Jaguariúna

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo foi considerado um esboço pelo Goku!
Edite ele ou o Goku terá de usar sua Genki Dama
Jaguariúna Imitação de Country Americano, Cidade de merda, Terra de caubói viado
Itatiba bandeira.jpg
Bandeira
Sentas e Goza
Hino "I wanna be a cowboy baby"
Local link={{{3}}} São Paulo Interior de São Paulo
Idioma Caipira, caipira-mineiro
Geografia
Clima Fresco
Locais de referência Rodeio, sentamento em chifre
Economia Tráfico de Drogas e Lavagem de dinheiro
Produtos exportados Pomada para hemorróidas e vibradores embutidos em celulares
Política
Governo
Nuvola apps core.png
PMDB
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Zé Roberto Mazzaropi PMDB
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Zé Lelé PV
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Adriane Galisteu
Esporte símbolo Bocha
Santo local Santo Caipirão

Cquote1.png Você quis dizer: Lugar de caubói viado Cquote2.png
Google sobre Jaguariúna
Cquote1.png Você quis dizer: Praça Cquote2.png
Google sobre Jaguariúna
Cquote1.png Uma das melhores 500 cidades do interior paulista. Cquote2.png
Bush sobre Jaguariúna
Cquote1.png Sempre quis ir lá. Cquote2.png
Zeca Pagodinho sobre AmBev
Cquote1.png A Faj tem uma estrutura muito boa! É melhor que muita pública! Cquote2.png
Aluna que não passou nem na PUC sobre FAJ Jaguariúna
Cquote1.png Cára... a feira de lá é a melhóóóóór. Cquote2.png
Emos sobre feira sabatina de Jaguariúna
Cquote1.png Ainda jogaremos uma bomba lá... Cquote2.png
Presidente da Nokia sobre Jaguariúna
Cquote1.png Não será mais necessário... Cquote2.png
Presidente da Nokia sobre Motorola Jaguariúna

Sobre[editar]

Jaguariúna é uma cidade do interior de São Paulo, conhecida por apenas ser lembrada durante o grande evento de rodeio.


Conhecida também como capital internacional das praças, Jaguariúna tem o número record de 35688421 praças/habitante. Sua única função é sediar o Jaguariúna Rodeo Festval (sem I pois tem que parecer coisa de americano para tentar ganhar de Barretos), sendo extremamente complexada pois mesmo mentindo quanto ao número de participantes e vendendo mais ingressos que a capacidade, não consegue ser melhor que Americana ou Barretos.

Principal espetáculo da cidade.

História[editar]

Inicialmente, a ideia de Coronel Amâncio Bueno era apenas mais um povoado de pensamento feudal com o mínimo de evolução cultural que fosse diretamente dependente de Campinas. Porém com a chegada da Deusa Mãe Maria-Fumaça, a evolução chegou fazendo com que a cidade tivesse todos os quesitos acima e que fossem adicionados um pedágigio abusivo e ação inerente ao povo caipira. Um povoado, já citado por Sandy e Júnior (era uma vez, um lugarzinho no meio do nada...) infestado por gays, lésbicas e anãs peitudas que bebem e te darão com o maior prazer. Além do mais o lugar produz tijolos para construção de boates gays em campinas e região

Tanquinho Velho[editar]

Tanquinho Velho (já quebrado) é um bairro de jaguariúna onde vive um povo feio E tem uma escolinha onde o prefeito apareceu só uma vez em 2004 em plena re-eleição e em 2008 veio seu vice que perdeu feio para Gustavo Reis então tanquinho é um bairro q já foi maior que a parte urbana mas pela a infestação de cowbois viados apartir de 1980 os habitantes acharam melhor se mudar para parte urbana e ainda hoje neste bairro existe encontro de emos e coticos la rola uma suruba muito loca, suicidios e também consumo de dorgas. O atual prefeito, boiola como os cowboys do rodeio, não conhece este bairro, pois só lava a roupa suja do seu desgoverno, na máquina da prefeitura,

Bares e Igrejas[editar]

É notável em Jaguariúna a quantidade de igrejas evangélicas por habitante aproximados 666/1 e mais notável ainda a quantidade de bares que se acumulam ao lado das igrejas pois lá sempre depois da igreja os cumpadres se reúnem no buteco, ha na cidade histórico de padre pedófilo que cuidava da matriz e pagava 1 pastel e 1 coca-cola para suas vitimas ficarem caladas, com o povo velho carrancudo e ignorante da cidade a religiosidade é algo muito importante o que decorre das tradições antigas, muita antigas da época que virgindade existia.

Vizinhança[editar]

Jaguariuna faz divisa com pedreira uma cidadezinha porca pequena e feia que so vende porcelana, com Santo Antonio de posse um vilarejo indigena onde o povo de lá vivem(AVAEHMEMO),o povo é conhecido como pé vermeio, pois não há asfaldo na cidade constituida de apenas uma rua ( que não há asfalto) é um povo muito amigavel que torce para o Guarani pois é o time mais próximo e o Neto que é da cidade( ou da rua ja q é somente uma rua)é conhecido como pé esquerdo vermeio e ja jogou por la (detalhe: maior coisa q a cidade conquistou...), Holambra uma colonia de holandeses chatos e preconceitosos que acham que são a holanda e so falam de flores, tem uma festa típica Chama Expoflora que é a mesma chatisse todo ano, segundo o site oficial da cidade ha uma divisa com Paulinia porem não existe nenhuma estrada ou caminho que faça uma conexao direta com a cidade, e por último Campinas segunda mais cidade do estado que tem menos viado que brotas mais mesmo assim o povo de lá senta.

Cultura[editar]

a Cultura da cidade é muito impotante para toda região, é tao ruim que ensina as outras cidade como nao se deve fazer,segundo relatos o antigo prefeito tinha um gosto muito ruim e so apoiava a cultura sertaneja da cidade o que era de concenso de seus habitantes, (antigamente) tinha uma receita muita alta e uma verba grande para a secretaria da cultura porem realizavam-se show apenas de artitas de carreira duvidosa e baixa qualidade musical, o cenário artístico interno da cidade era desfavorecido pois nunca teve espaço mesmo tendo muitos musicos de qualidade dos mais diversos estilos, diferente de Amparo uma cidade próxima que com muito menos arrecadação faz um Festival de inverno anual com duracao mensal e otima projecao Na tradicional cavalaria antoniana só tem merda de boi e cavalo esparrramada por toda cidade, fora os bebados a dar com pau.

Maria Fumaca[editar]

Um Símbolo que jaguariuna foi obrigada a ter, executada pelo EX- prefeito aproximados 700m de trilho foram puxados da antiga estacao ate o centro cultural da cidade isso faz com que valorize os imoveis da cidade, aumente a quantidade de turistas e encher o saco dos moradores no fim de semana, e claro que e um passeio muito agradável para quem esta disposto a pagar o preco, e ha que diga que a obra foi super faturada uma vez que so a globo se interessa pela atracao quando faz novelas de época.

Vida noturna[editar]

como toda cidade interiorana a vida noturna e muito agitada geralmente tem inicio as 6 da tarde acabando sempre a meia noite pois apos esse horário nada mais esta aberto na cidade e nas ruas penas rolam os fenos do velho oeste, menos a mais porca asquerosa e cara das lanchonetes o famoso ney lanches que em seu slogan diz que (caro por bosta) tais criaturas bizarras ficam a madrugada toda obrigando os bebados e largados que nao tem o que fazer na cidade comerem essa cara lavagem, o mais importante dos restaurante e o famoso bar da praia um lugar onde os turista nunca sabem chegar pois a placa que indica a direcao os leva a uma rua sem saída, mesmo assim continua com um fluxo muito grande de pessoas, mesmo muita gente na cidade nao sabendo que ele exista. A vida noturna na cidade é bem interessante para quem nasceu lá. Devido aos diversos eventos boêmios, os pais dos jovens sempre passam as 2 horas da madrugada para buscá-los e os levarem para casa. A alternativa seria a volta de táxi para casa. Porém é impossível disso acontecer já que os taxistas encerram o seu expediente as 16 horas e não deixam telefone de contato alegando não gostarem de ser incomodados.