jaciara é sua longa e extensa avenida, repleta de bares e boates da moda, é bastante frequentada por agroboys e suas S10 saveiros velhas equipadas com equipamentos de som ultra potentes, e também por vileiros com suas motos também ultra potentes.

Além do mais, se você quiser morar em Jaciara, você não vai encontrar nada pra fazer, só ficar perambulando pelas ruas no sábado de noite igual aos moradores de Jaciara, e conhecer as meninas fáceis que lá residem.

Turismo[editar]

Conhecida como capital dos esportes idiotas, a cidade atrai dezenas milhares de jovens idiotas praticantes desses esportes idiotas de remar num bote inflável num rio, todos atraídos pelas feiuras belezas naturais e pela quantidade de cachoeiras, sendo que a mais famosa delas impressiona pela imponente altura de 95 centímetros de queda da água, tornando-se a maior do Vale do São Lourenço.

Em Jaciara ainda há a Cachoeira da Fumaça que recebe este nome por ser o local onde a população maconheira encontrou para fazer o corre.